Fleetwood Mac: "Esta não será a turnê de despedida", assegura baterista | The Music Journal Brazil | MTV

ROCK

Fleetwood Mac: “Esta não será a turnê de despedida”, assegura baterista

By  | 

Mick Fleetwood, líder e baterista do Fleetwood Mac assegurou aos fãs que a turnê que a banda fará em 2018 não será a última. De acordo com o Music News, a tecladista Christine McVie já havia dado pistas que a próxima série de shows seria o último capítulo da banda, mas o baterista pensa diferente.

“Na minha opinião, não é (a última turnê) e todos da banda decidiram que não é. Mas achamos que terminaríamos há 30 anos”, disse Mick Fleetwood em entrevista à Rolling Stone. “Eu não sei se “morbida”é a palavra correta aqui, mas quando todos estão com 70 anos e você pensa em cinco anos a partir de agora … Phil Collins está chamando sua turnê de Not Dead Yet. Bem, ainda não estamos mortos, mas Deus nos livre, nós poderíamos estar, então você poderia ser como “É melhor eu ir vê-los!”, afirmou.

Fleetwood revelou que se encontrou com Stevie Nicks na Itália e que eles já estariam pensando em revisitar um material “esquecido” pela banda, além de composições do álbum Buckingham Nicks, registro raríssimo que ela gravou com o guitarrista Lindsey Buckingham em 1973 pela Polydor.

“Vamos sentar e realmente ouvir algumas coisas que quase ficaram esquecidas”, disse Nicks, revela o baterista. “Eu sempre achei que Stevie e Lindsey deveriam colocar músicas de Buckingham Nicks no set. E Christine (Mc Vie) deveria fazer uma música de blues”, disse.

“Seria fantástico, mas teríamos que ser como Bruce Springsteen (tocando) por sete horas”, brincou Mick Fleetwood ainda na entrevista. “Aí sim seria a última turnê. Você veria cinco caixas de madeira no palco. Cinco delas”.

O Fleetwood Mac vendeu mais de 100 milhões de discos em todo o mundo. Rumours de 1977 foi o seu grande sucesso comercial com mais de 40 milhões de cópias vendidas. Eles já conquistaram diversos prêmios e homenagens, entre elas o Grammy, Brit Awards e foram incluídos no Hall da Fama do Rock and Roll.

É jornalista e pesquisador musical. Cobre shows nacionais e internacionais e já entrevistou bastante gente interessante do Brasil e do mundo. Foi vencedor do Prêmio TopBlog Brasil em 2010 na categoria "Música"e é membro do Grammy Latino.