MERCADO

5 motivos para ouvir música ao praticar esportes

By  | 

Você, que costuma praticar esportes ou atividades físicas e não abre mão de ouvir aquele som preferido durante este período, saiba que uma pesquisa revelou dados animadores sobre a relação da música com atletas.

São cinco pontos importantes que foram observados durante uma pesquisa realizada com o psicólogo esportivo Dr. Karageorghis da Universidade de Brunel em Londres, o time de rugby do Northamption Saints e o jogador Ben Doden, em parceria com a Deezer, um adas maiores plataformas de música do mundo.

Os resultados foram animadores: eficácia na motivação dos atletas quando estão sob atividades físicas, melhora do humor, melhora psicológica, enfim, a música trabalha como uma verdadeira aliada do esporte.

Se você frequenta academias, deve ter percebido de imediato um número grande de alunos que utilizam dispositivos portáteis para ouvir suas músicas preferidas enquanto treinam. Esses estabelecimentos sempre possuem sistemas de som em seus ambientes com rádios digitais que transmitem músicas específicas para que os alunos realizem seus treinos.

O Dr. Karageorghis lançou o livro Applying Music In Exercise and Sport (Aplicando a Música no Exercício e no Esporte) onde ele revela essa ligação da música com o esporte. E para a conclusão desta pesquisa, ele submeteu o jogador Ben a uma série de testes científicos a fim de terminar como a música que ele estava ouvindo através da ferramenta de trilha sonora personalizada gerada por uma combinação algorítmica da Deezer, o Flow, teve influência direto no seu desempenho físico e emocional durante o exercício.

Também foram incluídos nesses testes: medida de força, obstáculos, corrida em esteira e extensões de pernas. Tudo isso relacionados com a absorção de oxigênio, ondas cerebrais, percepção de esforço, humor, motivação, excitação e foco atencional.

Dentre as descobertas, podemos destacar cinco bons motivos para ouvir música ao praticar esportes:

  1. A música é extremamente eficaz na motivação dos atletas quando submetidos a uma atividade física

Por meio da bateria de testes realizados, o Dr. Costas Karageorghis mostrou que o Flow aumentou o nível de ativação de Ben em 1 ponto. Em uma escala de pontos, este é um aumento significativo, pois demonstra como a trilha sonora gerada pelo algoritmo melhorou a performance do atleta frente ao teste realizado sem música.

2. Ouvir uma playlist motivacional personalizada pode fazer uma atividade física de longa duração parecer mais fácil

O desempenho atlético de Ben foi avaliado na Brunel University de Londres, com resultados se provando conclusivos. Por exemplo, durante um teste de repetição de extensão da perna, ouvir música reajustou a atividade elétrica no cérebro de Ben, permitindo diminuir os efeitos da fadiga e proporcionando-lhe maior controle de sua musculatura.

3. O humor pode ser melhorado quando uma pessoa escuta música durante o período

A música é uma ótima maneira de regular ou modular o humor. Ela pode aumentar sentimentos positivos como vigor, felicidade e emoção, enquanto, ao mesmo tempo, reduz os sentimentos negativos, como tensão, depressão, raiva e fadiga. Todos podemos usar a música para diversas coisas, como para diversão, relaxamento, celebração ou mesmo concentração

4. A música pode reajustar a atividade elétrica no cérebro permitindo que os efeitos prejudiciais da fadiga sejam diminuídos nos músculos trabalhados

Durante um ensaio de dinamometria manual, Ben atingiu 59,0 kg sem música e 76,1 kg com música.

O atleta foi capaz de exercer 17,1 kg de força a mais ao ser submetido ao Flow da Deezer. Com um aumento de desempenho de 29 por cento neste teste específico, a música é inegavelmente eficaz em motivar atletas para uma atividade física.

Dr. Costas Karageorghis afirmou também que Ben parecia responder particularmente bem com o estímulo musical, já que seu ganho de força com a trilha sonora personalizada foi muito superior a outros atletas que realizaram o mesmo teste.

5. Ajudando a pessoa a entrar em um estado psicológico onde os movimentos são mais fluidos e graciosos, e a experiência mais gratificante.

“A capacidade de encontrar o seu Flow e atingir um estado mental e físico que proporciona melhor performance é extremamente valioso. Para um atleta olímpico, poderia ser a diferença entre ganhar uma medalha ou perdê-la.“, observa Roman Tagoe, head de Editorial & Conteúdo da Deezer.

Ah, antes de ingressar em uma jornada de exercícios físicos, sempre procure orientação médica!

É jornalista e pesquisador musical. Cobre shows nacionais e internacionais e já entrevistou bastante gente interessante do Brasil e do mundo. Foi vencedor do Prêmio TopBlog Brasil em 2010 na categoria "Música"e é membro do Grammy Latino.