Connect with us
Aerosmith: Steven Tyler admite ter sentido "raiva" dos colegas de banda Aerosmith: Steven Tyler admite ter sentido "raiva" dos colegas de banda

ROCK

Aerosmith: Steven Tyler admite ter sentido “raiva” dos colegas de banda

O lendário frontman de 71 anos falou sobre a dificuldade em voltar à sobriedade, após longa
batalha contra o vício de drogas

Divulgação

Published

on

Steven Tyler, lendário frontman do Aerosmith, disse em uma entrevista à revista Haute Living que passou muitos anos sentindo raiva de seus colegas de banda por forçá-lo a entrar em reabilitação em decorrência de seu vício de drogas.

Aerosmith: Steven Tyler admite ter sentido "raiva" dos colegas de banda

“Não havia coisas como reabilitação. Havia instituições mentais. Eu fui embora em 1984 e 1986, e realmente não entendi”, disse Tyler. “O início dos anos 1980 foi terrível e as drogas nos derrubaram. Eu fui o primeiro a receber tratamento. Houve um momento em 1988 em que os empresários e a banda me deram uma intervenção. Eles pensaram: “Deixe o vocalista sóbrio e todos os nossos problemas terminarão”.

Contudo, o cantor de 71 anos é agradecido pelo esforço de seus colegas de banda que colaboraram para a sua sobriedade: “Então, fiquei sóbrio, e você sabe que demorei muitos anos para superar a raiva deles me mandando para a reabilitação enquanto passavam férias. Mas hoje, por causa desse momento… sou grato e devo um agradecimento a eles pela minha sobriedade”, afirmou.

E concluiu: “Minha vida inteira é de sonhos se tornando realidade. Estou muito além de agradecido por tudo”.

As Mais Lidas