Connect with us
Alexandre Tharaud lança projeto "Contemporary Concertos" Alexandre Tharaud lança projeto "Contemporary Concertos"

CLASSICA

Alexandre Tharaud lança projeto “Contemporary Concertos”

Trabalho reúne gravação de obras inéditas compostas especialmente para o pianista francês

Divulgação

Published

on

Pianista eclético e criativo, Alexandre Tharaud não cansa de surpreender os fãs da música de concerto e a crítica especializada em geral. Os interesses musicais do artista vão do barroco à música contemporânea, passando também pela música popular francesa dos anos 1920.

Alexandre Tharaud lança projeto "Contemporary Concertos"

Prova disso é o álbum Contemporary Concertos, já disponível mundialmente em todas as plataformas digitais pela Warner Music via Parlophone Records.

Inovando mais uma vez, Tharaud nos brinda agora com gravações inéditas de três concertos para piano esteticamente diversos que foram compostos especialmente para ele. Left Alone (concerto para a mão esquerda e orquestra) de Dane Hans Abrahamsen, composição de 2015; Future is a Faded Song (para piano e orquestra), do francês Gérard Pesson, composta em 2012; e Kuleshov (2015-2017) composta pelo francês argentino Oscar Strasnoy.

Strasnoy disse que o concerto foi “inspirado pelo fraseado único e inimitável de Alexandre Tharaud e pela clareza de tocar”. Sem dúvida, essas palavras poderiam se aplicar aos três trabalhos do álbum.

Alexandre Tharaud é um solista requisitado. Se apresenta à frente de muitas das principais orquestras do mundo. Compromissos recentes de concertos incluem o Royal Concertgouwest, Cleveland e Philadelphia Orchestras, London Philharmonic e hr-Sinfonieorchester Frankfurt.

Como recitalista, Tharaud é um convidado regular nos teatros mais prestigiados do mundo. Os destaques da última temporada incluíram recitais na Philharmonie de Paris, Wigmore Hall, Muziekgebouw Amsterdam, Frankfurt Alte Oper, Teatro Colon Buenos Aires, uma passagem pelo Brasil na Sala São Paulo em 2019 e extensas turnês no Japão, China e Coreia.

Ouça o álbum:

CLASSICA

Yundi lança álbum “Chopin Piano Concertos Nos. 1 & 2”

Superstar chinês, um dos pianistas mais célebres e influentes da atualidade, retorna à Warner Classics em um acordo de longo prazo entre ele e a gravadora

Published

on

Yundi lança álbum "Chopin Piano Concertos Nos. 1 & 2"
Divulgação | Warner Music Brasil

Os Concertos para Piano Nos 1 e 2 de Chopin compõem o seu primeiro lançamento sob o novo contrato. Neste álbum, Yundi rege a Orquestra Filarmônica de Varsóvia a partir do piano. Esta é a sua primeira gravação como maestro-pianista e sua primeira gravação do Concerto para Piano nº 2. Seu lançamento anterior da Warner Classics, o Chopin Nocturnes completo, data de 2010. Este novo trabalho já está disponível em todas as plataformas digitais pela Warner Music via Parlophone Records.

Yundi lança álbum "Chopin Piano Concertos Nos. 1 & 2"

Varsóvia e Chopin desempenharam um papel essencial na carreira de Yundi: em 2000, com apenas 18 anos, ele se tornou o mais jovem vencedor do Concurso Internacional de Piano de Chopin. Desde então, ele é reconhecido como um dos principais expoentes da música do compositor polonês e, em 2015, atuou no júri do Chopin Competition.

No início deste ano, em reconhecimento à sua contribuição para a cultura polonesa, ele recebeu a Medalha de Ouro da Polônia por Mérito à Cultura, Gloria Artis. Ele conduziu a Orquestra Filarmônica de Varsóvia nos dois concertos de Chopin em 2017, apresentando-se em Varsóvia, Pequim, Xangai, Guangzhou, Shenzhen e Chongqing.

Desde junho de 2019, Yundi realiza uma turnê mundial de 100 recitais, abrangendo mais de 60 cidades na China e 40 cidades em outros lugares do mundo, que marcaram a maior turnê em sua carreira. Com o título de Yundi • Sonata, o artista apresenta um programa de sonatas de Schubert, Chopin e Rachmaninoff.

Yundi lança álbum "Chopin Piano Concertos Nos. 1 & 2"

Além de suas atividades na área de concertos, Yundi está comprometido em promover a música clássica em um contexto educacional. Como um dos pioneiros da educação musical na China, ele é creditado por desempenhar um papel crucial no incentivo de dezenas de milhões de crianças a aprender piano. Ele também deu masterclasses em todo o mundo.

Em suas turnês regulares de recital, Yundi se apresentou em locais como Carnegie Hall (Nova York), Royal Festival Hall (Londres), Musikverein Vienna, Alte Oper Frankfurt, Herkulessaal (Munique), Konzerthaus Berlin, Gewandhaus zu Leipzig e Salle Pleyel (Paris), Mariinsky Concert Hall (São Petersburgo), Centro Nacional de Artes Cênicas (Pequim), Centro de Artes de Seul e Suntory Hall (Tóquio).

Orquestras e maestros com quem colaborou incluem Leipzig Gewandhausorchester e Riccardo Chailly, Mahler Chamber Orchestra e Daniel Harding, Roterdã Philharmonic e Yannick Nézet-Séguin, Philharmonia Orchestra e Andrew Davis, Mariinsky Orchestra e Valery Gergiev, Israel Philharmonic e Gustavo Dudamel.

Ele também se apresentou com a Filarmônica de Viena, National Symphony (Washington), Philadelphia, Toronto Symphony e NHK Symphony Orchestras.

Ouça o álbum:

Continue Reading

CLASSICA

Joyce Didonato lança “Agrippina”, após conquistar o Grammy Awards

Artista conquistou o maior prêmio da música internacional na categoria “Melhor Álbum Vocal Solo Clássico”
por Songlplay de 2019

Published

on

Joyce Didonato lança "Agrippina", após conquistar o Grammy Awards
Divulgação | Warner Music Brasil

Poucos dias antes do lançamento de seu novo álbum, Agrippina, domingo à noite na 62ª cerimônia do Grammy Awards, Joyce DiDonato recebeu o prêmio de Melhor Álbum Vocal Solo Clássico, por Songplay, lançado em 2019. O novo trabalho já está disponível em todas as plataformas digitais pela Warner Music via Erato e Parlophone Records.

Joyce Didonato lança "Agrippina", após conquistar o Grammy Awards

Joyce apostou fortemente no papel multifacetado da ópera Agrippina, de Handel. Nas palavras do The Telegraph, ela canta com “autoridade, grandeza e alto estilo”. A ópera foi apresentada em concerto e na casa de ópera com Maxim Emelyanychev, Maestro Chefe do Il Pomo d’Oro. Participa desta gravação um elenco de estrelas estabelecidas e em ascensão que inclui Marie-Nicole Lemieux, Franco Fagioli, Luca Pisaroni e Elsa Benoit. A obra conta também com a participação do contratenor Jakub Józef Orliński.

Joyce Didonato é uma das mais amadas e louvadas cantoras clássicas da atualidade. Uma artista cujo brilho vocal, acuidade interpretativa e poder de comunicação são igualados a um compromisso apaixonado às obras que interpreta no palco.

Além de eletrizar audiências em casas de ópera e concertos, a incansável DiDonato desenvolveu uma relação calorosa com seus fãs através de redes sociais online como o Facebook, YouTube e Twitter, e através de seu blog no seu próprio website.

Joyce Didonato lança "Agrippina", após conquistar o Grammy Awards

A mídia especializada se rende ao talento da cantora. Após a apresentação da ópera Agrippina no Barbican de Londres em maio de 2019 foram muitos os elogios, como o de Richard Fairman do Financial Times que considerou Joyce Didonato como uma “mezzo no auge de seus poderes, e ela dá força ao papel principal nesta versão moderna de Handel”

Confira:

Continue Reading

CLASSICA

Petrobras Sinfônica apresentará concerto “Bohemian Rhapsody” em São Paulo

Trilha sonora do filme sobre Freddie Mercury, vocalista da banda Queen, será interpretada em versão sinfônica inédita no Espaço das Américas

Published

on

Orquestra Petrobras Sinfônica apresentará concerto "Bohemian Rhapsody" em São Paulo
Divulgação

Após o sucesso do filme Bohemian Rhapsody, que mostra a trajetória de Freddie Mercury e seus companheiros da banda Queen, no dia 30 de janeiro a Orquestra Petrobras Sinfônica leva para o palco do Espaço das Américas uma versão sinfônica inédita da trilha sonora do longa-metragem.

Orquestra Petrobras Sinfônica apresentará concerto "Bohemian Rhapsody" em São Paulo

De volta a São Paulo, com regência de Felipe Prazeres e arranjos assinados por Alexandre Caldi e Itamar Assiere, o concerto contará com um conjunto de 46 músicos.

Freddie Mercury e seus companheiros Brian May, Roger Taylor e John Deacon mudaram o mundo da música ao formar a banda Queen, durante a década de 1970. Narrando a história de um dos principais grupos de rock da época, desde a sua criação até o falecimento de Mercury, o filme Bohemian Rhapsody foi um sucesso de público e crítica, sendo vencedor de quatro estatuetas no Oscar.

Na programação, músicas como Bohemian Rhapsody, canção escrita por Freddie para o disco A Night at the Opera (1975); Love of my life, que também integra o mesmo álbum e foi interpretada pela banda na primeira edição do Festival Rock in Rio, sendo lembrada como um dos momentos mais marcantes do evento; Under Pressure, que marcou a parceria entre o Queen e David Bowie; We Are the Champions, considerada a música de maior sucesso da banda; além de Don’t Stop Me Now, We Will Rock You, entre outras.

O concerto integra uma série de iniciativas da Petrobras Sinfônica para popularizar a música clássica e renovar o público do gênero.

Os ingressos, que custam entre R$ 60 e R$ 320, podem ser adquiridos nas bilheterias do local (de segunda a sábado das 10h às 19h – sem taxa de conveniência ) ou online pelo site Ticket 360.

Continue Reading

As Mais Lidas