in

Alice Caymmi lança clipe e remix de “Areia Fina” e anuncia novo álbum “Elétrika”

Alice Caymmi lança clipe e remix de "Areia fina" e anuncia novo álbum "Elétrika"

Alice Caymmi é uma cantora completa e inquieta. Vai do clássico ao pop com a mesma contundência e brilho. Não tem pudor na fala, na atitude, na vida. Faz disco moderno, dançante, cheio de beats para seu público se jogar na pista e logo depois arrebata milhares de corações com um álbum voz e piano.

Areia Fina, faixa do seu último álbum Electra acaba de ganhar videoclipe bem do seu jeito: inteligente, desenvolto, intenso, impactante. Uma verdadeira obra de arte, dirigida por Pedro Freire.

Alice Caymmi lança clipe e remix de "Areia fina" e anuncia novo álbum "Elétrika"

Nesta sexta-feira (13) ela disponibiliza também, via Altafonte, o remix dessa mesma faixa com produção de Maffalda. Alice é assim: virtuosa, caprichosa, gostosa e chocante. Bem ao seu modo. Nem aí para os padrões.

“Eu sou uma artista de origem tradicional mas que vive o seu próprio tempo. Escolhi não me alienar apesar de ter sido criada nos moldes da ‘alta cultura’. Um artista que não vive no seu tempo, não expressa a ideia de sua era e não tem expressão não é artista. No percurso da minha carreira, percebi que bater na mesma tecla muitas vezes me dava tédio porque eu sei fazer muitas coisas. Sou polivalente, mas não dispersa”, afirma. “Acho que a imprevisibilidade do meu trabalho abala uns e agrada a muitos porque a surpresa ainda é um dos fatores chaves da criatividade”, acrescenta a cantora.

Ela conta que chorou copiosamente após ver o primeiro corte do clipe: “Mexeu tanto comigo que eu penso pouco sobre ele. É mais sentir mesmo. Foi muito duro assistí-lo. Ele é uma experiência sensorial que fala muito sobre o corpo presente, o corpo como verdadeiro envólucro das nossas vidas. O que chamamos de aceitação não se resume só a se aceitar. É se entender no mundo e o clipe aborda isso e muito mais”, adianta.

Sobre o remix, Alice Caymmi ressalta que nunca saiu do pop: “Inclusive acho engraçado as pessoas não se lembrarem que meu disco de maior sucesso, o Rainha dos raios, é um disco absolutamente pop que já carrega consigo esses meus dois lados. Eu sou uma artista popular, eu gosto de fazer coisas para todos, eu gosto de ouvir o público cantando, chorando, dançando. Não quero entrar para o hall dos inalcançáveis. Também não acho legal viver uma carreira efêmera com apenas um caminho ou uma estética. Eu quero viver a vida inteira de música”, finaliza.

E basta olharmos para obra de Alice, sentirmos suas interpretações e coragem para notarmos que estamos diante de uma das mais fortes personalidades da música brasileira. Alice vai muito além do vozeirão e da beleza: “E preparem-se porque vem aí Elétrika”, anuncia a cantora que nasceu em berço esplêndido, mas está eternamente em movimento.

Confira:

Matéria produzida por Redação

Lua une espiritualidade, pop e hip hop no single duplo "Nova"

Lua une espiritualidade, pop e hip hop no single duplo “Nova”

Harry Styles lança o seu novo álbum "Fine Line"

Harry Styles lança o seu novo álbum “Fine Line”