Connect with us
Alok e Bhaskar se unem e anunciam "Killed By The City" Alok e Bhaskar se unem e anunciam "Killed By The City"

ELETRÔNICA

Alok e Bhaskar se unem e anunciam “Killed By The City”

Divulgação

Published

on

O single Killed By The City, uma colaboração dos irmãos gêmeos Alok e Bhaskar, chega nesta sexta-feira (11) nas principais plataformas digitais.

Alok e Bhaskar se unem e anunciam "Killed By The City"

Disponível pela gravadora do Alok, a Controversia, a faixa traz uma vertente mais pop da música eletrônica que combina vocais melancólicos com diversos elementos orquestrais, uma mistura que promete agitar as pistas de todo o mundo.

Após a última colaboração dos irmãos em 2016 que resultou no hit Fuego, atingindo a marca de mais de 100 milhões de streamings, a nova música vem para firmar ainda mais a relação profissional que existe entre eles.

Mas a história da família Petrillo já vem de longa data. Filhos dos DJs Swarup e Ekanta, pioneiros do movimento psytrance no Brasil, Alok e Bhaskar com apenas 10 anos de idade já criavam músicas juntos e aprendiam com os pais diversas técnicas de produção, além de frequentarem ensaios da banda do pai, onde começaram a tocar instrumentos como bateria, teclado e violão.

É importante lembrar que Alok este ano concorre novamente ao Top 100 da revista britânica especializada DJ Mag. Somente em 2019, já são 15 hits lançados, entre eles, Table For 2 com o vocal do cantor e compositor Iro e um clipe com o artista brasileiro como protagonista ao lado de sua esposa Romana Novais.

A todo vapor com shows pelo Brasil e pelo mundo, Alok vem se destacando por onde passa e, recentemente, surpreendeu o público com sua apresentação no Rock in Rio. A surpresa foi tanta que segundo Roberto Medina, presidente do festival, seu nome foi o primeiro confirmado para o evento em 2021.

Bhaskar também tem mostrado um papel muito importante na evolução da música eletrônica no Brasil. Além de ter marcado presença no Lollapalooza Brasil 2019, seu single Feeling So High, um feat com Sevenn, tornou-se a música oficial do Tomorrowland Brasil.

ELETRÔNICA

Cat Dealers lança remix pack com quatro versões de “Seatbelt”

Published

on

Cat Dealers lança remix pack com quatro versões de "Seatbelt"
Matheus Coutinho

Cat Dealers liberou em abril os stems da faixa Seatbelt para produtores e DJs trabalharem e criarem seus remixes livremente. A música ficou aberta para que cada um possa remixar, editar e fazer mashups em cima dela. Agora, o duo lança pela Sony Music Entertainment o remix pack, com produções de Flakkë, Future Lines, ZĒNIC e RØYAL.

Cat Dealers lança remix pack com quatro versões de "Seatbelt"

Foto: Divulgação | Matheus Coutinho

“A Seatbelt foi uma música que curtimos logo de cara. Amamos o vocal e a letra assim que ouvimos. Gostamos de ajudar outros produtores, principalmente aqueles que ainda estão começando, então sempre tentamos liberar os stems das nossas músicas para quem quiser mexer. Ficamos surpresos com a quantidade de pessoas que fizeram os remixes de Seatbelt, recebemos vários muito bons. Separamos alguns dos que mais gostamos, com estilos diferentes, e resolvemos soltar em um pack”, contam.

A versão de Flakkë, DJ e produtor paulistano que colaborou nas músicas Sweet Munchies (2020) e Apache (2019) com Lugui e Pedrão, é a mesma que o duo apresentou em seu set The Cat House Live at Arca, realizado no mês passado.

Seatbelt é uma parceria com o DJ e produtor russo Denis First e com a cantora americana Miranda Glory. A track foi o segundo lançamento de 2020 da dupla e o primeiro desde o início da quarentena, período em que os irmãos passaram a produzir com bastante frequência em casa. A faixa atualmente soma mais de 2,8 milhões de plays no Spotify e conta com lyric vídeo liberado no YouTube.

Confira:

Continue Reading

ELETRÔNICA

Produtor Zebu, de trabalhos com Pabllo Vittar e Anitta, lança seu primeiro álbum “ZB1”

Published

on

Produtor Zebu, de trabalhos com Pabllo Vittar e Anitta, lança seu primeiro álbum "ZB1"
Reprodução | Instagram

Zebu, o nome por trás de trabalhos de sucesso com artistas como Pabllo Vittar, Anitta, Mc Zaac e Tyga, lança nesta quinta-feira (2), o seu álbum de estreia ZB1. Este novo trabalho, que explora as referências do produtor no universo pop, experimentando com diferentes gêneros da música eletrônica, já está disponível em todas as plataformas digitais.

Produtor Zebu, de trabalhos com Pabllo Vittar e Anitta, lança seu primeiro álbum "ZB1"

Foto: Divulgação | Instagram

ZB1 chega ao mercado com três faixas e foi produzido e finalizado durante o período de isolamento social, composto principalmente por samples e feito inteiramente no computador de Zebu.

“Desde que eu comecei a produzir, sempre trabalhei ou em remixes (mexendo em obras de outras pessoas) ou em conjunto com outras pessoas compondo e produzindo. Estando sozinho em casa me fez tentar esse novo processo, extremamente desafiador, no qual eu mesmo tive que definir o que é bom e quando está pronto, sem ter o apoio de outras pessoas”, conta o produtor. “Foi bem divertido experimentar esse novo mundo onde eu mesmo sou o artista, e me trouxe também descobertas que vou levar pras composições e produções que farei com outras pessoas no futuro”, explicou.

O novo álbum de Zebu explora várias vertentes da música eletrônica como o future bass, house, twerk e moombahton, com timbres de balanço entre o orgânico tocado e as texturas digitais. Os títulos de cada uma das três faixas, IKY, IFY e ILY são acrônimos para os principais samples que foram utilizados durante a gravação do álbum: I Know You, I Feel You e I Love You.

O projeto vem acompanhado de animações 3D, com visuais futuristas baseados na figura do boi.

Ouça ZB1:

Continue Reading

ELETRÔNICA

DJ Heey Cat encerra o mês do orgulho em Live com Lucas Raniel

Artista representa o cenário LGBTQIA+

Published

on

DJ Heey Cat encerra o mês do orgulho em Live com Lucas Raniel
Divulgação | R&D Comunica

A DJ Heey Cat recebe nesta terça, às 20h, o ativista Lucas Raniel, ativista e palestrante sobre educação sexual, para discutir sobre como é viver com o vírus HIV, pouco discutido na sociedade.

A jovem Catarina Alexandre, o nome por trás de Heey Cat, de 25 anos, virou referência para as pessoas de sua idade, por meio de seus conteúdos criados nas redes sociais. Diversas marcas também apostaram em seu poder de influenciar positivamente aliando a música a vida real.

DJ Heey Cat encerra o mês do orgulho em Live com Lucas Raniel

Foto: Divulgação | R&D Comunica

Foi pensando no seu público que resolveu criar temas para discutir o importante mês de junho, no cenário LGBTQIA+.

“Usei o meu maior meio de comunicação para dar espaço e trazer informação, diversidade, representatividade. Tentando sempre sair da bolha e abordando temas muito importantes como lgbtqia+fobia, racismo, gordofobia, transfobia. Contei com convidados maravilhosos e fundamentais, que somaram demais nesse projeto, como Day, Tchelo, Luca Scarpelli, Katú Mirim, Dra. Marina Ganzarolli, Bielo, Doralyce, Klebio, Bia Ferreira, Marcella Rica e Lucas Raniel”, explica.

Famosa por levar a sua música, desde 2017, através de shows e redes sociais como forma de alegria e representatividade para mulheres lésbicas, resolveu inovar neste período de pandemia.

Continue Reading

As Mais Lidas