Negócios

Angelica Cob-Baehler, a executiva que descobriu Katy Perry, morreu aos 47 anos

By  | 

A executiva da indústria musical, Angelica Cob-Baehler, morreu nesta quarta-feira (21) após uma batalha de 1 ano contra um câncer, aos 47 anos. Além de ter sido uma figura-chave na descoberta de grandes nomes da música mundial, ela foi a mulher que descobriu a estrela Katy Perry.




Cob-Baehler conheceu Katy Perry quando ela era VP da Columbia Records, lendário selo da Sony Music Entertainment. Perry assinou contrato com a gravadora e chegou a gravar um álbum ainda não lançado. Quando Cob foi contratada pela Virgin Records em 2005 pelo executivo Jason Flom, com quem ela trabalhou na Atlantic Records, iniciou uma campanha bem-sucedida para levar Perry à Capitol Records (depois que ocorreu a fusão da Virgin com a EMI Music, tornando a atual Virgin EMI Records) e desempenhou um grande papel no A&R e na direção criativa dos álbuns One Of The Boys de 2008 e o Teenage Dream de 2010, ambos com excelentes performances de vendas, com certificações de multi-platina, o que consolidou a carreira da estrela pop.

“Angelica era uma profissional consumada”, diz Jason Flom, agora na Lava Records, em declaração á Billboard. “Ela tinha uma habilidade incrível para reconhecer talentos e um presente para ajudar os artistas a alcançarem seu maior potencial. Pessoa que foi responsável por trazer uma artista desconhecida chamada Katy Perry para a Virgin Records. Mas o que eu sempre vou lembrar sobre a Angelica é o seu espírito gentil. Porque ela era forte e resistente, nunca perdeu a calma e ela teve um impacto positivo tremendo em minha vida e na vida de inúmeros outros. Descanse em paz, Angelica. Você se foi cedo demais, mas nunca será esquecida!”, concluiu.

Angelica Cob-Baehler trabalhou no desenvolvimento artístico de outros grandes nomes como John Mayer, Stone Temple Pilots, System Of a Down, 30 Seconds To Mars e Death Grips.

Ela deixa dois filhos e o marido, o fotógrafo Chapman Baehler.

 

É jornalista e pesquisador musical. Cobre shows nacionais e internacionais e já entrevistou bastante gente interessante do Brasil e do mundo. Foi vencedor do Prêmio TopBlog Brasil em 2010 na categoria "Música"e foi membro do Grammy Latino.