Beethoven: Irmãos Capuçon e Frank Braley celebram 250 anos do célebre compositor  | The Music Journal Brazil | MTV
Connect with us
Beethoven: Irmãos Capuçon e Frank Braley celebram 250 anos do célebre compositor Beethoven: Irmãos Capuçon e Frank Braley celebram 250 anos do célebre compositor

CLASSICA

Beethoven: Irmãos Capuçon e Frank Braley celebram 250 anos do célebre compositor

Artistas tocam dois dos mais incríveis trios para piano: The Ghost e Archduke

Divulgação | Warner Music | Parlophone Records

Published

on

“Juntos, todos os três músicos têm a qualidade mais valiosa na música de câmara”, escreveu o The Guardian quando os Irmãos Capuçons e Frank Braley tocaram o Archduke no Wigmore Hall, em Londres, “Eles escutam atentamente um ao outro e sempre tomam nota do que eles fazem. A interpretação que fizeram do Archduke Trio foi menos imponentemente grandiosa do que alguns, quase intimamente falante em momentos, sem nenhum detalhe super enfatizado. E ainda tinha uma tremenda sensação de coerência orgânica, como se esculpida em um único bloco criativo, com o coração firmemente localizado no grande conjunto de variações que formam o movimento lento”.

Beethoven: Irmãos Capuçon e Frank Braley celebram 250 anos do célebre compositor

A parceria entre os irmãos Capuçon e o pianista Frank Braley vem de longa data. Pela Erato e Warner Classics, o trio já lançou álbuns com obras de Schubert e Ravel. O lançamento anterior recebeu o seguinte comentário da BBC Music Magazine: “A interpretação é excelente em todos os ângulos que você considera: tom sedutor, fraseado inteligente e adorável, articulação rítmica forte mas flexível, um conjunto com afinação e alerta precisos”.

Beethoven: Irmãos Capuçon e Frank Braley celebram 250 anos do célebre compositor

Beethoven dedicou o Archduke – um trabalho grandiosamente concebido, mas envolvente, que foi apresentado pela primeira vez em 1814 – a seu patrono (e aluno de composição) o Arquiduque Rudolf da Áustria. O trio The Ghost, op 70 no 1, leva o apelido de seu movimento lento central, com sua atmosfera misteriosa e estranha. Ouvida pela primeira vez no final de 1808, mesmo período que as Sinfonias 5 e 6.

Confira:

As Mais Lidas