MPB & SAMBA

Beth Carvalho morre no Rio aos 72 anos

By  | 

A cantora e compositora Beth Carvalho morreu no Rio de Janeiro, nesta terça-feira (30) aos 72 anos. A lendária artista conhecida como a Madrinha do Samba estava internada no Hospital Pró-Cardíaco no bairro do Botafogo, zona sul da cidade. Não foi informada a causa de sua morte.

Nascida Elizabeth Santos Leal de Carvalho no dia 5 de maio de 1946, gravou seu primeiro compacto em 1965 com a canção Por quem morreu de amor, composição assinada por Ronaldo Bôscoli e Roberto Menescal. Mas o seu primeiro grande sucesso viria quatro anos depois com Andança, faixa-título de seu álbum.

Desde os anos 1970, Beth Carvalho colecionou uma série imensa de sucessos, como Coisinha do Pai, Vou Festejar, Firme e Forte, entre outros.

Ela também conquistou o Troféu Eletrobrás de Música Popular em 2002, dois anos após concorrer ao Grammy Latino com o álbum Pagode de Mesa 2 na categoria Melhor Disco de Samba. Além disso, Beth Carvalho foi homenageada na mesma premiação em 2009 com o Lifetime Achievement Awards, sendo a primeira sambista a receber a honraria.

Beth Carvalho, um dos grandes nomes da história do samba, ajudou a revelar outros nomes também viriam a ser históricos no gênero como Jorge Aragão, Zeca Pagodinho, Almir Guineto, Arlindo Cruz, Bezerra da Silva e o grupo Fundo de Quintal.