Connect with us

O longa-metragem Bohemian Rapsody se consagrou como um dos principais vencedores do Oscar 2019 que aconteceu na noite deste domingo (24) em Los Angeles.




A cinebiografia que mostrou a história do Queen e de seu lendário vocalista Freddie Mercury (1946-1991) levou quatro estatuetas nas categorias Montagem, Mixagem de Som e Edição de Som e, principalmente, de Melhor Ator para Rami Malek.

Malek desbancou fortes concorrentes: Christian Bale (Vice), Bradley Cooper (Nasce Uma Estrela), Willem Dafoe (No Portal da Eternidade) e Viggo Mortensen (Green Book – O Guia).

“Fizemos um filme sobre um homem gay e imigrante que viveu sua vida sem pedir desculpas”, disse Rami Malek depois de receber o Oscar. “E seu sucesso é a prova de que as pessoas querem ver isso. Sou filho de imigrantes do Egito, de primeira geração. Parte da minha história está sendo escrita agora. E não poderia ser mais agradecido a todos que acreditaram em mim!”, disse.

O ator de 37 anos também fez questão de agradecer aos seus familiares, à sua mãe e ao Queen, que, abriu a cerimônia sendo a primeira sem um apresentador em três décadas.

Lady Gaga conquistou um Oscar de Melhor Canção para Shallow. Este foi o único prêmio para o filme Nasce Uma Estrela.

 

É jornalista e pesquisador musical. Cobre shows nacionais e internacionais e já entrevistou bastante gente interessante do Brasil e do mundo. Foi vencedor do Prêmio TopBlog Brasil em 2010 na categoria "Música"e foi membro do Grammy Latino.

ROCK

Natalie Merchant, ex-10,000 Maniacs, será homenageada com o “John Lennon Real Love Award”

Published

on

Natalie Merchant, ex-10,000 Maniacs, será homenageada com o "John Lennon Real Love Award"
Divulgação

A cantora e compositora norte-americana Natalie Merchant, ex-vocalista do 10,000 Maniacs, será homenageada com o John Lennon Real Love Award pelo seu trabalho beneficente. Ela é a sexta vencedora da premiação e será a headliner de um concerto-tributo ao ex-Beatle no dia 6 de dezembro em Nova York no Peter Jay Sharp Theatre at Symphony Space.

Natalie Merchant, ex-10,000 Maniacs, será homenageada com o "John Lennon Real Love Award"

“É gratificante”, disse Natalie Merchant em entrevista. “Para ter qualquer conexão com John Lennon, especialmente com ativismo, é bastante prestigioso e significativo para mim, porque ele é um dos principais artistas que me inspiraram quando eu estava crescendo para pensar sobre o mundo e meu impacto nele”.

Merchant, de 55 anos, é voluntária três vezes por semana no programa Head Start para pessoas que moram no Hudson Valley (EUA), auxiliando crianças carentes. Ela realiza concertos gratuitos para jovens.

“Esses projetos, por um bom motivo, sugam o sangue de sua vida. Comecei a ver esses projetos tão importantes quanto gravar outro disco”.

Continue Reading

ROCK

Freddie Mercury: confira o novo lyric video para o single “Love Kills”

Published

on

Freddie Mercury: confira o novo lyric video para o single "Love Kills"
Divulgação

Love Kills, o single que foi originalmente lançado em 1984, é parte integrante do recém-lançado box de Freddie Mercury intitulado Never Boring e agora ganha um novo lyric video que apresenta um novo remix do icônico nome do rock.

Freddie Mercury: confira o novo lyric video para o single "Love Kills"

Never Boring reúne novas edições de Mr Bad Guy, álbum solo de Freddie Mercury lançado em 1985, o álbum Barcelona de 1988 e uma compilação de 12 novas canções.

Love Kills apareceu originalmente na versão restaurada de Giorgio Moroder no filme de ficção científica Metropolis e alcançou a 10ª posição nos charts britânicos.

Confira:

Continue Reading

ROCK

Laika Não Morreu! conta a impactante história da cadela enviada ao espaço em clipe ilustrado

Published

on

Laika Não Morreu! conta a impactante história da cadela enviada ao espaço em clipe ilustrado
Divulgação

Laika Não Morreu! lançou, na última sexta-feira (11), o clipe de Laika, faixa que dá nome à banda. Ela não é só um nome diferente. A história por trás é marcante, intensa e inesquecível aos olhos daqueles que lutam pelo direito dos animais.

Foi em uma corrida espacial contra os Estados Unidos que os soviéticos queriam testar a viabilidade do ser vivo. Nessa missão, treinaram a cadela Laika e a enviaram à bordo do satélite Sputnik 2, no dia 3 de novembro de 1957.

A questão é que Laika, prometida a cumprir sua missão em sete dias, não resistiu ao primeiro dia e faleceu por conta da alta temperatura no local.

Laika Não Morreu! conta a impactante história da cadela enviada ao espaço em clipe ilustrado

“Toda a história do experimento comove e causa reflexão. O fato de ter sido uma cadela, uma fêmea a ir ao espaço pela primeira vez, torna tudo ainda mais emblemático e, de certa forma, inspirador. Vale lembrar que Laika foi a escolhida, entre tantos outros cachorros, por ser a mais dócil, mas também por ser a mais forte e resistente. É impossível não ver similaridades entre essa história e os dias de hoje, onde muitas mulheres ainda sofrem com vulnerabilidade, desigualdade, abusos, e até morte, que são causadas, majoritariamente por relacionamentos abusivos. Onde nos vemos numa relação totalmente desequilibrada, de objetificação, posse e interesse”, declara Gi Lira, vocalista da banda.

“Toda essa reflexão nos mostra muita coisa. Apesar de desbancar essa história de sexo frágil (que obviamente é uma falácia), nossa força e resistência de nada valem sem o respeito e a igualdade entre todos. Homens, mulheres, bichos, natureza, etc. Porque a real é que a gente está cansada de ter que ser forte e de ter que resistir há tanto tempo”, conclui.

É com essa história que a banda paulistana, liderada pela própria Gisele Lira (The Voice Brasil 2018), traz um videoclipe em animação, com ilustrações assinadas pelo britânico Nick Abadzis – escritor e artista de história em quadrinhos.

“A história e o legado de Laika tornaram-se uma espécie de conto ou mito popular, o que não é surpreendente, pois ela foi a primeira terrestre em órbita ao redor do planeta. Como tal, ela representa todos nós. Inspirados em meu premiado romance em HQ, LAIKA, usando a tecnologia da animação, a banda Laika Não Morreu! criou uma nova visão desse mito – uma música totalmente nova e um vídeo maravilhoso”, comenta Nick.

“Laika Não Morreu! é minha nova banda favorita, por razões óbvias – e espero que e seja de vocês também! Laika não é um mito – ela é uma lenda a ser valorizada e essa música faz justiça a ela. Ouça e seja transportado”, completa.

Confira:

Continue Reading

As Mais Lidas