ELETRÔNICA

Brian Eno receberá a medalha “Stephen Hawking” por contribuição à ciência

By  | 

O músico britânico, produtor e pioneiro do design de som Brian Eno será homenageado pelo festival de ciência e música STARMUS com a honrosa medalha Stephen Hawking pela sua contribuição para a popularização da ciência.

“A ciência é realmente algo especial de conhecimento …”, disse Eno ao receber o prêmio. “Não é fofoca, não é boato, não é um tweet, é um tipo especial de conhecimento e é absolutamente essencial para que a nossa civilização continue respeitando isso”.

Além de Eno, Elon Musk o CEO do Space X, também receberá a medalha por suas realizações surpreendentes em viagens espaciais e pela humanidade.

Aos 70 anos, Brian Eno é um dos grandes nomes da história da indústria musical, com grandes contribuições para o rock, pop e música eletrônica, além de ser pioneiro da ambient music e precursor da modelagem de som. Ele se juntou a banda britânica de glam rock Roxy Music em 1971 onde se destacou pelo seu trabalho nas composições da banda, com modernos arranjos sonoros, inovadores para a época. Em 2019, ele foi incluido no Hall da Fama do Rock como membro do grupo.

Eno, gravou mais de 20 álbuns solo, além de trabalhar na produção de discos dos maiores nomes da música como U2, Grace Jones, Coldplay, Damon Albarn, James Blake, David Bowie, Talking Heads, Devo, entre outros.

Ao lado do produtor canadense Daniel Lanois, ele assinou a produção de álbuns clássicos do U2 como The Unforgettable Fire (1984) e The Joshua Tree (1987), este que levou o célebre quarteto irlandês ao estrelato mundial.

As medalhas Stephen Hawking serão entregues em uma cerimonia no dia 24 de junho no festival STARMUS V em Zurique na Suíça.

É jornalista e pesquisador musical. Cobre shows nacionais e internacionais e já entrevistou bastante gente interessante do Brasil e do mundo. Foi vencedor do Prêmio TopBlog Brasil em 2010 na categoria "Música"e foi membro do Grammy Latino.