in

BTS anuncia o cancelamento da turnê “Map of The Soul”

BTS anuncia o cancelamento da turnê "Map of The Soul"
Foto: Reprodução | Instagram | @bts

A boyband coreana BTS anunciou nesta quinta-feira (19), o cancelamento da turnê mundial Map of The Soul. Havia a expectativa de que os shows que aconteceriam em 2020 teriam novas datas, mas isso não aconteceu. Os fãs que adquiriram os ingressos, serão reembolsados.

BTS anuncia o cancelamento da turnê "Map of The Soul"
Foto: Reprodução | Instagram | @bts

Na última performance online, o BTS venderam mais de 990 mil ingressos.

Confira o anúncio oficial do BTS sobre o cancelamento da turnê:

“Nossa empresa trabalhou duro para voltar com as preparações para a MAP OF THE SOUL TOUR, sabendo que fãs estavam esperando ansiosamente e por muito tempo pela turnê. Porém, por conta de mudanças em circunstâncias fora de nosso controle, ficou difícil retomar as performances na mesma escala e calendário como planejado. Por isso, precisamos anunciar o cancelamento da MAP OF THE SOUL TOUR. Os shows de Seul já haviam sido cancelados em fevereiro do último ano, seguidos pelo adiamento da parte da América do Norte em março. Datas na Europa e Japão foram adiados antes da venda de ingressos. Nós sentimso muito em ter que informar o cancelamento oficial da turnê. Para os fãs que tinham ingressos para os shows na América do Norte, vocês irão receber um e-mail dos pontos de venda sobre reembolso. Mais uma vez, nos permitam pedir nossas mais sinceras desculpas para todos os fãs que estavam esperando pelo retorno da MAP OF THE SOUL TOUR. Nós estamos trabalhando para preparar uma programação e formato de performance viáveis que possam atingir suas expectativas e traremos novidades o quanto antes”.

Matéria produzida por The Music Journal Brazil

Israel e Rodolffo relançam o álbum "Aqui e Agora" em versão deluxe

Israel e Rodolffo relançam o álbum “Aqui e Agora” em versão deluxe

Luísa Sonza pede fim dos ataques na web contra Vitão: "Querem matar mais um?"

Luísa Sonza pede fim dos ataques na web contra Vitão: “Querem matar mais um?”