Connect with us

O Canal BIS anunciou hoje que transmitirá ao vivo o show da turnê Caetano Apresenta Teresa no dia 21 de janeiro às 20h (horário de Brasilia).

Na apresentação, que acontecerá na Concha Acústica do Teatro Castro Alves em Salvador, a sambista interpreta Cartola enquanto o tropicalista apresenta seu repertório em formato de voz e violão.

Com grande sucesso, o projeto, que já foi exibido em países da Europa, Ásia, América Latinaalgumas capitais do Brasil e deu origem ao CD e DVD Teresa Canta Cartola apresenta os artistas realizando um dueto com os grandes sucessos de Caetano que, para ele, deixa esse show ainda mais especial: “Que bacana que o show que faço para apresentar a classe que Teresa Cristina (acompanhada pelo extraordinário Carlinhos Sete Cordas) canta a música de Cartola seja transmitido pelo BIS justamente quando a gente o faz na Concha Acústica do Teatro Castro Alves”, afirma.

Caetano não poupa elogios ao local: “É um dos melhores lugares do mundo para se fazer e se ver show. O melhor público de Salvador tende a se reunir ali mais do que em qualquer outro lugar da cidade”, encerra.

É jornalista e pesquisador musical. Cobre shows nacionais e internacionais e já entrevistou bastante gente interessante do Brasil e do mundo. Foi vencedor do Prêmio TopBlog Brasil em 2010 na categoria "Música"e foi membro do Grammy Latino.

MPB & SAMBA

Erasmo Carlos envereda pelos caminhos do samba em novo disco

Projeto “Quem Foi Que Disse Que Eu Não Faço Samba?” começa dia 16 no Teatro Riachuelo, no Rio de Janeiro

Published

on

Erasmo Carlos envereda pelos caminhos do samba em novo disco
Divulgação

Um dos maiores ícones de rock do país, Erasmo Carlos traz novidades. Neste novo momento, ele troca a guitarra e a jaqueta de couro pelo pandeiro e a leveza do samba. Com um vasto repertório conquistado ao longo da carreira, dedicada ao rock, mpb e à Jovem Guarda, Erasmo demonstra todo o seu amor pelo samba em um novo projeto autoral.

Erasmo Carlos envereda pelos caminhos do samba em novo disco

Quem Foi Que Disse Que Eu Não Faço Samba? é o nome de um novo EP do cantor com 8 faixas, entre inéditas e regravações de sua própria autoria.

No dia 15 de novembro sai a primeira faixa, A História Da Morena Nua Que Abalou As Estruturas Do Esplendor Do Carnaval em todas as plataformas de música. A previsão de lançamento do EP completo, também captado em imagens, é para dezembro, pela Som Livre.

O novo trabalho do Tremendão surgiu de um sonho antigo do cantor em compartilhar com o público suas composições de samba. Sobre o EP, Erasmo conta como foi difícil escolher apenas 8 faixas e o que o público pode esperar da sua experiência no gênero: “Minhas influências são o rock’n´roll e o samba, que vieram mais ou menos na mesma época. Sou músico e compositor, sempre fiz sambas, mas as pessoas nunca prestaram atenção nisso. Fiquei muito feliz com o resultado desse projeto com a Som Livre e espero que o público curta muito”, comemora.

Erasmo diz que adora fazer canções bem-humoradas e que gostaria de lançar muitas outras nesse mesmo estilo. Entusiasmado com a regravação de Moço para o EP, ele diz: “Foi uma música que tocou bastante e foi sucesso na novela O Bofe (1972), cantada na voz do Betinho e eu quis regravar”.

Além dessa, compõem o EP as faixas A História Da Morena Nua Que Abalou As Estruturas Do Esplendor Do Carnaval, Sem Anjo na Multidão, Samba Rock, Maria e o Samba, Samba da Preguiça, Medley de Samba e Mané João.

No dia 16, Erasmo abre a turnê de shows do projeto no Teatro Riachuelo, no Rio de Janeiro, às 20h. O setlist é composto pelas faixas do EP, junto a grandes sucessos do artista, como É Preciso Saber Viver, Festa de Arromba e Mulher. Depois Erasmo segue para São Paulo com duas sessões no Blue Note, no dia 22 de novembro, sendo a primeira às 20h com piano e voz, seguida da segunda apresentação às 22h30 com banda.

Continue Reading

MPB & SAMBA

Roberta Campos e Vitor Kley lançam o single “Fique na Minha Vida”

Published

on

Roberta Campos e Vitor Kley lançam o single "Fique na Minha Vida"
Divulgação

Roberta Campos, em turnê do seu recente DVD Todo Caminho É Sorte, convidou Vitor Kley para um dueto em Fique Na Minha Vida. A faixa, que está disponível em todas as plataformas digitais pela Deck, apresenta sua harmonia de violão com delicadas guitarras e percussão, traz arranjos influenciados pelo pop rock e MPB.

Roberta Campos e Vitor Kley lançam o single "Fique na Minha Vida"

O single tem sua letra composta pela própria Roberta. “Dorme no meu peito, faça o seu ninho em mim”, diz um dos versos. De acordo com a cantora, sua vontade de convidar o autor de O Sol surgiu por achar que suas vozes combinariam bem.

“Eu fiquei muito feliz quando o Vitor me respondeu aceitando o convite de gravar a música comigo! Ficou ainda mais lindo do que eu imaginava”, explicou Roberta Campos.

O gaúcho já admirava a mineira e se sentiu à vontade na gravação: “Poder gravar com ela foi muito legal. É alguém que vem da mesma vibe que eu, estilo voz e violão. E ainda tem uma voz inconfundível. A música é linda”, comentou Kley.

Confira:

Continue Reading

MPB & SAMBA

Mariana Volker elucida dores e superações em novo álbum “Órbita”

Álbum traz com leveza os questionamentos feitos pela cantora cantora num processo de cura contra a depressão

Published

on

Mariana Volker elucida dores e superações em novo álbum "Órbita"
Divulgação

A cantora e compositora Mariana Volker lança nesta sexta-feira (8) o seu novo álbum Órbita. Este novo trabalho é como passear entre sentimentos complexos e profundos numa busca intensa em ser feliz. Feridas e dores de amores curadas (e mal curadas) se misturam a arranjos sensíveis e vibrantes. E antes que se dê conta, você já está ali, entendendo, se enxergando, torcendo e vivendo cada uma das oito faixas.

Mariana Volker elucida dores e superações em novo álbum "Órbita"

O disco, que chega nesta sexta em todas as plataformas digitais através da Altafonte, foi produzido por Pedro Sodré com co-produção de Thiago Vivas. Para os mais apegados a rótulos, pode se dizer que é um álbum pop e rock’n roll.

Coeso e notoriamente muito bem planejado desde a capa – com arte de Raphael Tepedino em referência à Elke Maravilha e foto de Julia Assis – até a ordem das faixas, Órbita é um deleite aos admiradores da arte ao mesmo tempo que é a vitória de uma batalha contra a depressão.

Os clipes já lançados de + Amor (Mariana Volker e Emerson Leal) e Montes Claros (Mariana Volker e Valentina Zanini) ambos com direção de Letícia Pires, comprovam quão cuidadoso é o projeto. No primeiro, Mariana Volker pede respeito às diferenças, no outro ela sofre ao se despedir de um grande amor, numa das faixas mais emocionantes de Órbita.

“Ela é uma ferida. Uma carta direta, sem maquiagem”, define a cantora.

Confira:

Continue Reading

As Mais Lidas