Connect with us
Caetano Veloso processa pesquisadora do Butantan por chamá-lo de "macaco pedófilo"   Caetano Veloso processa pesquisadora do Butantan por chamá-lo de "macaco pedófilo"  

MPB & SAMBA

Caetano Veloso processa pesquisadora do Butantan por chamá-lo de “macaco pedófilo”  

Foto: Reprodução | Instagram

Published

on

O cantor e compositor Caetano Veloso entrou com uma ação no Tribunal de Justiça do Rio por danos morais contra a pesquisadora Maria Carla Petrellis por chamá-lo de “macaco pedófilo” em uma publicação no Twitter no ano de 2018.

De acordo com informações da Folhapress, o tuíte de Petrellis foi colocado como uma resposta á uma publicação da revista Fórum que falava sobre a condenação do blogueiro Favio Morgenstern, que havia sido condenado a pagar R$ 120 mil de indenização a Caetano Veloso por usar a hashtag #CaetanoPedófilo.

Caetano Veloso processa pesquisadora do Butantan por chamá-lo de "macaco pedófilo"  

Foto: Reprodução | Instagram

Foi nesse momento, de acordo com a Folhapress, que Maria Carla Petrellis acrescentou um print de uma matéria veículada pelo jornal Folha de S. Paulo onde Paula Lavigne confirmou ter perdido a virgindade aos 13 anos com Caetano, que tinha 40 na época.

Sob o entendimento de que o direito à indenização por danos morais é “evidente e inquestionável”, o juiz Luiz Antonio Valiera do Nascimento, da 39ª Vara Cível do Rio, determinou que a publicação seja retirada de imediato sob pena de uma multa diária no valor de R$ 1.500.

Petrellis, que desde 2019 desenvolve uma pesquisa de pós-doutorado no Instituto Butantan, é farmacêutica industrial formada pela Universidade de São Francisco com mestrado em farmacologia pela Unicamp e doutorado na mesma área pela USP.

As Mais Lidas