Connect with us
Charlie Brown Jr.: "Bocas Ordinárias" chega ás lojas em vinil Charlie Brown Jr.: "Bocas Ordinárias" chega ás lojas em vinil

Mundo Vinil

Charlie Brown Jr.: “Bocas Ordinárias” chega ás lojas em vinil

Universal Music relança em comemoração aos 17 anos do álbum

Published

on

Bocas Ordinárias, considerado por muitos como um dos melhores discos do grupo Charlie Brown Jr., foi lançado em 2002. Liderados pelo paulistano Chorão, os garotos da cidade de Santos eram a personificação de uma tribo sem muita grana que curtia as pistas de skate e a praia. Embaladas por uma fusão de punk rock californiano, hip-hop e reggae, as letras enfurecidas e desbocadas miravam as desigualdades sociais, conquistando corações e mentes das periferias brasileiras.

Quinto álbum da banda, Bocas Ordinárias apresentava uma pegada bem mais roqueira e azeitada que os discos anteriores, com destaque para a criatividade de Marcão nas guitarras, Champignon (baixo) e Pelado (bateria) completavam o quarteto; Thiago Castanho deixara a banda no ano anterior. Juntos, eles assinaram todas as faixas, com exceção de Baader-Meinhof Blues, da Legião Urbana, que ganhou uma acelerada, pulsante e competente regravação.

Charlie Brown Jr.: "Bocas Ordinárias" chega ás lojas em vinil

Toda a vitalidade das incendiárias apresentações ao vivo do Charlie Brown Jr. foram impressas neste registro de estúdio produzido por Tadeu Patolla, que já havia trabalhado com a banda em Preço curto… Prazo longo, disco de 1999.

Primeiro single do álbum, Papo Reto (Prazer é sexo, o resto é negócio) dominou as paradas de sucesso com seu refrão chiclete (“Então já era, eu vou fazer de um jeito que ela não vai esquecer”) e a costumeira contundência (“Mas eu quero que se foda essa porra de sociedade”). O desajuste social também aparece no segundo hit, Só por uma noite, que ganhou um divertido videoclipe no qual o titã Paulo Miklos encarna um exigente e mal-humorado diretor tentando enquadrar os rapazes que, embora elegantemente vestidos, têm pensamentos bem mundanos.

Essa crueza persiste na faixa de onde foi retirado o nome do disco, Bocas ordinárias, guerrilha, batizada com uma expressão cunhada por um crítico de Portugal, após uma apresentação da banda naquele país.

“Se for fazer uma coisa então faça com vontade/ Seja você, não fure os olhos da verdade”, ensina Chorão em Não fure os olhos da verdade. O “papo reto” continua em “Sou quem eu sou (O que é seu também é meu e o que é meu não é nosso)”.

O som de uma lata de refrigerante sendo aberta nos primeiros instantes de Com a boca amargando não adoça o discurso do cantor, que fora duramente criticado por participar de uma campanha publicitária da Coca-Cola: “Eu não tenho explicações a fazer/ Quem sabe de mim sou eu/ Quem sabe de você é você”. Na última faixa, “Tarja preta”, Chorão avisava: “Charlie Brown Jr. não deve ser consumido por pessoas simpáticas”.

Independentemente de possíveis contrariedades ou antipatias, o álbum vendeu cerca de 500 mil cópias na época, rendendo um Disco de Ouro à banda.

Dedicado a Cássia Eller, outra voz inquieta que cativou a juventude brasileira, Bocas Ordinárias está de volta no inédito formato de vinil.

Confira o conteúdo completo:

Lado A

Papo reto (Prazer é sexo, o resto é negócio)
Hoje eu só procuro a minha paz
Baader- Meinhof Blues
Só por uma noite
My Mini Ramp
Bocas ordinárias, guerrilha

Lado B

Não fure os olhos da verdade
Sou quem eu sou (O que é seu também é meu e o que é meu não é nosso)
Com minha loucura faço o meu dinheiro, com meu dinheiro faço minhas loucuras
Somos poucos mas somos loucos
Com a boca amargando
Tarja preta

Mundo Vinil

The Rolling Stones: álbuns clássicos serão relançados em vinil

Títulos foram remasterizados em Abbey Road com sistema Half-Speed (meia-velocidade)

Published

on

The Rolling Stones: álbuns clássicos serão relançados em vinil
Divulgação

Um total de 10 álbuns do catálogo dos Rolling Stones serão relançados em vinil de 180 gramas no dia 8 de maio para o mercado internacional pela Universal Music, via Polydor Records. Eles fornecem uma excelente visão da criatividade infinita da banda britânica desde os anos 1970 até os anos 2000.

The Rolling Stones: álbuns clássicos serão relançados em vinil

Os álbuns foram remasterizados e gravados no revelador sistema Half-Speed (meia-velocidade) nos lendários estúdios Abbey Road em Londres. Os novos masters foram criados a partir de transferências de fitas analógicas originais específicas de vinil, para obter o som ideal absoluto.

Confira a lista dos 10 álbuns dos Rolling Stones que estão sendo relançados em vinil:

It’s Only Rock ‘N’ Roll (1974)
Black and Blue (1976)
Emotional Rescue (1980)
Tattoo You (1981)
Undercover (1983)
Dirty Work (1986)
Steel Wheels (1989)
Voodoo Lounge (1984)
Bridges to Babylon (1997)
A Bigger Bang (2005)

Continue Reading

Mundo Vinil

Metallica lança seu clube de vinil 

“Foi super empolgante ver o ressurgimento do vinil”, disse a banda em comunicado

Published

on

Metallica lança seu clube de vinil 
Divulgação

O Metallica anunciou o lançamento de seu novo clube de vinil. Os membros do fã clube Fifth Members terão até o dia 31 de março para se registrar e, em seguida, terão acesso a uma variedade de lançamentos especiais ao longo do ano.

Metallica lança seu clube de vinil 

“É mais uma novidade para nós… nosso próprio clube de vinil”, disse a banda em um comunicado oficial. “Como grandes fãs de música, foi super empolgante ver o ressurgimento do vinil e o quanto todos nós gostamos de coletar, explorar e conectar-se com outros fãs que buscam tesouros perdidos”, escreveram.

O Metallica afirma que os membros do clube de vinil conseguirão “cortes raros, demos, mixagens grosseiras e raridades ao vivo”: “Quem sabe o que vamos desenterrar? Obviamente, todos serão cortes que nunca foram lançados em vinil antes”, avisam.

“Aqueles de nós que adoram a aparência, a sensação e o calor sonoro do vinil são parte do nosso pequeno clube exclusivo, portanto, com isso em mente, achamaos que seria divertido começar a adicionar regularmente às nossas coleções”, disse o Metallica.

Cada assinatura vem com um cartão de associado personalizado, quatro discos de vinil compactos (aqueles de 7 polegadas) e “lançamentos selecionados ao longo do ano incluirão itens adicionais – isso pode ser qualquer coisa, de adesivos exclusivos a palhetas ou até pôsteres”, explicam.

“Esperamos que vocês se divirtam colecionando um vinil da velha escola”, concluíram.

Continue Reading

Mundo Vinil

Record Store Day lançará títulos exclusivos de John Lennon, Paul McCartney e U2 

A 13ª edição de um dos maiores eventos da indústria musical, acontecerá no dia 18 de abril

Published

on

Record Store Day lançará títulos exclusivos de John Lennon, Paul McCartney e U2 
Divulgação

A Record Store Day 2020 revelou os títulos exclusivos que serão lançados no sábado, 18 de abril, que incluirá grandes nomes como John Lennon, Paul McCartney e U2. Eles estarão disponíveis apenas nas lojas participantes, com filas que devem começar a partir das primeiras horas.

Record Store Day lançará títulos exclusivos de John Lennon, Paul McCartney e U2 

O clássico Instant Karma! de John Lennon ganhará um novo remix. Em 27 de janeiro de 1970, o saudoso beatle escreveu, gravou e mixou Instant Karma! no mesmo dia. Esta canção é classificada com uma das músicas mais rapidamente lançadas na história da música pop e foi gravada no Abbey Road Studios em Londres.

A Island Records e a Universal Music anunciaram o lançamento de 11 O’Clock Tick Tock do U2 em uma edição limitada de vinil azul transparente de 12” para celebrar o Record Store Day 2020 e os 40 anos do lançamento do single. Também será disponibilizado um vinil compacto do B-side Touch com duas gravações ao vivo de Touch e Twilight, gravado em setembro de 1980 em Londres. Este foi o primeiro single do U2 na Island Records depois do contrato firmado entre a banda e o fundador da gravadora, Chris Blackwell.

Já a Capitol Records e a Universal Music Enterprises vão lançar uma nova edição em vinil do álbum McCartney, o álbum que deu o start à aquela que seria uma das carreiras solo mais bem sucedida de todos os tempos. Paul McCartney lançou este álbum no dia 17 de abril de 1970 pela Apple Records, na época como selo da EMI, há exatos 50 anos.

Continue Reading

As Mais Lidas