Connect with us
Chris Martin apoia campanha contra mudança de leis para autônomos no Reino Unido Chris Martin apoia campanha contra mudança de leis para autônomos no Reino Unido

POP

Chris Martin apoia campanha contra mudança de leis para autônomos no Reino Unido

Divulgação

Published

on

Chris Martin, frontman do Coldplay, exige que os políticos do Reino Unido mudem uma lei em vigor no país, que determina que os pais, que trabalham por conta própria, como muitos que trabalham na indústria musical e que tem filhos, não tenham direito a nenhuma licença remunerada pelo governo.

Martin, que é pai de dois filhos, está apoiando a campanha UK Music para que o governo britânico atualize urgentemente a licença parental e pague regras para incluir pais autônomos que hoje são 72% dos que trabalham na indústria musical na região européia. Ele explicou como as regras afetaram a equipe do Coldplay: “Não existe um sistema compartilhado de licença e pagamento parental para pais que trabalham por conta própria”, disse o músico. “Isso torna muito difícil para muitos de nossos colegas de equipe freenlancers quando têm filhos. Vamos mudar a lei para que mães e pais autônomos possam escolher quando tirar a licença parental”, explicou.

De acordo com o Music News, não é só Chris Martin que está descontente: Ayse Assan, baixista do Savages também criticou a lei no reinado britânico: “Como baixista de uma banda feminina, não quer penalizada se tiver filhos ou o governo me disser que é meu trabalho ficar em casa e cuidar do bebê”, disse.

As Mais Lidas