Connect with us
Consumo de música por streaming aumenta entre o público adulto, reporta IFPI Consumo de música por streaming aumenta entre o público adulto, reporta IFPI

MERCADO

Consumo de música por streaming aumenta entre o público adulto, reporta IFPI

Divulgação

Published

on

De acordo com a IFPI (The International Federation of the Phonographic Industry), o interesse do público adulto para consumir música em serviços de streaming como o Spotify e a Apple Music está crescendo exponencialmente. A entidade internacional realizou uma pesquisa que revela o atual consumo global e os hábitos de audição no século XXI.

Consumo de música por streaming aumenta entre o público adulto, reporta IFPI

De acordo com a IFPI, a maior taxa de crescimento para o consumo de música por streaming está entre pessoas de 35 a 64 anos, com mais da metade (54%) dessa faixa etária utilizando um serviço de streaming durante o período da pesquisa, que foi de abril a maio de 2019. Esse resultado representa um aumento de 8% em relação a 2018. Ainda de acordo com a pesquisa, vale a pena notar que os primeiros anos de streaming foram impulsionados por jovens consumidores, portanto, é de se esperar que a idade dos usuários aumente á medida que o formato se torne dominante do mercado.

A pesquisa da IFPI também revelou que o consumo de música em plataformas digitais continua crescendo e que os entrevistados, 34 mil pessoas consultadas com idades entre 16 e 64 anos em 21 países, incluindo EUA, Japão, Reino Unido, Alemanha, França, Austrália, Brasil, Canadá e México, normalmente gastam 18 horas por semana ouvindo músicas em aplicativos.

Além disso, 52% das pessoas pesquisadas entre 16 e 24 anos, utilizam serviços de streaming pagos – a mais alta de todas as faixas etárias.

“No momento em que vários formatos de mídia disputam a atenção dos fãs, eles não estão apenas escolhendo passar mais tempo ouvindo – e se envolvendo com – música, mas estão fazendo isso de diversas maneiras”, diz Frances Moore, chefe-executiva da IFPI.

As Mais Lidas