Connect with us

O Coral Paulistano Mário de Andrade homenageará o compositor francês Maurice Duruflè na edição de outubro da série Oratórios e Missas no Theatro Municipal de São Paulo. O concerto, que terá a regência de Naomi Munakata, acontece nesta sexta-feira (21) as 20h no Salão Nobre. Os ingressos custam R$ 25, com meia-entrada.

Estão programadas três obras de Duruflè: Quatre Motets sur des themes Grégoriens, op. 10, Notre Père e Requiem op. 9.

O grupo artístico do Theatro Municipal, que comemora seu 80º aniversário neste ano, apresentará a obra mais famosa de Duruflè: o Requiem, op.9. Publicado em 1947, a peça foi feita sob encomenda do regime francês da época, e é dedicado ao pai do músico.

Composta em três versões diferentes (só coral, coral e cordas e coral e orquestras), esta missa será apresentada no Salão Nobre pelo Coral Paulistano com o acompanhamento do organista Lee Ward e do violoncelista Jonatas Pereira.

Confira o serviço:

21/9, sexta-feira, 20h
Salão Nobre (Theatro Municipal)
Coral Paulistano Mário de Andrade: Série Oratórios e Missas
Naomi Munakata, regência
Lee Ward, órgão
Jonatas Pereira, violoncelo
MAURICE DURUFLÉ
Quatre Motets sur des themes Grégoriens, Op. 10
I. Ubi caritas
II. Tota pulchra es
III. Tu es Petrus
IV. Tantum ergo
Notre Père
Requiem, op.9
I. Introit
II. Kyrie
III. Domine Jesus Christe
IV. Sanctus
V. Pie Jesu
VI. Agnus Dei
VII. Lux aeterna
VIII. Libera me
IX. In Paradisum

* Programação sujeita a alterações.

É jornalista e pesquisador musical. Cobre shows nacionais e internacionais e já entrevistou bastante gente interessante do Brasil e do mundo. Foi vencedor do Prêmio TopBlog Brasil em 2010 na categoria "Música"e foi membro do Grammy Latino.

CLASSICA

George Li lança o álbum “Tchaikovsky Piano Concerto No. 1”

Published

on

George Li lança o álbum "Tchaikovsky Piano Concerto No. 1"
Divulgação | Warner Music Classics

George Li recebeu atenção internacional em 2015, quando ganhou a medalha de prata no Concurso Internacional Tchaikovsky, em Moscou. No ano seguinte, o recital de estreia do artista para a Warner Classics foi gravado no Mariinsky Concert Hall, em São Petersburgo, cidade intimamente associada a Tchaikovsky. Agora, George Li lança gravação de uma das maiores e mais amadas obras de Tchaikovsky, o Concerto para Piano nº 1 pelo lendário selo Parlophone Records.

George Li lança o álbum "Tchaikovsky Piano Concerto No. 1"

A gravação foi feita no primeiro semestre de 2019, com a Orquestra Filarmônica de Londres e o maestro Vasily Petrenko, que nasceu em São Petersburgo e estudou no conservatório da cidade. O concerto que originou esta gravação, no Royal Festival Hall de Londres, trouxe uma resposta entusiástica do site Classical Source: “Durante grande parte deste concerto, ainda surpreendentemente original, Li foi totalmente excepcional, especialmente no movimento lento e no final emocionante – realizado a uma velocidade vertiginosa – o que foi bastante notável. Não ouvi as oitavas duplas tocadas nessa velocidade com tanto poder, brilho e precisão desde o inesquecível triunfo de John Lill na competição Tchaikovsky de 1970 em Moscou: esse certamente deve ter sido o que Tchaikovsky pretendia, mas tão raramente teria ouvido. No movimento central de Andantino (semplice) … o solista e a orquestra eram como um só na combinação de delicadeza e fogo da música. Na segunda passagem solo [do primeiro movimento], a musicalidade de Li reuniu-se de maneira convincente e a música seguinte, dele com orquestra, exibiu a majestade individual da genialidade de Tchaikovsky, enquanto a música alimentava a imponente coda”.

E continuou: “Bachtrack, enquanto isso, julgava o jovem pianista americano “capaz de abranger todas as mudanças de humor de uma maneira notavelmente segura… Ele era muito sedutor no movimento lento, acompanhado por belos instrumentos de sopro da LPO. A seção central rápida era incrivelmente leve e arejada. A alegria inabalável do Finale foi sem esforço virtuosista, com ritmos rápidos mantidos com entusiasmo por todos”.

O concerto está bem incorporado ao repertório de George Li. Em 2015, quando ele tinha apenas 20 anos, ele o apresentou no Alice Tully Hall, em Manhattan (EUA).

“A verdadeira revelação veio no concerto para piano número 1 de Tchaikovsky, tocado por George Li”, escreveu o New York Times. “Ele é uma potência. Raramente ouvi muitas passagens de oitava em chamas nos movimentos externos, que eram jogadas de maneira mais rápida ou limpa, sem falar nas duas ao mesmo tempo”.

Completam o álbum três peças solo de Liszt: Jeux d’eaux à villa d’Este, Sonetto 104 del Petrarca e Réminiscences de Don Juan. A música de Liszt também apareceu no recital de Li no Mariinsky, ao lado de obras de Haydn, Chopin e Rachmaninov.

“Um vencedor de um disco de estréia”, era a opinião da revista International Piano, enquanto a BBC Music Magazine escreveu que: “[O recital] tem toda a luz e sombra esperadas de um programa tão variado. O estilo de Li é pensativo e expressivo … tom requintado no Consolação nº 3 (de Liszt), derretendo no teclado com uma técnica incrível”.

Ouça o álbum:

Continue Reading

CLASSICA

Festival Ópera na Tela chega a São Paulo com projeções a céu aberto

Published

on

Festival Ópera na Tela chega a São Paulo com projeções a céu aberto A primeira edição do Festival Ópera na Tela começa nesta sexta-feira (18) em São Paulo no parque do Museu da Casa Brasileira, em Itaim Bibi, oferecendo aos paulistanos montagens grandiosas em tela gigante, com alta qualidade de som e imagem, cadeiras confortáveis e preços acessíveis. Dez filmes inéditos de ópera da temporada europeia recente, um recital com a mezzzo-soprano Valentine Lemercier e um ciclo de palestras ministrado por Sérgio Casoy - pesquisador e estudioso de música lírica - este último gratuito. Depois, as projeções ao ar livre seguem para o Rio de Janeiro, dia 31 de outubro, abrindo a quinta edição carioca do evento no Parque Lage, no Jardim Botânico. Os títulos, em cópias digitais e legendadas, integraram a temporada europeia recente e trazem diversidade na programação em montagens clássicas e releituras mais contemporâneas, tornando a atualidade lírica mundial acessível ao público brasileiro. Sucesso há quatro anos no Rio de Janeiro e pela primeira vez e São Paulo, o Festival Ópera na Tela reúne as principais montagens de récitas em exibições na Europa. Exibindo sempre uma récita por dia, em São Paulo poderão ser vistos dez filmes e no Rio, 12. Em tela gigante, com alta qualidade de som e imagem e cadeiras confortáveis, o público terá a oportunidade de acompanhar as mais famosas composições de ópera de nome como Giuseppe Verdi, Franz Lehár, Mozart, Giacomo Puccini, entre outros. Festival ÓPERA NA TELA em São Paulo Ingressos: https://site.bileto.sympla.com.br/operanatelasp/ Durante o evento também haverá bilheteria nos espaços Data: entre os dias 18 e 27 de outubro Horário: Sábado, 19/10 às 18h, Segunda a Sábado às 19h e Domingos às 18h. Local: Museu da Casa Brasileira – Avenida Brigadeiro Faria Lima, 2705 - Itaim Bibi Ingressos: R$30 (inteira) e R$15 (meia) Capacidade: 500 lugares Classificação indicativa: Livre ou 14 anos, dependendo da obra Outras informações: meia entrada conforme legislação e para classe artística mediante comprovação
Divulgação

A primeira edição do Festival Ópera na Tela começa nesta sexta-feira (18) em São Paulo no parque do Museu da Casa Brasileira, em Itaim Bibi, oferecendo aos paulistanos montagens grandiosas em tela gigante, com alta qualidade de som e imagem, cadeiras confortáveis e preços acessíveis.

Festival Ópera na Tela chega a São Paulo com projeções a céu aberto

Dez filmes inéditos de ópera da temporada europeia recente, um recital com a mezzzo-soprano Valentine Lemercier e um ciclo de palestras ministrado por Sérgio Casoy – pesquisador e estudioso de música lírica – este último gratuito.

Depois, as projeções ao ar livre seguem para o Rio de Janeiro, dia 31 de outubro, abrindo a quinta edição carioca do evento no Parque Lage, no Jardim Botânico. Os títulos, em cópias digitais e legendadas, integraram a temporada europeia recente e trazem diversidade na programação em montagens clássicas e releituras mais contemporâneas, tornando a atualidade lírica mundial acessível ao público brasileiro.

Sucesso há quatro anos no Rio de Janeiro e pela primeira vez e São Paulo, o Festival Ópera na Tela reúne as principais montagens de recitais em exibições na Europa. Exibindo sempre uma récita por dia, em São Paulo poderão ser vistos dez filmes e no Rio, 12. Em tela gigante, com alta qualidade de som e imagem e cadeiras confortáveis, o público terá a oportunidade de acompanhar as mais famosas composições de ópera de nome como Giuseppe Verdi, Franz Lehár, Mozart, Giacomo Puccini, entre outros.

Festival Ópera na Tela em São Paulo
Ingressos: https://site.bileto.sympla.com.br/operanatelasp/
Durante o evento também haverá bilheteria nos espaços
Data: entre os dias 18 e 27 de outubro
Horário: Sábado, 19/10 às 18h, Segunda a Sábado às 19h e Domingos às 18h.
Local: Museu da Casa Brasileira – Avenida Brigadeiro Faria Lima, 2705 – Itaim Bibi
Ingressos: R$30 (inteira) e R$15 (meia)
Capacidade: 500 lugares
Classificação indicativa: Livre ou 14 anos, dependendo da obra
Outras informações: meia entrada conforme legislação e para classe artística mediante comprovação

Continue Reading

CLASSICA

Andrea Bocelli e Ellie Goulding realizam dueto inédito em “Return To Love”

Published

on

Andrea Bocelli e Ellie Goulding realizam dueto inédito em "Return To Love"
Divulgação

O astro Andrea Bocelli conta com a participação da cantora britânica Ellie Goulding, que acaba de se apresentar no Rock in Rio, para o lançamento da música Return To Love. A faixa já está disponível em todas as plataformas digitais pela Universal Music via Decca Records. Com direção de Luca Scota o videoclipe também é disponibilizado.

Andrea Bocelli e Ellie Goulding realizam dueto inédito em "Return To Love"

“Para mim, Andrea tem uma das mais belas e reconhecíveis vozes de nossa geração”, disse Ellie Goulding. “Todo amor é especial e ainda segue sempre a mesma lei: o mesmo amor que cresce a semente faz a flor florescer. Essa música imita o despertar do coração, a consciência de uma capacidade renovada de amar”, completou Andrea Bocelli.

Return to Love é a primeira canção apresentada de Si Forever: Diamont Edition, a versão estendida de seu último álbum, Si, que chega às plataformas digitais no próximo dia 8 de novembro, com novas faixas gravadas com alguns dos melhores artistas do mundo pop.

O trabalho traz três novas músicas, Alla Gioia (Ode to Joy), que foi gravada para comemorar o aniversário de 250 anos do nascimento de Ludwig van Beethoven, Ragazzo Mio (Danny Boy) e uma versão especial de comemoração de 25 anos para Il Mare Calmo Della Sera, faixa especial escrita pelo cantor italiano Zucchero, além de Giampiero Felisatti e Gloria Nuti, especialmente para Andrea.

Confira:

Continue Reading

As Mais Lidas