Connect with us
Délia Fischer é indicada ao Grammy Latino pelo álbum "Tempo Mínimo" Délia Fischer é indicada ao Grammy Latino pelo álbum "Tempo Mínimo"

MPB & SAMBA

Délia Fischer é indicada ao Grammy Latino pelo álbum “Tempo Mínimo”

Divulgação

Published

on

Tempo Mínimo, um disco elogiado mundo afora, duas turnês europeias em menos de três meses e a indicação ao Grammy Latino de Melhor Álbum de Música Brasileira. Esse é apenas um resumo rápido do que tem sido o ano de 2019 para a cantora e compositora Délia Fischer.

Enquanto aguarda o embarque para Los Angeles, onde acontecerá a cerimônia de premiação do Grammy Latino, marcada para o dia 14 de novembro, Délia saboreia a indicação: “Por mais tempo e esforço que eu tenha dedicado nos últimos anos ao meu trabalho de compositora, cantora e instrumentista, a dificuldade para se ‘chegar lá’ é grande”, avalia. “Não sou uma novinha ‘revelação’ e estou longe de ser uma consagrada. Por isso, há uma felicidade maior em saber que houve uma escuta criteriosa de ‘Tempo Mínimo’, um álbum que foi feito com todo amor e os maiores e melhores colaboradores possíveis, com todo esmero no som e nos arranjos”.

Ao lado dela, concorrem na mesma categoria Zeca Baleiro (O Amor no Caos), Nana Caymmi (Nana Caymmi Canta Tito Madi), Zélia Duncan (Tudo é Um), Jards Macalé (Besta Fera) e Gilberto Gil (OK OK OK).

Délia Fischer é indicada ao Grammy Latino pelo álbum "Tempo Mínimo"

“Sem dúvida, a parte mais incrível é estar nesse rol da MPB, principalmente ao lado do Deus Gil, que é uma das maiores referências da canção para mim e para todo mundo, tenho certeza”, frisa a artista.

O Grammy Latino chega em um momento para lá de especial. Desde que lançou o disco, em abril, Délia não para em casa. Nas duas turnês pela Europa, ela tocou para públicos majoritariamente locais. O triunfo no Velho Continente contou com apresentações consagradoras em palcos da Alemanha (Karlsruhe e Frankfurt), Itália (Turim, Roma e Nápoles) e Portugal (Lisboa e Amarante, dentro do prestigiado MIMO Festival). Foi dessa maneira que ela comemorou seus 30 anos de estrada. Melhor, impossível!

Em agosto, a festança aconteceu em sua cidade natal, o Rio de Janeiro, através do Festival Levada 2019. Com um detalhe: ela foi a única artista a tocar em duas noites. O show é o resultado de mais de oito anos de dedicação ao novo disco, que acentuou a sua faceta de cantora, em um repertório quase integralmente autoral.

“Nos dias de hoje, quando a atenção dedicada a qualquer experiência cognitiva ou estética não dura mais que 30 segundos, apropriar-se do tempo e de seu valor talvez seja um gesto muito mais revolucionário do que se poderia imaginar”, destacou o crítico italiano Massimo Milano, estudioso da música japonesa e brasileira, sobre o trabalho da artista.

Em tempos de mídias digitais, o público de Délia Fischer continua rigoroso e não perde o costume de ouvir CD à moda antiga. Por isso, o álbum físico está à venda em todas as unidades da Livraria da Travessa, no Rio. Nesse trabalho, Délia trouxe a palavra para o primeiro plano, depois de dedicar muito tempo de sua carreira à seara instrumental, seja como artista ou produtora. São faixas como Orgia, Samba Mínimo, Tanto Faz, Canção de Autoajuda e a regravação de Garra, dos irmãos Paulo Sérgio Valle e Marcos Valle, este último presente na própria faixa.

Já no palco, Délia Fischer vem se apresentando ao lado de dois músicos não menos talentosos: o baixista Matias Correa e do multi-instrumentista Antonio Fischer-Band. É a mesma formação que rodou com ela pelos palcos internacionais.

“São os parceiros perfeitos para o meu som”, acentua a artista, que é casada com Matias e mãe de Antonio.

Depois de mostrar Tempo Mínimo na Europa e no Rio de Janeiro, Délia Fischer entra para o panteão dos artistas indicados ao Grammy Latino: “Me sinto, antes de tudo, empolgada para continuar a seguir desafiando o tempo. Esse tempo que abre um portal de amor e reconhecimento pela música, por anos de dedicação incansável, ao som de todos os sentidos dele”, finaliza ela.

MPB & SAMBA

Luciana Mello lança novo single “Como Um Caso de Amor”

A faixa marca os 35 anos de carreira da cantora

Published

on

Luciana Mello lança novo single “Como Um Caso de Amor”
Divulgação

A cantora Luciana Mello lança nesta sexta-feira (6) o seu novo single Como Um Caso de Amor. A faixa já está disponível em todas as plataformas digitais pela ONErpm.

“Cantar, sambar, chorar, sorrir e bater palmas”, versos da letra de Ronaldo Barcellos e André Renato não poderiam traduzir melhor os 35 anos na música de uma das grandes cantoras do nosso país. Luciana Mello dá início às comemorações mergulhando no samba e com um projeto que conta com faixas inéditas, um mini documentário e um DVD.

Luciana Mello lança novo single “Como Um Caso de Amor”

Sob a direção de Walmir Borges e gravado com um time de músicos de primeira linha, o primeiro single poderia ser facilmente uma faixa biográfica de Luciana ao abrir com os versos “o samba é meu guia, é meu ganha pão, minha paz, é o meu documento, meu talento, minha paixão e muito mais”.

Apesar do samba sempre ter corrido em suas veias e estar presente em todos os seus discos, foi com o álbum indicado ao Grammy Latino em 2017, Na Luz do Samba, que Luciana Mello resolveu abrir com toda propriedade o baú de tesouros musicais deixados pelo legado do pai Jair Rodrigues e fazer uma grande homenagem à ele.

“Luciana Mello é sinônimo de boa música, música rebuscada e revisitada! É referência de música brasileira, de música pop, de MPB. Luciana Mello é a performance genuína da artista que dança, canta, abusa do seu visual. Em 35 anos na música, Luciana Mello é a real aparição, performance, interpretação, e representação da força da mulher brasileira”, declara Walmir.

Confira:

Continue Reading

MPB & SAMBA

Farofada comemora 7 anos com Banda Eva e Jeito Moleque

Published

on

Farofada comemora 7 anos com Banda Eva e Jeito Moleque
Divulgação

A Farofada, uma das mais concorridas festas da agência Fishfire em parceria com a agência Play – chega ao Parque Estaiada para comemorar sete anos de batuque e de um carnaval sem fim. A mais contagiante, colorida e brasileira das festas é um sucesso quando o assunto é manter o clima da folia o ano inteiro na capital.

O evento – famoso pelos guarda-chuvas pendurados no teto – já reuniu mais de 150 mil pessoas entre as diversas edições, além de grandes nomes da música, como Claudia Leitte, Jammil, Buchecha e Nego do Borel.

E nesta edição de aniversário do selo, duas grandes atrações estão confirmadas: Banda Eva – prestes a completar 40 anos de história e com novo DVD de comemoração –, que sobe ao palco com seus já conhecidos clássicos Eva, Beleza Rara e Me Abraça, além de canções inéditas e Jeito Moleque, grupo de pagode famoso pelos hits Teu Segredo, Eu Nunca Amei Assim e Sobrenatural.

Para completar o lineup, alguns DJs, que serão anunciados em breve.

Farofada
Data: 7 de dezembro
Horário: 17h
Local: Parque Estaiada – Av. Ulysses Reis de Mattos, 230
Ingressos: A partir de R$95
Site para vendas: www.ingresse.com/farofada
Classificação etária: 18 anos
Acessibilidade
*Sujeito a término de lote

Continue Reading

MPB & SAMBA

Miranda se une à Roberta Campos no lançamento de “Andarilho”

Artista entrega ao público uma faixa autoral, sobre um homem que percorre o mundo e percebe as coisas de uma maneira diferente

Published

on

Miranda se une à Roberta Campos no lançamento de "Andarilho"
Divulgação | Warner Music Brasil

O single Andarilho é o novo passo de Miranda dentro do cenário fonográfico. Nova potência da MPB, a artista une forças com Roberta Campos para a faixa, disponível em todas as plataformas digitais pela Warner Music.

Miranda se une à Roberta Campos no lançamento de "Andarilho"

Sonho Meu, primeiro EP da carreira de Miranda, apresenta a artista cantando os elementos do espaço e as relações humanas, numa composição sobre a história de um homem que anda pelo mundo vendo tudo por uma ótica diferente do restante das pessoas.

O projeto de estreia é o responsável por compilar todos os lançamentos da artista até o momento, incluindo: Eu Não, single de estreia, hoje com mais de 5,9 milhões de streams e mais de 1,9 milhões de views no clipe, Universo (mais de 400 mil plays e 1 milhão de visualizações no registro), Agora (mais de 270 mil streams) e Sonho Meu, releitura do sucesso de Done Ivone Lara e Délcio Carvalho, faixa que faz parte da trilha sonora de Bom Sucesso (TV Globo) e acumula mais de 310 mil plays e 260 mil visualizações no registro.

Andarilho, mais uma composição 100% autoral da Miranda, promete seguir os passos das antecessoras e marcar mais uma fase na carreira da artista. A faixa chega com clipe inédito, dirigido e produzido por Matheus Rigola.

O registro foi gravado em São Paulo e no Rio de Janeiro, retratando a ideia da vida passando, de tudo acontecendo e da personagem central da história vendo se desenrolar a vida, em uma série de acontecimentos que ganham cores e sentidos diferentes ao passar da música.

“Foi uma honra poder dividir essa minha composição com a Roberta Campos que, de uma maneira brilhante, emprestou sua voz para esta história sobre a possibilidade de ver o mundo de maneiras diferentes, sem deixar de lado a minha paixão por cantar o universo”, comenta Miranda sobre mais esta estreia.

Confira o single Andarilho:

Continue Reading

As Mais Lidas