Ed Sheeran

Ed Sheeran é acusado de violação dos direitos autorais, reporta publicação

By  | 

De acordo com o Music News, o cantor britânico Ed Sheeran está sendo acusado de violar os direitos autorais no single The Rest Of Our Life lançada em outubro de 2017 para a dupla Faith Hill e Tim McGraw. Sheeran é creditado como co-autor da música.

Ainda de acordo com a publicação, os australianos Sean Carey e Beau Golden apresentaram uma queixa no tribunal federal de Nova York nesta quarta-feira (10) alegando que a música em questão é uma “cópia flagrante” de uma canção a qual eles comporam em 2014 chamada When I Found You.

O texto da queixa diz: “A cópia é, em vários casos, uma cópia autêntica, nota-por-nota de elementos originais da canção e é óbvia para o observador comum”.

Carey e Golden estão sendo representados por Richard Busch que já havia ganho um processo para a familia do saudoso Marvin Gaye com a música Blurred Lines na questão, além de outro processo contra Ed Sheeran para a canção Photograph, onde os dois compositores que o processaram foram adicionados aos créditos da canção e receberam uma parte devida dos royalties.

Ainda sobre The Rest Of Our Life, além de Sheeran, os co-escritores Johnny McDaid e Amy Wadge, bem como as empresas Sony ATV Music Publishing, Universal PolyGram e WB Music também foram relacionadas.

É jornalista e pesquisador musical. Cobre shows nacionais e internacionais e já entrevistou bastante gente interessante do Brasil e do mundo. Foi vencedor do Prêmio TopBlog Brasil em 2010 na categoria "Música"e foi membro do Grammy Latino.