Connect with us
Eliane Elias homenageia o amor e suas formas no novo álbum "Love Stories" Eliane Elias homenageia o amor e suas formas no novo álbum "Love Stories"

JAZZ SOUL R&B

Eliane Elias homenageia o amor e suas formas no novo álbum “Love Stories”

Published

on

Eliane Elias atinge um novo patamar de expressão artística com o recente lançamento, em 30 de agosto de 2019 de Love Stories, pela Universal Music via Concord Jazz. Uma polivalente musicista, cujos lançamentos recentes, Made in Brazil (2015), Dance of Time (2017) e Man of La Mancha (2018), conquistaram múltiplos prêmios Grammy e estrearam em 1º lugar nos charts da Billboard.

O novo projeto de Elias serve como uma homenagem clássica ao amor em seus muitos aspectos e formas.

Love Stories é um álbum de orquestra, que revela o domínio e a proeminência de Elias como artista multifacetada – vocalista, pianista, arranjadora, compositora, letrista e produtora. Cantado quase inteiramente em inglês, o álbum apresenta três composições originais, além de sete excelentes arranjos de músicas da era de ouro da bossa nova, incluindo as que ficaram famosas através de Frank Sinatra e Antonio Carlos Jobim.

Eliane Elias homenageia o amor e suas formas no novo álbum "Love Stories"

Como intérprete e compositora, Elias vive a rica tradição da bossa ao trazer a música para o presente. Ela infunde músicas familiares com reviravoltas inesperadas que intensificam o poder evocativo da música – seja criando modulações harmônicas que aprimoram uma letra ou alterando a sensação rítmica de uma seção para aumentar sua emoção – permitindo que as complexidades sutis de sua voz sejam o centro das atenções, o tempo todo.

Observando que o amor romântico é apenas uma das várias maneiras pelas quais a emoção se manifesta, Elias diz: “A ideia para este álbum foi trazer à vida várias estórias de amor por meio dessa coleção de canções.”

Enquanto conta essas estórias, Elias traz um sentimento profundo ao álbum, que é uma cortesia de sua abordagem sugestiva como pianista e cantora, bem como da precisão com a qual ela é capaz de executar sua visão musical.

“Desde o momento da concepção, nada podia ficar mais integrado. A partir da primeira nota escolhida, todas as cores que eu crio nos arranjos, as modulações, a escolha de teclas, a organização de pequenos grupos, as possibilidades de uma orquestra – são tão profundas no meu gosto pessoal quanto possível… porque eu estou prevendo o arranjo; decidindo como transmitir a música e tocá-la com a banda, e ao mesmo tempo, atenta às futuras orquestrações”, explica a cantora.

Para o álbum, Eliane Elias convidou alguns de seus músicos brasileiros favoritos para se juntar a ela – Marcus Teixeira na guitarra e Edu Ribeiro, Rafael Barata e Celso Almeida na bateria – além de seus principais colaboradores, o coprodutor e baixista Marc Johnson e o co-produtor Steve Rodby. O orquestrador Rob Mathes também retorna para sua quarta gravação com Elias, trazendo seus arranjos de cordas exuberantes em uma perfeita e impecável sincronia com as ricas harmonias e as variadas abordagens rítmicas de Elias, como fez em seu álbum vencedor do Grammy Awards em 2015, Made in Brazil.

Uma célebre intérprete de Jobim, Elias vê as correntes de sua longa história colaborativa com o orquestrador Claus Ogerman na relação de trabalho que ela desenvolveu com Mathes.

Marc Johnson diz: “As orquestrações de Rob são tão profundas e tão lindamente entrelaçadas com os arranjos dos pequenos grupos de Eliane. Ele também compreende a distribuição de voz muito bem. Ele disse que, ao escrever os arranjos, mergulhou nas faixas básicas gravadas e mais detalhadamente nas vozes para piano de Eliane. Rob se encontra absolutamente no mesmo nível de onda emocional que Eliane.”

Essa conexão emocional é essencial, dadas às circunstâncias em que o álbum nasceu. Elias começou a trabalhar na música de Love Stories durante um ano difícil, no qual ela perdeu seu pai. Quatro meses antes de sua morte, Eliane fraturou o ombro em um acidente em sua cidade natal, São Paulo, Brasil. Ela ficou praticamente imóvel por meses enquanto se recuperava em seu apartamento. Enquanto se recuperava, a vista de sua janela da brisa nas palmeiras e das varandas contra o céu azul de São Paulo se tornaram o pano de fundo para um novo conjunto de inspiração musical.

“Durante esse período, eu não tinha permissão para me mover. Meu braço esquerdo estava na tipóia e, assim, para evitar uma cirurgia, eu tive que ficar imobilizada e realmente quieta. Enquanto isso, eu criei e escrevi todos esses arranjos, mesmo nesse estado”, recorda Eliane Elias.

Confira o álbum:

JAZZ SOUL R&B

Alicia Keys anuncia novo álbum e turnê mundial para março 

Novo trabalho da estrela do R&B será intitulado “ALICIA” e dará origem a uma série de shows pela América do Norte e Europa

Published

on

Alicia Keys anuncia novo álbum e turnê mundial para março 
Divulgação | Sony Music Entertainment | RCA Records

A cantora norte-americana Alicia Keys anunciou nesta terça-feira (21) que o seu novo álbum ALICIA, o sétimo de sua carreira, chegará ao mercado mundial no dia 25 de março pela Sony Music Entertainment via RCA Records. A pré-venda estará disponível no dia 24 de janeiro, para celebrar o aniversário da artista no dia 25 de janeiro.

Alicia Keys anuncia novo álbum e turnê mundial para março 

Além disso, Alicia Keys também anunciou a sua aguardada volta aos palcos com a ALICIA – The World Tour, que contará com o seu repertório de hits para locais icônicos pela América do Norte e Europa, incluindo uma parada no lendário Radio City Music Hall em sua cidade natal, Nova York (EUA).

A vencedora de 15 Grammy Awards visitará grandes cidades nos dois continentes incluindo Londres, Paris, Berlim, Atlanta, Toronto, Chicago, San Francisco, Los Angeles e mais na turnê produzida pela Live Nation.

Keys lançou o hit Underdog, o novo single do álbum no início do mês e foi aclamado pela crítica (“Uma joia do pop-soul com um toque leve de euforia”Clash). A faixa se tornou a mais adicionada no Top 40 de rádio dos Estados Unidos.

Os singles previamente lançados incluem Time Machine e Show Me Love, que garantiram à Keys um recorde com 11ª música a alcançar número 1 na lista Billboard Adult R&B Songs.

Alicia Keys anuncia novo álbum e turnê mundial para março 

Em adição às novas músicas, Keys trará os clássicos – de No One até If I Ain’t Got You até Girl on Fire – em uma experiência multimídia e artística no palco dos shows da turnê ALICIA todas as noites.

A meditação em amor e vida, o show será uma verdadeira celebração, cheio de energia magnética que apenas a música ao vivo pode criar.

Membros do cartão American Express® podem comprar ingressos para a turnê antes do público geral, começando na quarta-feira (22) até domingo (26). Os ingressos para o público geral serão vendidos a partir de segunda-feira (27).

Alicia Keys retornará como apresentadora do Grammy Awards no domingo (26). Ela também irá lançar seu livro More Myself no dia 31 de março.

Continue Reading

JAZZ SOUL R&B

Bruno Gouveia e Izabella Brant revisitam standards americanos no show “Cheek To Cheek”

No repertório, estarão clássicos de desenhos animados, canções de George & Ira Gershwin, Cole Porter, o rock dos Beatles e Queen e até uma rendição à Disney

Published

on

Bruno Gouveia e Izabella Brant revisitam standards americanos no show "Cheek To Cheek"
Vinicius Mochizuki

Bruno Gouveia, vocalista do Biquini Cavadão, e sua mulher, a cantora Izabella Brant, ex-integrante da banda mineira Menina do Céu, se juntaram para fazer um show inusitado para os dois: um mergulho nos clássicos americanos, desenhos animados, entre outros hits cantados em inglês.

Bruno Gouveia e Izabella Brant revisitam standards americanos no show "Cheek To Cheek"

Acompanhados de uma banda de jazz, o quarteto formado por piano, contrabaixo acústico, bateria e sax formam a base para standards de George & Ira Gershwin, Stephen Sondheim, Cole Porter, passando por músicas de Queen, Beatles e até uma rendição à Disney, num formato bem diferente do que conhecemos.

“Sempre sonhamos em cantar juntos. Ela já havia feito isso comigo no palco e em discos do Biquini. Eu também fiz o mesmo em sua antiga banda. Uma certa noite em casa, ouvindo Ella Fitzgerald e outros cantores, ficamos nos perguntando o que aconteceria se fizéssemos um show com estas músicas. Decidimos arriscar”, explica Bruno.

“Queríamos algo que não brigasse com os estilos que já dominávamos, que fosse um desafio e que nos desse, acima de tudo, muito prazer em cantar juntos”, conclui Izabella.

Contudo, Bruno Gouveia deixa claro que o projeto não visualiza um trabalho fixo fora de sua banda: “Nunca quis fazer uma carreira solo. O Biquini Cavadão sempre supriu minhas necessidades como cantor e compositor. Agora, cantar em duo com Izabella sempre foi um sonho antigo, desde que começamos a namorar. Queremos dividir este prazer com o público e sempre que for possível coordenar as agendas, faremos”, avisa Bruno.

O repertório, todo ele em inglês e sem canções do Biquini ou da Menina do Céu, estreia dia 29 de janeiro no Bourbon Street, em São Paulo.

Cheek to Cheek: Bruno Gouveia & Izabella Brant
Dia: 29 de Janeiro – Quarta
horario: 22h00
Ingressos a R$ 60,00
Bourbon Street – Rua dos Chanes, 127, São Paulo – São Paulo
https://bileto.sympla.com.br/event/63869/d/78707/s/409819

Continue Reading

JAZZ SOUL R&B

Prince: processo sobre a morte do cantor é julgado “improcedente”

Um dos grandes nomes da história do pop mundial, morreu em abril de 2016

Published

on

Prince: processo sobre a morte do cantor é julgado "improcedente"
Divulgação

Um processo por homicídio culposo movido pelos herdeiros do cantor Prince (1958-2016) conta um médico de Minnesota (EUA) e donos de farmácias em Illinois foi julgado como “improcedente”. As informações são do Music News.

Prince: processo sobre a morte do cantor é julgado "improcedente"

Os membros da família de Prince entraram com uma ação civil em 2018, alegando que um médico e farmacêutico no Trinity Medical Center em Illinois e dois farmacêuticos de Minnesota, que pertencem a uma cadeia de lojas Walgreens, colaboraram para a morte do músico por não fornecerem “cuidados razoáveis”.

Os herdeiros de Prince também alegaram que uma overdose de medicamentos prescritos utilizados pelo artista, uma semana antes de sua morte, não foi diagnosticada em tempo hábil pela equipe do centro médico, depois que ele deixou de responder durante um voo, obrigando os pilotos a fazer um pouso de emergência em Moline para permitir que ele procurasse atendimento médico.

Os autores também contestaram os dois farmacêuticos de duas filiais da Walgreens por “dispensar medicamentos prescritos não válidos para fins médicos legítimos”.

De acordo com a publicação, a Associated Press relatou que ambas as reivindicações foram “discretamente rejeitadas nos últimos meses”, indicando que um acordo privado por ter sido celebrado.

Prince morreu aos 57 anos no dia 21 de abril de 2016 em seu complexo de Paisley Park.

Continue Reading

As Mais Lidas