Connect with us
Elton John: concerto histórico "Live From Moscow" chega ao Brasil em formato digital Elton John: concerto histórico "Live From Moscow" chega ao Brasil em formato digital

ROCK

Elton John: concerto histórico “Live From Moscow” chega ao Brasil em formato digital

Concerto realizado em 1979 na então União Soviética, conta com o percursionista Ray Cooper

Divulgação

Published

on

Quarenta anos depois de Elton John se tornar a primeira grande estrela pop ocidental a se aventurar atrás da “Cortina de Ferro” e tocar na URSS, sua performance acompanhada do extraordinário percussionista Ray Cooper em Live From Moscow está disponível no Brasil apenas em formato digital, em todas as plataformas pela Universal Music via Virgin EMI Records.

Elton John: concerto histórico "Live From Moscow" chega ao Brasil em formato digital

O concerto final da turnê A Single Man, aconteceu no Rossiya Hall em Moscou, marcando um degelo significativo nas relações da Guerra Fria Leste-Oeste e resultando nas autoridades soviéticas permitindo que a gravadora estatal Melodiya comercializasse A Single Man, tornando-o o primeiro álbum pop a ser lançado oficialmente na URSS.

Falando sobre o show, Elton explica: “Posso dizer honestamente que essa foi uma das melhores experiências da minha vida. Foi uma das turnês mais memoráveis e felizes que já participei. O último show foi provavelmente um dos melhores que já fiz na minha vida. Trabalhar com Ray, com apenas nós dois no palco, foi ao mesmo tempo emocionante e desafiador”.

Elton John: concerto histórico "Live From Moscow" chega ao Brasil em formato digital

A bordo de um piano de cauda e do lendário Yamaha CP-80, Elton John imprime no palco soviético alguns de seus clássicos como Candle In The Wind, Bennie And The Jets e Skyline Pigeon.

Ouça:

ROCK

João Rock mantém mesmo lineup para a edição de setembro

Festival anuncia apenas uma mudança no Palco João Rock e inclui mais uma atração no palco Fortalecendo a Cena

Published

on

João Rock mantém mesmo lineup para a edição de setembro
Divulgação

O Festival João Rock, transferido para o dia 12 de setembro em Ribeirão Preto (SP), confirmou o lineup dos seus três palcos. No Palco João Rock, dos artistas anunciados, apenas Nando Reis não estará por conta de incompatibilidade de agenda.

Uma nova atração confirmada é o cantor e compositor Arnaldo Antunes, que pela primeira vez se apresenta no festival. O palco ainda recebe Nação Zumbi, CPM22 e convidados (Pitty, Paulo Miklos e Koala), Djonga, Humberto Gessinger, Natiruts, Titãs, Baiana System e Criolo, que formará um trio com Emicida e a cantora Céu.

João Rock mantém mesmo lineup para a edição de setembro

A homenagem ao Rio de Janeiro também está mantida e é tema do Palco Brasil com a presença de Gabriel, o Pensador, Cidade Negra, Marcelo Falcão, Barão Vermelho, Planet Hemp e Erasmo Carlos.

Já o Palco Fortalecendo a Cena ganhou mais uma atração: o rapper Coruja BC1. O espaço ainda traz o casal rapper Cynthia Luz e Froid, Poesia Acústica, Lagum, Matuê e MC Rashid, recebendo Drik Barbosa e Lellê.

Ingressos

As vendas continuam através do site joaorock.com.br para os setores Pista, Pista Premium, Camarote Colorado e Camarote João Rock.

Pista

R$ 130,00 estudante
R$ 140,00 Solidário*
R$ 260,00 inteira

Camarote JR

R$ 280,00 estudante
R$ 310,00 Solidário*
R$ 560,00 inteira

Pista Premium

R$ 320,00 estudante
R$ 340,00 Solidário*
R$ 640,00 inteira

Camarote Colorado

R$ 590,00 (preço único)

*ingresso solidário válido para doação de 1 kg de alimento não perecível – entregue no evento.

Os ingressos já vendidos para o Festival serão válidos para a nova data. No entanto, quem não puder comparecer no dia 22 de setembro e preferir o ressarcimento, a organização garantirá a devolução de 100% do valor do ingresso. A política de devolução será anunciada em breve pelos canais oficiais do evento.

Continue Reading

ROCK

Coronavírus: Elton John doa US$ 1 milhão para fundo emergencial de pacientes com AIDS

Published

on

Coronavírus: Elton John doa US$ 1 milhão para fundo emergencial de pacientes com AIDS
Divulgação

O cantor e compositor britânico Elton John doou US$ 1 milhão a um fundo emergencial do coronavírus para proteger pacientes com AIDS. O lendário músico de 73 anos disse que o valor sairia da Elton John AIDS Foundation (EJAF) e será disponibilizado para os necessitados nos próximos meses.

Coronavírus: Elton John doa US$ 1 milhão para fundo emergencial de pacientes com AIDS

Elton John explicou sobre a doação durante uma live com a cantora Miley Cyrus no programa Bright Minded: “Vou manter minhas armas com a (Elton John) AIDS Foundation e me certificar por causa dessa pandemia global que está acontecendo e pelas pessoas que sofrem de outra pandemia global, não serão esquecidos”, disse o cantor, se referindo à AIDS.

O hitmaker de Your Song aproveitou para falar sobre sua fundação: “Foi o que a minha fundação tentou fazer – ajudar os marginalizados, ajudar os pobres, ajudar as pessoas que não devem ser deixadas para trás. Esse é o meu foco principal nos próximos três meses – para garantir que essas pessoas, portadoras do HIV, tenham as condições de vida que demos a elas, não serão esquecidas”, concluiu.

Elton John também participou do iHeart Living Room Concert for America, que arrecadou mais de US$ 8 milhões para as instituições de caridade Feeding America e First Responders Children’s Foundation, para apoiar as causas relativas ao coronavírus.

Continue Reading

ROCK

Christopher Cross está com coronavírus

Premiado cantor e compositor, dono de sucessos como “Sailing”, Arthur’s Theme e Ride Like The Wind

Published

on

Christopher Cross está com coronavírus
Divulgação

O cantor e compositor norte-americano Christopher Cross, dono de clássicos como Sailing e Ride Like The Wind, foi diagnosticado com coronavírus. O músico de 68 anos e vencedor do Grammy Awards comunicou o fato aos seus fãs em seu página oficial no Facebook na última sexta-feira (3).

Christopher Cross está com coronavírus

“Caros amigos, lamento informar que estou entre o número crescente de americanos que testaram positivo para o COVID-19”, iniciou Christopher Cross na rede social. “Não tenho o hábito de discutir questões médicas nas mídias sociais, mas espero que isso ajude outras pessoas a entenderem o quão grave e contagiosa essa doença é. Embora eu tenha a sorte de ser cuidado em casa, esta é possivelmente a pior doença que já tive. Para aqueles que ainda não acreditam que o vírus COVID-19 seja real, ou pensam que é uma “farsa” ou parte de alguma conspiração, meu conselho é que você entenda agora que esta é uma doença mortal que se espalha como um incêndio por todos o país e pelo mundo”, escreveu o cantor.

E encerrou a mensagem: “Por último, mas não menos importante; onde quer que vocês estejam no mundo, sejam todos gentis uns com os outros. Somente se trabalharmos juntos, podemos derrotar o COVID-19”, concluiu.

Christopher Cross surgiu no mercado musical em 1979, quando seu álbum de estreia Christopher Cross, destacou os singles Ride Like the Wind, Never Be the Same e Sailing, que se tornaram clássicos e, com este disco, ele seria agraciado com cinco prêmios Grammy nas categorias Melhor Artista Revelação, Canção do Ano e Gravação do Ano, além de conseguir derrotar o Pink Floyd com The Wall na categoria Álbum do Ano.

Ele esteve no Brasil em 2016, sua primeira turnê em 20 anos no país.

Continue Reading

As Mais Lidas