Connect with us

Duas lendas da música internacional, Elton John e James Taylor encerraram a turnê conjunta desfilando seus clássicos para um Allianz Parque lotado com 45 mil pessoas em São Paulo.




Mesmo sem poder tocar violão por ter quebrado o dedo, o cantor e compositor norte-americano James Taylor abriu a noite com dois covers: Up On The Roof de Carole King e Everyday de Buddy Holly, um dos saudosos precursores do rock.

Daí em diante o bem-humorado músico de 69 anos seguiu seu repertório com dois clássicos da década de 1970: Country Road (1971) e Don’t Let Me Be Lonely Tonight (1972), para, então, relembrar a inesquecível noite na primeira edição do Rock In Rio em 1985 com a canção Only A Dream In Rio, que eu considero a maior homenagem musical de um artista internacional ao Brasil.

Neste momento do show era fácil encontrar muitas pessoas emocionadas na platéia e pais abraçados aos seus filhos, enquanto que no telão era projetada a letra da canção, em verde-e-amarelo, com a tradução. Taylor foi muito aplaudido quando cantava a estrofe “Quando a nossa mãe acordar / Andaremos ao sol / Quando a nossa mãe acordar / Cantará pelo sertão / Quando a nossa mãe acordar / Todos os filhos saberão / Todos os filhos saberão / E regozijarão”.

Não demorou muito para que James Taylor apresentasse outros grandes sucessos como Carolina On My Mind, Handy Man e Your Smiling Face para arrancar aplausos do público presente.

A platéia fez côro com o artista nas canções You’ve Got A Friend, Shower The People, Fire and Rain e Mexico. No final, quando James Taylor terminou com How Sweet It Is (To Be Loved By You) de Marvin Gaye, ele olhou para o lado esquerdo do palco, sinalizando a alguém da produção perguntando: “mais uma?” e encerrou sua apresentação em São Paulo com Shed A Little Light.

Elton John, fazendo jus à pontualidade britânica, entrou no palco do Allianz Parque as 22h vestido de um terno cintilante com a sempre eletrizante The Bitch Is Back. Apesar de ser mais um show que faz parte da turnê Wonderful Crazy Night, nome de seu mais recente trabalho de estúdio, apenas o single Looking Up entrou no repertório desta noite.

Aplaudido a todo instante, Elton John empolgou seus fãs na arena palmeirense com os grandes sucessos que norteiam sua carreira há várias décadas como I Guess That’s Why They Call It The Blues, Daniel, Someone Saved My Life Tonighte Rocket Man.

As primeiras gotas começavam a cair quando Elton John iniciou os primeiros acordes de Philadelphia Freedom, a sexta canção do repertório. Em poucos instantes o que se via era a arena dominada por uma chuva torrencial e insistente que perdurou até o final do show. No entanto, isso não foi capaz de tirar o entusiasmo dos fãs que seguiram cantando com o músico nos clássicos Tiny Dancer e Goodbye Yellow Brick Road, até uma das mais esperadas canções do cantor britânico: Your Song.

Skyline Pigeon, Don’t Let The Sun Go Down On Me, I’m Still Standing e Candle In The Wind brindaram a parte final da última apresentação desta turnê de Elton John no Brasil para um público mesclado entre jovens e adultos, o que deixa sempre claro que as grandes lendas da música criaram composições atemporais e mostram cada vez mais que seu apelo musical não tem data de vencimento.

Vida a longa a Elton John e James Taylor

Confira o repertório dos artistas:

Elton John
Wonderful Crazy Night Tour

The Bitch Is Back
Bennie and the Jets
I Guess That’s Why They Call It the Blues
Daniel
Someone Saved My Life Tonight
Philadelphia Freedom
(Elton John Band song)
Rocket Man (I Think It’s Going to Be a Long, Long Time)
Tiny Dancer
Levon
Goodbye Yellow Brick Road
Your Song
Burn Down the Mission
Sad Songs (Say So Much)
Skyline Pigeon
Don’t Let the Sun Go Down on Me
Looking Up
I’m Still Standing
Your Sister Can’t Twist (But She Can Rock ‘n Roll)
Saturday Night’s Alright for Fighting

BIS:

Candle in the Wind
Crocodile Rock

James Taylor
2017 World Tour

Up on the Roof
(cover de Carole King)
Everyday
(cover de Buddy Holly)
Walking Man
Today Today Today
Country Road
Don’t Let Me Be Lonely Tonight
Only a Dream in Rio
Carolina in My Mind
First of May
Handy Man
(cover de Jimmy Jones)
Your Smiling Face
You’ve Got a Friend
(cover de Carole King)
Shower the People
Fire and Rain
Steamroller
Mexico
How Sweet It Is (To Be Loved by You)

É jornalista e pesquisador musical. Cobre shows nacionais e internacionais e já entrevistou bastante gente interessante do Brasil e do mundo. Foi vencedor do Prêmio TopBlog Brasil em 2010 na categoria "Música"e foi membro do Grammy Latino.

Coberturas

Bryan Adams faz show impecável e empolga fãs em São Paulo

O célebre cantor canadense de 59 anos esbanjou vitalidade e cantou grandes sucessos de sua carreira

Published

on

Bryan Adams faz show impecável e empolga fãs em São Paulo
Stephan Solo

O tempo não passou para Bryan Adams. O célebre cantor e compositor canadense realizou um show impecável em São Paulo na noite desta sexta-feira (18) para um Allianz Parque Hall lotado, que vibrou a todo instante com os grandes sucessos do artista e as novas músicas que compõe o seu novo álbum Shine A Light e que batiza o nome de sua atual turnê.

Bryan Adams faz show impecável e empolga fãs em São Paulo

Adams, hoje com 59 anos, sendo quase 45 deles dedicado à música, subiu ao palco da arena palmeirense com a mesma energia de seus primeiros anos no mainstream com The Last Night On Earth, faixa de seu novo trabalho e que é apresentada pela primeira vez ao vivo. Mas o cantor não esperou muito para rever seus grandes sucessos e imprimiu uma série de hits com Somebody, Can´T Stop This Thing We Started e Run To You. A recepção calorosa do público brasileiro foi tão contagiante que era notável a satisfação de Bryan Adams no palco: “Estamos muito felizes de estarmos em São Paulo”.

Então vieram os primeiros acordes para o clássico Heaven do multi-platinado Reckless de 1985. O cantor abriu espaço para que a plateia presente iniciasse a canção – um espetáculo a parte – com os fãs coreografando movimentos com os braços de posse de seus celulares com as luzes acessas. Criou-se um cenário visual personificando uma constelação na arena, não bastasse o romantismo que a canção, por natureza, sugeria.

Bryan Adams colocou todo mundo para dançar em You Belong To Me, avisando a todos que haviam duas câmeras que iriam captar os fãs mais engajados com o ato. Logo, o enorme telão situado atrás da banda passou a mostrar algumas pessoas nas dependências da arena se divertindo. O cantor aprovou: “Parabéns aos bons dançarinos!”. Aplausos e risos em seguida.

Bryan Adams faz show impecável e empolga fãs em São Paulo

O show, que contou com 2 horas de duração, teve outros grandes sucessos como Back To You, 18 til I Die e Summer of ´69, além de outras pérolas românticas como (Everything I Do) I Do It For You (sucesso composto por Adams, Robert John “Mutt” Lange e o saudoso Michael Kamen em 1991) e Please Forgive Me.

Também teve espaço para I Fought The Law dos Crickets, mas o romantismo sempre foi uma tônica na carreira de Bryan Adams, que encerrou sua apresentação em São Paulo com Straight From The Heart e All For Love, deixando claro que a sua última frase da noite é uma afirmação de que ele não esquecerá dessa noite tão cedo: “Vocês são maravilhosos”.

Confira o setlist do show de Bryan Adams em São Paulo:

The Last Night on Earth (primeira vez ao vivo)
Somebody
Can’t Stop This Thing We Started
Run to You
Shine a Light
Heaven
Go Down Rockin’
It’s Only Love
Cloud #9
You Belong to Me
Have You Ever Really Loved a Woman?
Here I Am (acústico)
When You’re Gone (acústico)
(Everything I Do) I Do It for You
Back to You
The Only Thing That Looks Good on Me Is You
Cuts Like a Knife
18 til I Die
Please Forgive Me
Summer of ’69

Encore:

I Could Get Used to This
I Fought the Law (cover da banda The Crickets)
Straight From the Heart (acústico)
Shine a Light (acústico)
All for Love

previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

Continue Reading

Coberturas

Ludmilla realiza seu primeiro show nos EUA

Published

on

Ludmilla realiza seu primeiro show nos EUA
Renata Meirelles

Em sua segunda turnê pelos Estados Unidos, a cantora Ludmilla fez seu primeiro show nesta quinta-feira (10) no The Palace, na cidade de Orlando. No palco, a artista interpretou sucessos da carreira e os seus novos hits.

Ludmilla realiza seu primeiro show nos EUA

As próximas apresentações acontecem no 11, no Fort Lauderdale (Xtreme Action Park), no dia 12 em Newark (Estacionamento da Lit21) e no dia 13 na cidade de Boston (Ocean Side).

Recentemente, Ludmilla cantou, pela primeira vez, para uma multidão no Rock In Rio, um dos principais festival de música no mundo, ao lado da Orquestra Funk. O show terminou com a cantora sendo aclamada pelo público.

Confira as fotos da apresentação de Ludmilla nos EUA:

Ludmilla se apresenta nos EUA - Renata Meirelles
Ludmilla realiza seu primeiro show nos EUA - Renata Meirelles
Ludmilla realiza seu primeiro show nos EUA - Renata Meirelles
Ludmilla realiza seu primeiro show nos EUA - Renata Meirelles
previous arrownext arrow
Slider

Continue Reading

Coberturas

Erikka transforma palco em bar e dá show em gravação de DVD

Published

on

Erikka transforma palco em bar e dá show em gravação de DVD
Divulgação

Nessa terça-feira (1) a cantora e compositora Erikka gravou o primeiro DVD da carreira, Show Bar. Com uma grandiosa estrutura montada no Hangar Studios em São Paulo, a ruiva deu início a uma importante fase da carreira e marca sua retomada ao mercado musical após a explosão nacional do hit Cara de Rica.

Sob direção de Tiago Silva, da TS Music, a cantora apresentou um show dançante e com coreografias especiais. No cenário, os telões de LED reproduziram um bar todo iluminado e o centro do palco vazado permitia que a ruiva e seu balé transitassem de uma passarela a outra e dançassem no balcão, em que dois barmans preparavam drinques.

“Por eu ter feito musicais já, eu trouxe um pouco dessa experiência para o palco nesta gravação de DVD”, conta Erikka.

Erikka transforma palco em bar e dá show em gravação de DVD

Com cinco trocas de roupa, sob styling de Jessica Arnhold, a cantora esbanjou estilo em figurinos mais conceituais deixando em evidência o belo corpo em bodies e shorts curtos. Em um deles surgiu belíssima com um body branco com pedrarias, vestindo também uma capa e chapéu para cantar Engenheira, uma das músicas românticas que leva sua assinatura.

Sob os cuidados da Kay Entretenimento, dos empresários Violeta Kay e Alexandre Muniz, a cantora e compositora inaugura com uma fase bem mais sertaneja que vem já desde Cara de Rica, mas que, com a produção musical de Neto Schaefer, fica mais evidente.

No repertório, oito músicas com temáticas de relacionamento, seja românticos, casuais ou de término. São elas: Sentimento Cadê Você, Alma Gêmea de Cachaça, Referência, Engenheira, Não Presta, Não Presto, Zero Defeitos, Te Beijo Sem Dó e Iludida Diferente.

O lançamento de Show Bar está previsto ainda para este mês de outubro.

Continue Reading

As Mais Lidas