Elton John

Elton John expande contrato com a Universal Music até o final de sua carreira

By  | 

O lendário cantor, compositor e pianista britânico Sir Elton John celebrou no dia 21 de setembro a expansão de seu contrato com a Universal Music Group até o final de sua carreira. A nova assinatura com a major incluirá uma parceria global de negócios que contará com os direitos de publicação de seu catálogo de composição a ser administrado pela Universal Music Publishing, gerenciamento de marca e produtos pela Bravado, braço de marketing da Universal, além da turnê de despedida do artista Farewell Yellow Brick Road.




“Na UMG, temos parceiros perfeitos para apoiar todos os aspectos de meus esforços criativos”, disse Elton John em comunicado oficial da gravadora. “Lucian, Jody, David e a família UMG compartilham os valores que prezamos – nutrir o talento artístico, a criatividade inquietante e a inovação. Tenho orgulho e prazer em tê-los ao meu lado enquanto embarco na próxima fase da minha carreira”, disse.

Para garantir o suporte de marketing e promoções da imagem de Elton John, a Universal Music contará com David Furnish, parceiro de Elton e CEO da Rocket Entertainment. Furnish atuará nos lançamentos previstos no catálogo do artista como os álbuns e singles, principalmente com vistas ao streaming e a presença do artista nas plataformas de mídias sociais.

“Durante o tempo em que sou CEO da Rocket, nosso relacionamento com a Universal se fortaleceu”, disse Furnish. “Sir Lucian Grainge, Jody Gerson, David Joseph e a visão de suas equipes para trazer Elton para a era digital / streaming e tornar seu catálogo relevante para uma geração mais jovem está em perfeita sintonia com tudo o que nos esforçamos para fazer todos os dias na Rocket“, concluiu.

Elton John é um dos artistas mais bem sucedidos do século XX em 50 anos de carreira, com 38 discos de ouro, 31 de platina e multi-platina, mais de 50 sucessos no TOP 40 e vendeu mais de 300 milhões de discos em todo o mundo. Ele detém o recorde do single mais vendido de todos os tempos, a versão de Candle In The Wind, original de 1973, revisitada em 1997 em homenagem à Princesa Diana (1961-1997).

Até hoje, ele se já realizou mais de 4 mil apresentações em mais de 80 países desde o lançamento de sua primeira turnê em 1970. Sua primeira apresentação no Brasil aconteceu no dia 24 de novembro de 1995 no Estádio Ícaro de Castro Mello em São Paulo como parte da Made In England Tour.

É jornalista e pesquisador musical. Cobre shows nacionais e internacionais e já entrevistou bastante gente interessante do Brasil e do mundo. Foi vencedor do Prêmio TopBlog Brasil em 2010 na categoria "Música"e foi membro do Grammy Latino.