Clau

Entrevista com a cantora Clau: “Meus fãs me motivam a fazer um trabalho cada vez maior”

By  | 

A cantora Clau lançou recentemente o seu mais novo single Se Sentir com a colaboração do rapper Luccas Carlos. Eles, são os novos expoentes de gêneros como o R&B e a Soul Music no Brasil e ambos têm conquistado cada vez mais fãs pelos seus trabalhos.




Em uma entrevista exclusiva ao The Music Journal Brazil, Clau fala sobre a inspiração da música Se Sentir que nasceu como uma experiência que teve com um ex-namorado, de sua relação de amizade e parceria com a cantora Anitta e sua visão de um novo mercado para o seu gênero o qual ela analisa que “as pessoas estão gostando e tem se tornado cada vez mais popular”.

Confira:

Marcelo de Assis: Clau, você o rapper Luccas Carlos são novos nomes que transitam pelo gênero R&B no país e eu gostaria de saber qual foi a inspiração para lançar o single de Me Sentir com ele?

Clau: A música surgiu há muito tempo e já estava gravada há muitos anos e eu já pensava nela com uma participação masculina por ser muito romântica, daí surgiram várias pessoas na minha cabeça e acabei escolhendo o Luccas Carlos, que ja era um artista que eu admirava muito, gostava das músicas dele e era da gravadora também. Então estava tudo “em casa” e surgiu essa oportunidade de gravar com ele e foi melhor do qualquer outra opção! Ficou linda a música e eu imaginava ela com essa vibe mesmo, com essa pegada R&B que você mencionou e é um dueto mesmo, porque os dois cantam bastante como se fosse um para o outro.

Marcelo de Assis: Assistindo o clipe, onde você e o Luccas aparecem cada um em seu momento, fica aquela impressão de que vocês não vão se encontrar e isso particularmente me remete a dois grandes nomes do R&B como o Michael McDonald e a Patti La Belle quando gravaram o single e vídeo de On My Own em 1986 onde a temática era a mesma, com a tela dividida…

Clau: Sim, pegamos algumas referências assim e a ideia era justamente essa, de fugir daquela coisa de fazer o clipe com o casal junto…. Tem um momento no clipe que parece que iremos nos encontrar mas alguém me chama ou alguma coisa acontece e acabamos nos distanciando e nunca nos encontramos. Daí no final, quando todo mundo pensa que iremos nos encontrar, ficarmos juntos, é o momento em que eu falo na música “certas coisas não tem explicação” e aí rola, novamente, o desencontro!

 

 

“A Anitta participa de tudo, desde matérias, músicas a serem lançadas, eventos, enfim, ela está conectada com tudo. E temos uma relação muito boa no profissional quanto no pessoal. Somos amigas e posso contar com ela em tudo”

 

 

 

Marcelo de Assis: Essa letra, você escreveu com alguma parceria ou é só sua?

Clau: A letra é minha e a parte do Luccas foi ele quem escreveu.

Marcelo de Assis: Ela tem algo de biográfico? É uma verdade?

Clau: É uma verdade! É uma daquelas músicas que é uma história real, porque escrevi ela para um namorado que eu tinha na época e foi pra ele essa música. Eu gravei, mandei para ele, com um recado bem direto mesmo!

Marcelo de Assis: Um recado bem sofisticado, não?….

Clau: É… (risos) Bem sofisticado, digamos assim… (risos).

Marcelo de Assis: Hoje, com a sua entrada no mainstream e sendo expoente de gêneros musicais que até algum tempo atrás não eram tão explorados, como o Urban, R&B e Soul Music havia a impressão de um espaço a ser preenchido no mercado. Como você avalia a evolução desses gêneros no Brasil?

Clau: Eu sempre quis fazer esse tipo de música, porque eu comecei a dançar em grupos de street dance e hip-hop e, mas cantando, eu gostava de criar muitas melodias, de cantar músicas românticas, então, é uma conexão entre o rap, do pop e buscando elementos do R&B, da Soul … mas fazendo várias músicas para o pop, que, de fato, é o meu gênero! Eu acho essencial esse tipo de música no Brasil. O Luccas é um artista que faz isso muito bem, que está envolvido no cenário do Rap, mas ele gosta muito de representar o R&B … então, estamos caminhando muito bem para esse lado. Tem vários artistas que estão trazendo esse gênero e está se tornando mais popular, porque as pessoas estão gostando.

 

 

“Os meus fãs recebem esse sucesso como se fossem deles. São parceiros, pessoas que eu sei que estarão comigo e que me motivam a fazer um trabalho cada vez maior.”

 

 

 

Marcelo de Assis: Você faz parte do escritório da Anitta, assim como o cantor Micael. Você conversa com ela? Existe um estreitamento entre vocês neste sentido?

Clau: Sim, muito! Ela trabalha no empresariamento da minha carreira, então tudo nós conversamos, tudo decidimos juntas. E eu tenho outro escritório com mais dois empresários e a Universal Music. Então são essas três empresas que, comigo, decidimos tudo. Então, a Anitta participa de tudo, desde matérias, músicas a serem lançadas, eventos, enfim, ela está conectada com tudo. E temos uma relação muito boa no profissional quanto no pessoal. Somos amigas e posso contar com ela em tudo, além de acompanhar ela, a sua carreira, como as coisas funcionam, aproveitando toda essa vivência que ela tem para me passar.

Marcelo de Assis: Então é natural que eu te pergunte se vai rolar um single colaborativo entre as duas ….

Clau: Sim, será lançado. Já está gravada a música. Só não temos uma data para ser lançada.

Marcelo de Assis: Será em 2018 com certeza …

Clau: Sim!

Marcelo de Assis: E shows? Como você está se planejando para isso?

Clau: Estou ainda estou preparando meu show que contará com dança, banda, então estou ensaiando por enquanto, mas ja estive em algumas participações, pockets, mas show completo já temos algumas datas. Anunciaremos em breve as datas e cidades.

Marcelo de Assis: Você está concorrendo ao MTV MIAW 2018. Como você recebeu a notícia de sua indicação?

Clau: Nossa, eu fiquei muito feliz, porque sou indicada na categoria Presta Atenção. E foi muito especial quando vi meu clipe Menina de Ouro passando na MTV porque ele passava no intervalo. Quando eu menos esperava, aparecia meu clipe passando na TV e foi a minha primeira experiência de ver o meu trabalho em um grande canal. Então, concorrer agora me deixa muito feliz. É minha primeira indicação a um prêmio.

Marcelo de Assis: O que mudou na sua vida depois de ser descoberta no mundo musical, Clau?

Clau: Acho que eu tive um amadurecimento, porque eu cantava por diversão, por brincadeira e quando tudo isso aconteceu eu comecei a encarar a minha música como uma profissão mesmo, com seriedade, organização, ter planejamento, métodos, objetivos, então, tudo isso se torna uma coisa muito mais grandiosa e muito mais seria. E o que mais mudou foi o meu amadurecimento, esse foco que agora eu tenho junto com esse envolvimento e a conexão com a minha arte e a minha carreira.

Marcelo de Assis: Como é a sua recepção com os seus fãs e como você recebe isso?

Clau: Nossa, fico muito emocionada, muito feliz. Eu sempre falo com eles. E agora com a indicação no MTV MIAW eles ficaram felizes, postando a todo o momento. Eu acho muito legal, porque são pessoas que me acompanham desde o meu inicio quando comecei a gravar videos para o YouTube e eu nem imaginava que seria uma cantora profissional e já gostavam de mim, me apoiavam. E agora eles recebem esse sucesso como se fossem deles. São parceiros, pessoas que eu sei que estarão comigo e que me motivam a fazer um trabalho cada vez maior.

É jornalista e pesquisador musical. Cobre shows nacionais e internacionais e já entrevistou bastante gente interessante do Brasil e do mundo. Foi vencedor do Prêmio TopBlog Brasil em 2010 na categoria "Música"e foi membro do Grammy Latino.