Connect with us
Facebook e Instagram expandem recursos de música na América Latina Facebook e Instagram expandem recursos de música na América Latina

MERCADO

Facebook e Instagram expandem recursos de música na América Latina

Divulgação

Published

on

A rede social Facebook anunciou a chegada de adesivos de músicas, letras e Lip Sync Live, além de adicionar músicas aos perfis da plataforma. Esses recursos estão disponíveis a partir desta semana para usuários do Chile, Colômbia, Peru, Equador, Bolívia, Venezuela, Guatemala, Uruguai, Paraguai, Honduras, Costa Rica, El Salvador, República Dominicana, Panamá e Nicarágua. As informações são da Digital Music News.

O Facebook fez parceria com gravadoras locais e editoras de música na América Latina para o lançamento. Assim, as músicas poderão ser compartilhadas através de Stories de artistas nacionais e internacionais.

O Lip Sync Live permite que os usuários façam uploads de suas interpretações de uma música popular na rede social. Eles poderão se expressar com uma grande variedade de gêneros musicais, enquanto os amigos poderão assistir a essas apresentações em tempo real enquanto acompanham as letras.

Além disso, as publicações no Facebook terão a opção de selecionar a sincronização labial. Selecionando a opção, os usuários poderão escolher uma música e adicionar uma descrição à sua apresentação. Quem assistir a performance, conseguirá ver o nome do artista e da música.

Os usuários do Facebook nos países citados acima da América Latina poderão atualizar seu perfil na rede com suas músicas e bandas favoritas. Isso permitirá que um usuário possa inserir uma música de sua preferência no seu perfil.

É jornalista e pesquisador musical. Cobre shows nacionais e internacionais e já entrevistou bastante gente interessante do Brasil e do mundo. Foi vencedor do Prêmio TopBlog Brasil em 2010 na categoria "Música"e foi membro do Grammy Latino.

MERCADO

Pagamentos de royalties por demanda digital superam US$ 10 bilhões

Os valores foram dirigidos para criadores de música, cinema, TV, literatura e artes visuais

Published

on

Pagamentos de royalties por demanda digital superam US$ 10 bilhões
Divulgação

Os pagamentos de royalties para criadores de música, cinema, TV, literatura e artes visuais bateram recordes em 2018, superando a marca de US$ 10,6 bilhões em todo o planeta graças a um aumento nas receitas das plataformas online. As informações são do The Hollywood Reporter com base em relatórios publicados na última semana pelo CISAC (Confederação internacional das Sociedades de Autores e Compositores).

Pagamentos de royalties por demanda digital superam US$ 10 bilhões

Os relatórios reportam que, enquanto o valor dos royalties globais coletados pelas sociedades de autores de todo o mundo apresentou um tímido aumento de 1%, os royalties de fontes digitais como Spotify e Netflix aumentaram 29%, ou seja, US$ 1,81 bilhão.

Se em 2014, a receita digital dos criadores era de 7,5%, hoje esse número quase triplicou, pois representa 17%.

Com as várias mudanças ocorridas nas leis de proteção e remuneração aos artistas e compositores musicais, os royalties da música são a maior parte da receita geral global, totalizando cerca de US$ 9,4 bilhões.

“A indústria do audiovisual poderia aprender muito com a indústria da música e pressionar coletivamente por melhores leis”, disse Gadi Oron, diretor-geral da CISAC. “É o que estamos fazendo e vimos sucesso, por exemplo, em novas leis que protegem os direitos dos artistas no Chile e na Colômbia”, afirmou.

Continue Reading

MERCADO

Tove Lo: produtos oficiais são comercializados antes de seus shows no Brasil

Umusic Store, plataforma de e-commerce da Universal Music, disponibiliza o novo álbum “Sunshine Kitty”, bem como os discos “Queen of The Clouds” e “Lady Wood”

Published

on

Tove Lo: produtos oficiais são comercializados antes de seus shows no Brasil
Divulgação

Os fãs ainda podem se preparar para os shows da sueca Tove Lo, que acontecem no Brasil esta semana – dia 15, no Popload Festival, em São Paulo, e dia 17, na Sacadura 154, no Rio de Janeiro – com as camisetas oficiais da cantora, que acabaram de ficar disponíveis na UMusic Store, a plataforma de e-commerce da Universal Music.

Tove Lo: produtos oficiais são comercializados antes de seus shows no Brasil

Três modelos de camisetas já estavam à venda no site da artista (Still High, Gritty Pretty e Icon Chaos) e outras três estampas foram criadas, em parceria com a própria Tove Lo, especialmente para os fãs brasileiros! São elas: Respeita as Mina – uma releitura da logo da Tove, originalmente feminista, mas que traz agora um quê de Brasil; Are U gonna tell her, uma homenagem à parceria da artista com o músico brasileiro MC Zaac; e uma releitura da estampa Still High, um presente para os fãs do Brasil.

As novas estampas brasileiras estão em pré-venda no site: https://www.umusicstore.com/LandingPages/ToveLoLandingPage

Continue Reading

MERCADO

Spotify: importância do podcast será a mesma quanto “streaming para a Netflix”, diz executivo

Published

on

Spotify: importância do podcast será a mesma quanto "streaming para a Netflix", diz executivo
Divulgação

O executivo Barry McCarthy, CFO do Spotify, disse em entrevista à CNBC nesta segunda-feira (11), que o serviço de podcast será tão importante para a plataforma digital como é o streaming para a Netflix.

Questionado sobre a importância dos podcasts atualmente, McCarthy disse: “Eu costumava receber essa pergunta sobre streaming. É uma proposta de valor diferente e uma ocasião de uso diferente, mas as pessoas ouvem muita música, muito rádio”, disse.

Spotify: importância do podcast será a mesma quanto "streaming para a Netflix", diz executivo

A publicação relata que, embora o Spotify tenha conquistado destaque como plataforma de streaming de música, o negócio se expandiu significativamente para o podcasting, oferecendo conteúdo original exclusivamente para seus usuários, além de construir uma grande biblioteca de terceiros.

Como divulgamos em setembro, as receitas com publicidade devem alcançar US$ 1 bilhão até 2022, tamanho é o otimismo do crescimento deste formato.

No inicio de 2019, o Spotify adquiriu as empresas Gimlet Media e Anchor, ambas especializadas em podcasting. As aquisições resultaram em um investimento que deve ficar entre US$ 400 eUS$ 500 milhões.

“Agora é um serviço de áudio”, explicou Barry McCarthy à CNBC. “Você consumirá sob demanda transmitido em sua casa, em seu carro, em seu escritório, quando estiver viajando, e há muito disso”, concluiu.

Continue Reading

As Mais Lidas