in

Foo Fighters admitem interferência de “fantasmas” na gravação do novo álbum

Dave Grohl, frontman do Foo Fighters admitiu em uma entrevista com a revista MOJO que “fantasmas” estiveram presentes durante a gravação do novo álbum da banda.

“A acústica lá dentro era ótima, mas logo coisas estranhas começaram a acontecer”, relata Grohl. “Nós íamos embora e, quando voltávamos no dia seguinte, os instrumentos estavam todos desafinados. Nós arrumávamos todos os marcadores da mesa de som da forma como queríamos, e quando voltávamos eles estavam todos no zero”.

Foo Fighters admitem interferência de "fantasmas" na gravação do novo álbum

O vocalista também relatou que os instrumentos no estúdio, como microfones e aparelhos de a gravação se ligavam à noite. Contudo, não identificavam presença de pessoas: “Não ouvimos vozes nem gente tocando os instrumentos, mas havia algo estranho ali”, disse.

Dave Grohl também chegou a dizer que instalaram um câmera escondida no estúdio, para ver se o aparelho conseguia captar algo: “No começo, não víamos nada. Então, quando estávamos começando a acreditar que éramos loucos ou paranoicos, as coisas começaram a aparecer”, concluiu.

Matéria produzida por Redação

Oasis: biografia "Some Might Say" chega em abril

Oasis: biografia “Some Might Say” chega em abril

Coronavírus: Marcos e Belutti realizam show virtual em quarentena

Coronavírus: Marcos e Belutti realizam show virtual em quarentena