Connect with us
Freddie Mercury: "Love Me Like There´s No Tomorrow", comemora aniversário do cantor Freddie Mercury: "Love Me Like There´s No Tomorrow", comemora aniversário do cantor

ROCK

Freddie Mercury: “Love Me Like There´s No Tomorrow”, comemora aniversário do cantor

Peter Röshler

Published

on

Para comemorar o 73º aniversário de Freddie Mercury e o trabalho do Mercury Phoenix Trust (MPT), a Universal Music Group (UMG), acaba de lançar um novo vídeo, dirigido por Esteban Bravo e Beth David, para a música de Mercury, Love Me Like There’s No Tomorrow, com animação em Woodblock.

Dave Rocco, Vice-Presidente Executivo de Criação da UMG, disse ao fazer este anúncio: “Das muitas responsabilidades que temos para com nossos artistas, proteger seus legados é talvez o mais importante. Abrangente e radical como o de Freddie Mercury, é nosso dever garantir que ele continue a provocar, educar e inspirar”, disse.

E complementou: “Ao falar com Jim Beach sobre ‘Love Me Like There’s No Tomorrow,’ sabíamos que essa peça deveria ser feita à imagem de Freddie: honesta, corajosa e, acima de tudo, bonita. Queríamos contar uma estória não de dois homens, mas de uma conexão e do poder inefável que o amor tem para vencer e conquistar a incompreensão e o medo. É um reflexo do fio que percorre toda a obra de Freddie. Foi o que fez ele “nunca ser entediante” e parte do motivo de sua mágica continuar viva. Beth e Esteban compartilham esses traços extraordinários, mas o mais importante é que eles amam, respeitam e entendem Freddie. Eles são contadores de estórias incrivelmente talentosos e emotivos que representam e fazem parte da comunidade LGBTQ+. Não poderíamos estar mais agradecidos pelo seu impressionante trabalho”, conclui o executivo.

previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

Os diretores Esteban Bravo e Beth David disseram sobre o curta-metragem: “Queríamos contar uma história que fosse relevante para a vida de Freddie, mas não explicitamente sobre ele. A crise da AIDS na década de 1980 é uma grande parte da história LGBTQ+, e algo que sabíamos que precisava ser tratado com cuidado. É uma linha tênue caminhar entre esclarecer um assunto e perpetuar um estigma. E fomos cautelosos em não nos apoiarmos em imagens e estereótipos que poderiam prejudicar a compreensão atual do vírus da AIDS, em vez de ajudá-lo. Ao pesquisar o vírus HIV/AIDS e a maneira como ele afeta o sistema imunológico do corpo, fomos inspirados a dar uma olhada na história através de uma lente mais microscópica. É uma história de amor entre dois glóbulos brancos, um dos quais foi infectado pelo vírus. Essa perspectiva nos deu uma representação visual mais direta do conflito, o que nos permitiu explorar as lutas mais sutis que os personagens enfrentam em seu relacionamento um com o outro, suas percepções de si mesmos e a percepção, preconceito e negligência da sociedade.”

“A comunidade LGBT + lutou por anos pelo direito à pesquisa adequada e assistência médica e, por causa dessa luta, milhões de vidas foram salvas. Queríamos celebrar essa vitória. Através da perseverança, força e amor, nossos personagens não apenas sobrevivem, mas também vivem vidas saudáveis e longas”, contam os diretores.

Love Me Like There’s No Tomorrow foi tirada de Never Boring, a coleção solo definitiva de Freddie Mercury, que será lançada mundialmente dia 11 de outubro de 2019 pela Universal Music Group, a Hollywood Records e a Mercury Records.

Confira:

É jornalista e pesquisador musical. Cobre shows nacionais e internacionais e já entrevistou bastante gente interessante do Brasil e do mundo. Foi vencedor do Prêmio TopBlog Brasil em 2010 na categoria "Música"e foi membro do Grammy Latino.

ROCK

The Black Crowes anuncia retorno e turnê de 30 anos do álbum de estreia

Published

on

The Black Crowes anuncia retorno e turnê de 30 anos do álbum de estreia
Divulgação

A banda The Black Crowes está de volta e anunciou que entrará em turnê para comemorar os 30 anos de seu álbum de estreia Shake Your Money Maker. Os irmãos Chris e Rich Robinson prometem que os shows serão “puros”.

“Eu acho que isso é puro. Entramos em muitas coisas. Não há interferência”, disse Chris Robinson à Rolling Stone. “Não há coisas estranhas. Este é o Black Crowes, mais puro que as pessoas (ouviram) pela primeira vez… Espero que nos reconectemos a algumas pessoas que se perderam conosco por causa de todas as outras coisas que estávamos fazendo”, disse.

The Black Crowes anuncia retorno e turnê de 30 anos do álbum de estreia

O Black Crowes lançaram cinco álbuns antes de entrarem em hiato em 1999. Eles se reuniram para vários shows três anos depois e na sequência produziram o álbum Warpaint em 2008.

Eles começam uma série de 46 shows nos EUA no dia 17 de junho de 2020 em Austin até finalizar no dia 19 de setembro em Los Angeles.

Um dos grandes momentos da carreira da banda foi o megahit Remedy de 1992.

Continue Reading

ROCK

U2 homenageia amigo durante show da “The Joshua Tree Tour” na Nova Zelândia

A lendária banda irlandesa relembrou Greg Carroll com a canção “One Tree Hill”, feita em sua homenagem para o álbum de 1987

Published

on

U2 homenageia amigo durante show da "The Joshua Tree Tour" na Nova Zelândia
Divulgação

Com o seu primeiro show da The Joshua Tree Tour de 2019 no Mount Smart Stadium em Auckland na Nova Zelândia na última sexta-feira (8), o U2 fez uma grande homenagem ao amigo Greg Carroll durante a execução do single One Tree Hill. Esta foi a primeira apresentação de Bono, The Edge, Adam Clayton e Larry Mullen Jr. desde a sequência de shows em comemoração aos 30 anos do clássico álbum de 1987 que finalizaram em outubro de 2017.

U2 homenageia amigo durante show da "The Joshua Tree Tour" na Nova Zelândia

Bono conheceu o jovem Greg Carroll durante um show do U2 em 1984 e ele acabou por ser integrado á equipe da banda. No Live Aid, Carroll estava supervisionando os cabos do microfone de Bono para que eles não enrolassem enquanto o líder da banda irlandesa se envolvia com os fãs na plateia.

“Nós meio que o adotamos, ou talvez fosse o contrário”, disse Bono durante a apresentação em Auckland na última sexta-feira (8). “Mas ficamos muito gratos por sua companhia nesses momentos preciosos juntos. Ele foi tirado de nós muito cedo, mas de certa forma, ele ainda está muito presente. Então, isso é para Greg Carroll”.

O show, que contou com clássicos como Sunday Bloody Sunday, New Year´s Day, Bad e Pride, apresentou a homenagem da banda à Carroll em One Tree Hill.

Greg Carroll faleceu em 3 de junho de 1986 em decorrência de um acidente de moto.

Confira:

Continue Reading

ROCK

Paul McCartney homenageia o fotógrafo Robert Freeman em texto

Freeman morreu aos 82 anos e assinou algumas das capas de álbuns mais famosas dos Beatles

Published

on

Paul McCartney homenageia o fotógrafo Robert Freeman em texto
Divulgação

Sir Paul McCartney homenageou o icônico fotógrafo Robert Freeman em um texto de seu blog. Freeman faleceu aos 82 anos e foi responsável por algumas das capas mais famosas dos Beatles.

Paul McCartney homenageia o fotógrafo Robert Freeman em texto

“O querido Robert Freeman faleceu. Ele foi um dos nossos fotógrafos favoritos durante os anos dos Beatles com quem criou algumas de nossas capas de álbuns mais icônicas. Além de ser um ótimo profissional, ele era imaginativo e um verdadeiro pensador original”, escreveu McCartney.

Robert Freeman foi responsável pelas fotos das capas de Meet The Beatles e Rubber Soul.

Sobre Meet The Beatles, Paul McCartney revelou o processo criativo do saudoso fotógrafo: “As pessoas costumam pensar que a foto da capa de Meet The Beatles em meia-sombra foi uma foto de estúdio cuidadosamente desenvolvida. De fato, foi feita rapidamente por Robert no corredor de um hotel em que estávamos, de onde vinha a luz natural com janelas no final do corredor. Acho que não demorou mais que meia hora para realizar”, relatou.

E finalizou: “Sentirei falta desse homem maravilhoso, mas sempre vou apreciar as boas lembranças que tenho dele. Obrigado Bob!”.

Continue Reading

As Mais Lidas