Negócios

Gibson: empresa consegue linha de crédito para continuar operando, diz site

By  | 

De acordo com a Digital Music News, a Gibson, uma das mais emblemáticas empresas de guitarras, equipamentos de áudio e outros instrumentos de cordas conseguiu um empréstimo de US$ 135 milhões para continuar operando por alguns meses ou até mesmo em 2019.




No mês passado, a empresa entrou com um pedido de concordata contra vários credores. No entanto, de acordo com a publicação, a Gibson concordou em liquidar seus negócios de consumo de eletrônicos e focar apenas nas vendas de instrumentos musicais, além de iniciar um processo de finalizar investimentos em ativos e obrigações classificadas como não essenciais, o que incluiria um longo contrato com o prédio da Tower Records em Hollywood.

Agora com esse novo pacote de financiamento, surge uma oportunidade da empresa iniciar um processo de reestruturação por tempo indeterminado.

O jornal Nashville Post reportou em fevereiro que a dívida total da empresa era de US$ 375 milhões.

A Gibson, a qual lendas do rock como Eric Clapton, Jimmy Page e Keith Richards já usaram suas guitarras, foi fundada em 1902 no Michigan por Orville Gibson.

É jornalista e pesquisador musical. Cobre shows nacionais e internacionais e já entrevistou bastante gente interessante do Brasil e do mundo. Foi vencedor do Prêmio TopBlog Brasil em 2010 na categoria "Música"e foi membro do Grammy Latino.