Connect with us
Google Play Music passa por transição ao YouTube Music: novas playlists definem foco Google Play Music passa por transição ao YouTube Music: novas playlists definem foco

MERCADO

Google Play Music passa por transição ao YouTube Music: novas playlists definem foco

Divulgação

Published

on

Tudo indica que o aplicativo Google Play Music começa a ser objeto de uma transição de seus usuários para o YouTube Music. De acordo com o Digital Music News, nos dispositivos Android 10, o YouTube Music agora é padrão em vez do Google Play. Mesmo que o processo não configure, de fato, uma substituição de aplicativos, sugere uma transição, haja visto que eles pertencem á mesma controladora: a Alphabet.

Mesmo que o YouTube Music não tenha chamado a atenção em massa dos usuários ou, até mesmo, obter uma fatia significativa do mercado estabelecido pelo Spotify, Apple Music ou plataformas de streaming da Amazon, esse cenário pode mudar com a inserção de novas ferramentas no YouTube Music. E foi justamente o que Neal Mohan, diretor de produtos do YouTube, lançou para a sua mais nova plataforma nesta quarta-feira (2) em San Francisco no TechCrunch Disrupt: três listas de reprodução personalizadas para os usuários premium do YouTube Music.

Mudança esta que segue os passos de concorrentes como os já citados aqui, Spotify e Apple Music.

As listas em questão são estas: Discover Mix, que utiliza uma lista do que o usuário já ouviu no passado e cria recomendações; a Your Mix, que mistura sons familiares e não-familiares e New Release Mix, que parece ter sido inspirado no Your Release do Spotify: apresenta uma variedade de faixas de artistas que o usuário ouve com frequência.

É jornalista e pesquisador musical. Cobre shows nacionais e internacionais e já entrevistou bastante gente interessante do Brasil e do mundo. Foi vencedor do Prêmio TopBlog Brasil em 2010 na categoria "Música"e foi membro do Grammy Latino.

MERCADO

Ingrooves, selo da Universal Music, estreia perfil oficial no Instagram

Published

on

Ingrooves, selo da Universal Music, estreia perfil oficial no Instagram
Divulgação | Universal Music Group

O Ingrooves Music Group, que anunciou o inicio de suas operações no Brasil em janeiro deste ano, lança seu perfil oficial no Instagram. O selo conta com uma das plataformas mais utilizadas na divulgação de música e pretende conquistar espaço no mercado musical brasileiro.

Ingrooves, selo da Universal Music, estreia perfil oficial no Instagram

Foto: Divulgação | Universal Music Group

Como parte da Universal Music Group, a Ingrooves realiza a distribuição dos artistas brasileiros em escala global. Com acordo assinado com a GR6, um dos maiores selos de música do país, a empresa se tornou responsável pela promoção e lançamento de nomes como MC Livinho, MC Don Juan, GAAB, MC Pedrinho, MC João, G15 e muitos outros. Juntos, os canais da empresa no YouTube contabilizam mais de 40 milhões de assinantes.

A Ingrooves passa a ser, também, a responsável pela distribuição musical da obra da cantora Claudia Leitte, com a qual a artista assinou contrato em fevereiro deste ano.

“Com um time composto por profissionais qualificados, estreamos no Brasil em janeiro, disponibilizando aos selos parceiros uma ferramenta que de fato agrega valor aos seus artistas, titulares e conteúdo. Depois desse pontapé inicial, trouxemos para a equipe a Gabriela Hermanny, nossa nova diretora de marketing, que atuou de forma brilhante no processo de assinatura de parceria com a Claudia Leitte e fez toda a diferença na equipe, hoje formada no Brasil por um time composto exclusivamente por mulheres executivas da indústria da música”, explica Cris Falcão, diretora-geral da Ingrooves Brasil.

A Ingrooves Music Group opera com distribuição e marketing musical, fornecendo às gravadoras da Universal Music estrutura tecnológica, com ferramentas escaláveis de distribuição para maximizar às vendas no mercado global de música digital

Continue Reading

MERCADO

Demanda por serviços de áudio e vídeo aumentam quase 26% durante a pandemia do coronavírus

Published

on

Demanda por serviços de audio e video aumentam quase 26% durante a pandemia do coronavírus
Divulgação | Getty Images

De acordo com um relatório da empresa GetNinjas, foi registrado um aumento significativo de 25,86% na demanda por serviços de áudio e vídeo, entre os dias 26 de abril e 2 de maio em comparação com os dias 8 e 14 de março, período que antecede o impacto do coronavírus no setor de serviços autônomos no Brasil.

Demanda por serviços de audio e video aumentam quase 26% durante a pandemia do coronavírus

Foto: Getty Images

Objeto de capitalização financeira durante a atual crise, as lives beneficentes tem sido fundamentais para arrecadar dinheiro, comida e materiais à instituições e pessoas que estão sendo mais afetadas com a crise do covid-19. Historicamente, esse tipo de evento beneficente já foi realizado, como o Live Aid, o mega concerto realizado em 13 de julho de 1985 que marcou a história da música e, que no Brasil, ganhou o nome de Dia mundial do Rock, sendo transmitido simultaneamente para mais de 72 países com o objetivo de arrecadar dinheiro para combater a fome na Etiópia.

Mudanças de comportamento durante a pandemia

O GetNinjas monitorou os impactos da covid-19 no setor de serviços autônomos. A demanda por serviços de áudio e vídeo apresentou uma mudança de comportamento ao longo dos meses de março e abril. Primeiro, a procura por este serviço chegou a cair 30% entre os dias 22 e 28 de março (segunda semana analisada). Porém, a mudança começou a partir da 4ª semana, entre os dias 5 e 11 de abril, quando os pedidos apontaram um crescimento de 7,49%. Nas semanas seguintes, a demanda só continuou aumentando até chegar a última análise que registrou quase 26%. Todas as semanas são comparadas com os dias 8 a 14 de março.

De acordo com a consultoria americana Tubular Labs, no fim do mês de março houve um crescimento de 19% nas transmissões ao vivo pelo YouTube, mesmo período em que as demandas por serviços de áudio e vídeo começaram a alavancar.

Continue Reading

MERCADO

Mercado musical britânico faz doação a entidade que cuida do bem estar mental de artistas

Published

on

Mercado musical britânico faz doação a entidade que cuida do bem estar mental de artistas
Divulgação | BRIT Trust

A instituição beneficente da indústria fonográfica BRIT Trust realizou uma doação no valor de £ 30 mil (cerca de R$ 200 mil) para o Music Support para promover o bem-estar mental na comunidade britânica de artistas e música.

Os valores são provenientes de arrecadações da premiação anual BRIT Awards.

Mercado musical britânico faz doação a entidade que cuida do bem estar mental de artistas

Foto: Divulgação | BRIT Trust

O valor auxiliará em um momento crítico em que muitas pessoas na comunidade de artistas e da indústria musical britânica necessitam urgentemente de ajuda. O suporte promoverá a 10 mil pessoas, o acessos ao Thrive, um aplicativo de saúde mental aprovado pelo sistema de saúde no Reino Unido.

“Agradecemos imensamente ao The BRIT Trust, à BPI (British Phonographic Industry) e ao setor de música gravada por seu valioso apoio quando observamos um aumento acentuado no número de colegas vulneráveis do setor que procuram ajuda”, disse Matt Thomas, presidente do conselho de curadores da Music Support. “A tecnologia forneceu uma linha de vida para muitos durante a pandemia do cooronavírus e esse financiamento oportuno nos permitirá dar a milhares de pessoas, acesso ao aplicativo Thrive, para que possamos apoiar seu bem-estar e a saúde mental”, concluiu.

Continue Reading

As Mais Lidas