Connect with us
Grammy 2020 celebra consagração de Billie Eilish Grammy 2020 celebra consagração de Billie Eilish

POP

Grammy 2020 celebra consagração de Billie Eilish

Jovem artista conquistou cinco estatuetas: Revelação, Melhor Gravação, Melhor Música e Melhor Álbum

Divulgação

Published

on

O Grammy 2020 sacramentou a meteórica carreira de Billie Eilish ao mainstream. Ela foi a grande vencedora da noite deste domingo (26) na maior premiação da música internacional no Staples Center em Los Angeles (EUA). A jovem cantora de 18 anos conquistou as estatuetas de Revelação, Melhor Álbum, Melhor Música, Melhor Gravação e Melhor Álbum de Pop Vocal.

Com isso Billie Eilish emplaca a mesma marca de Christopher Cross em 1981: ela se tornou a segunda artista da história da indústria musical a vencer nas categorias principais no mesmo ano. Sem contar que ela é também a mais jovem a conseguir todos eles.

“Sinto que eles não foram falados suficiente essa noite, porque eles são a única razão pela qual estamos aqui. Então, muito obrigado aos fãs”, comemorou Eilish.

Grammy 2020 celebra consagração de Billie Eilish

A cantora Lizzo também brilhou na noite do Grammy 2020, conquistando as estatuetas de Melhor Performance de R&B Tradicional, Melhor Álbum de Música Urbana e Melhor Performance de Pop Solo, consagrando seu excelente momento na indústria musical.

A noite do Grammy 2020 também contou com uma emocionante homenagem: ao ex-jogador da NBA, Kobe Bryant, que faleceu neste domingo em decorrência de um acidente de helicóptero nos EUA. A cantora Lizzo abriu o evento homenageando o atleta. Outra artista que também homenageou Bryant, foi Alicia Keys, que cantou a canção It´s So Hard to Say Goodbye to Yesterday com a colaboração do grupo Boyz II Men.

Grammy 2020 celebra consagração de Billie Eilish

Emocionada, a célebre artista de R&B disse: “Estamos todos sentindo uma profunda tristeza agora. Porque todo o mundo perdeu um grande herói. Estamos todos agora na casa que Kobe construiu. Agora Kobe e sua filha Gianna, e todos que perdemos hoje, estão conosco em espírito”, disse.

Confira os vencedores nas principais categorias do Grammy 2020:

Gravação do ano

“Hey, Ma” – Bon Iver
“Bad Guy” – Billie EiIish
“7 Rings” – Ariana Grande
“Hard Place” – H.E.R
“Old Town Road” – Lil Nas X ft.Ray Cyrus
“Talk” – Khalid
“Truth Hurts” – Lizzo
“Sunflower” – Post Malone & Swae Lee

Álbum do ano

“I, I” – Boniver
“Norman F***ing Rockwell” – Lana Del Rey
“When We all Fall Asleep, Where Do We Go” – Billie Eilish
“Thank U, Next” – Ariana Grande
“I Used to Know Her” – H.E.R
“7” – Lil Nas X
“Cuz I Love You” – Lizzo
“Father on the Bride” – Vampire Weekend

Revelação

Black Pumas
Billie Eilish
Lil Nas X
Lizzo
Maggie Rogers
Rosalía
Tank and the Bankas
Yola

Melhor perfomance de rap/vocal

“Higher” – DJ Khaled ft. Nipsey Hussle & John Legend
“Drip Too Hard” – Lil Baby & Gunna
“Panini” – Lil Nas X
“Ballin” – Mustard ft. Roddy Ricch
“The London” – Young Thug ft. J. Cole & Travis Scott

Música do ano

“Always Remember Us This Way” (gravada por Lady Gaga)
“Bad Guy” (gravada por Billie EiIish)
“Bring My Flowers Now” (gravada por Tanya Tucker)
“Hard Place” (gravada por H.E.R)
“Lover” (gravada por Taylor Swift)
“Norman F***ing Rockwell” (gravada por Lana Del Rey)
“Someone You Loved” (gravada por Lewis Capaldi)
“Truth Hurts” (gravada por Lizzo)

Melhor álbum rap

“Revenge of the Dreamers III” – Dreamville
“Championships” – Meek Mill
“I am > I was” – 21 Savage
“Igor” – Tyler, The Creator
“The Lost Boy” – YBN Cordae

Melhor performance de pop solo

“Spirit” – Beyoncé
“Bad Guy” – Billie Eilish
“7 Rings” – Ariana Grande
“Truth Hurts” – Lizzo
“You Need to Calm Down” – Taylor Swift

Melhor álbum pop

“The Lion King: The Gift” – Beyoncé
“When We all Fall Asleep, Where Do We Go” – Billie Eilish
“Thank U, Next” – Ariana Grande
“No. 6 Collaborations Project” – Ed Sheeran
“Lover” – Taylor Swift

Melhor álbum pop com vocal tradicional

“Sì” – Andrea Bocelli
“Love (Deluxe Edition) – Michael Bublé
“Look Now” – Elvis Costello & The Imposters
“A Legendary Christmas” – John Legend
“Walls” – Barbra Streisand

Melhor performance de duo/grupo pop

“Boyfriend” – Ariana Grande & Social House
“Sucker” – Jonas Brothers
“Old Town Road” – Lil Nas X featuring Billy Ray Cyrus
“Sunflower” – Post Malone & Swae Lee
“Señorita” – Shawn Mendes & Camila Cabello

Melhor música de R&B

“Could’ve Been” – H.E.R ft. Bryson Tiller
“Look At Me Now” – Emily King
“No Guidance” – Chris Brown ft. Drake
“Roll Some Mo” – Lucky Daye
“Say So” – PJ Morton ft. JoJo

Melhor álbum de R&B

“1123” – BJ The Chicago Kid
“Painted” – Lucky Daye
“Ella Mai” – Ella Mai
“Paul” – PJ Morton
“Ventura” – Anderson .Paak

Melhor álbum de Urban Music

“Apollo XXI” – Steve Lacy
“Cuz I love you (Deluxe)” – Lizzo
“Overload – Georgia Anne Muldrow
“Saturn” – NAO
“Being human in public” – Jessie Reyez

Melhor performance de R&B tradicional

“Time Today” – BJ The Chicago Kid
“Steady Love” – India.Arie
“Jerome” – Lizzo
“Real Games” – Lucky Daye
“Built for Love” – PJ Morton Featuring Jazmine Sullivan

Melhor performance de R&B

“Love Again” – Daniel Caesar & Brandy
“Could’ve Been” – H.E.R featuring Bryson Tiller
“Exactly How I Feel” – Lizzo featuring Gucci Mane
“Roll Some Mo” – Lucky Daye
“Come Home” – Anderson .Paak ft. André 3000

Melhor álbum de música alternativa

“U.F.O.F.” – Big Thief
“Assume Form” – James Blake
“I,I” – Bon Iver
“Father of the bride” – Vampire Weekend
“Anima” – Thom Yorke

Melhor álbum de rock

“Amo” – Bring Me The Horizon
“Social Cues” – Cage The Elephant
“In the end” – The Cranberries
“Trauma” – I Prevail
“Feral Roots” – Rival Sons

Melhor música de rock

“Fear Inoculum” – Tool
“Give yourself a try” – The 1975
“Harmony Hall” – Vampire Weekend
“History Repeats” – Brittany Howard
“This land” – Gary Clark Jr.

Melhor performance de metal

“Astorolus – The Great Octopus” – Candlemass Featuring Tony Iommi
“Humanicide” – Death Angel
“Bow Down” – I Prevail
“Unleashed” – Killswitch Engage
“7empest” – Tool

Melhor performance de rock

“Pretty Waste” – Bones UK
“This Land” – Gary Clark Jr.
“History Repeats” – Brittany Howard
“Woman” – Karen O & Danger Mouse
“Too Bad” – Rival Sons

Melhor música de rap

“Bad idea” – YBN Cordae ft. Chance The Rapper
“Gold roses” – Rick Ross ft. Drake
“A lot” – 21 Savage ft. J. Cole
“Racks in the middle” – Nipsey Hussle ft. Roddy Ricch & Hit-Boy
“Suge” – DaBabby

Melhor performance de rap

“Middle Child” – J. Cole
“Suge” – DaBaby
“Down Bad” – Dreamville ft. J.I.D, Bas, J. Cole, EARTHGANG & Young Nudy
“Racks in the Middle” – Nipsey Hussle ft. Roddy Ricch & Hit-Boy
“Clout” – Offset ft. Cardi B

Melhor video

“We’ve Got to Try” – The Chemical Brothers
“This Land” – Gary Clark Jr.
“Cellophane” – FKA Twigs
“Old Town Road (Official Movie) – Lil Nas X & Billy Ray Cyrus
“Glad He’s Gone” – Tove Lo

Melhor álbum de jazz latino

“Antidote” – Chick Corea & The Spanish Heart Band
“Sorte!: Music by John Finbury” – Thalma de Freitas com Vitor Gonçalves, John Patitucci, Chico Pinheiro, Rogerio Boccato & Duduka Da Fonseca
“Una noche con Rubén Blades” – Jazz At Lincoln Center Orchestra com Wynton Marsalis ft. Rubén Blades
“Carib” – David Sánchez
“Sonero: The music of Ismael Rivera” – Miguel Zenón

POP

Léo Dias sobre Anitta: “Muitos áudios virão a tona”

Published

on

Léo Dias sobre Anitta: "Muitos áudios virão a tona"
Felipe Panfili | Reprodução | Instagram

Depois que a cantora Anitta entrou com um pedido de tutela antecipada, através de sua defesa, para que o jornalista Léo Dias seja proibido de citar o nome da cantora, ele publicou algumas notas em seu perfil oficial no Twitter e não se intimidou pelo caso que corre na 13ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

Léo Dias sobre Anitta: "Muitos áudios virão a tona"

Foto: Felipe Panfili | Reprodução | Instagram

“Nunca fui a um aniversário dela. Anitta sempre me disse que jamais processaria a imprensa. Essa ação está clara pra mim: ela está desesperada com tudo o que eu tenho. Eu lamento ter q expor tufo isso. Mas enquanto existir processo, muitos áudios virão a tona”, escreveu Leo Dias.

No seu último post no Twitter, o jornalista escreveu: “Quando alguém sabe muito podre da sua vida, a melhor coisa é mandar a Justiça calá-lo”.

A atual discussão entre Leo Dias e Anitta começou quando a mãe da cantora, Dona Miriam, deixou a casa da filha. A cantora alegou que sua mãe saiu de forma amigável, enquanto que o jornalista afirmou que ela teria deixado a casa depois de se sentir incomodada com as frequentes festas que Anitta realizava no local.

Confira os tweets:

Continue Reading

POP

“Rain On Me”, a colaboração de Lady Gaga com Ariana Grande, é a maior estreia internacional do Spotify no Brasil 

Published

on

"Rain On Me", a colaboração de Lady Gaga com Ariana Grande, é a maior estreia internacional do Spotify no Brasil 
Reprodução | YouTube | VEVO

De acordo com o Spotify, o single Rain On Me, lançado por Lady Gaga e Ariana Grande na última sexta-feira (22), é a maior estreia de um single internacional no Spotify Brasil. Em apenas 24 horas, o single contabilizou 822 mil plays, superando assim, Look What You Made me Do de Taylor Swift – este marcou 630 mil plays.

"Rain On Me", a colaboração de Lady Gaga com Ariana Grande, é a maior estreia internacional do Spotify no Brasil 

Foto: Reprodução | YouTube | Vevo

Rain On Me será parte integrante de Chromatica, o novo álbum de Lady Gaga que será lançado nesta sexta-feira (29) pela Universal Music, via Interscope Records, e contará com outras colaborações de Blackpink e Elton John. O novo trabalho contará com 16 faixas.

Confira o clipe de Rain On Me que, no final desta edição, já contabilizava mais de 47 milhões de views no YouTube:

Continue Reading

POP

Anavitória lança curta-metragem de “Calendário”, single de 2018 

Published

on

Anavitória lança curta-metragem de "Calendário", single de 2018 
Divulgação | Universal Music Brasil

O duo Anavitória protagonizam do novo curta-metragem dirigido pelas irmãs Fridman, para a faixa Calendário, parte integrante do álbum O Tempo É Agora, lançado em 2018 pela Universal Music.

Em uma realidade fantástica e com personagens enigmáticos, o filme é um convite para uma jornada em busca do encontro cósmico entre Ana e Vitória, materializando a força tão singular que une as artistas.

Anavitória lança curta-metragem de "Calendário", single de 2018 

Foto: Divulgação | Universal Music Brasil

Filmado em três dias em três florestas diferentes, na divisa dos estados de São Paulo e Minas Gerais, além de um estúdio de filmagem da capital paulista, o curta-metragem levou quase dois anos entre criação, produção e lançamento.

O processo começou em 2018, quando o empresário das artistas, Felipe Simas, entrou em contato com as diretoras com a vontade de desenvolver o primeiro videoclipe das artistas.

“É raro ter toda a liberdade criativa que as artistas nos confiaram. Foi um processo muito único e intenso, repleto de parceiros talentosos que abraçaram o projeto conosco. Com certeza foi um dos filmes mais desafiadores que fizemos. E isso o torna ainda mais especial”, comenta a dupla de diretoras Irmãs Fridman.

Repleto de efeitos especiais, animatronics e adereços concebidos exclusivamente para a história, o vídeo conta ainda com rica sonoplastia, que deu a ele uma linguagem cinematográfica e visual único. Mais de 140 pessoas foram envolvidas em todo o processo de criação.

“Ao longo de meses de confecção, criamos um personagem para história, que foi concebido no papel e ganhou vida como um animatronics. Nas filmagens, ele foi tanto manipulado por controle remoto quanto por uma pessoa dentro de sua estrutura”, explicam as diretoras.

O vídeo traz a primeira mixagem de uma música brasileira na tecnologia Dolby Atmos. O ouvinte, ao assistir com fones, consegue aproveitar todos os elementos desse espaço 360º/3D, resultando em uma experiência sonora imersiva e dinâmica.

No momento da edição desta matéria, o curta-metragem se encontrava em terceiro lugar entre os Vídeos em Alta do YouTube.

Continue Reading

As Mais Lidas