in

Grammy 2022 pode estar sujeito a um adiantamento inevitável

Casos relacionados a Ômicron e Covid-19 tem aumentado muito impossibilitando o evento

Grammy 2022 pode estar sujeito a um adiantamento inevitável
Foto: Site oficial

A maior premiação do mundo da música pode estar em risco. Boatos sobre o adiantamento da premiação do Grammy 2022 tem surgido após o aumento de casos relacionados a variante Ômicron e o aumento dos casos do novo coronavírus. A celebração esta marcada para acontecer dia 31 de janeiro.

Grammy 2022 pode estar sujeito a um adiantamento inevitável
Foto: Divulgação | Site Oficial | Grammy Awards

De acordo com a Billboard, o adiantamento estaria sendo estudado pela segurança de todos. As premiações estavam voltando a receber plateia presencial e contar com menos medidas de proteção, porém, segundo uma fonte próxima da produção do Grammy, o adiantamento do evento é inevitável.

Em 2021 a premiação também foi adiantada por causa da pandemia, de 31 de janeiro foi adiada para 14 de março, com um formato diferente visando não ter aglomerações.

Contudo, a Academia de Artes e Gravação ainda não confirmou o adiamento.

Matéria produzida por Marcelo de Assis

É jornalista e pesquisador musical. Cobre shows nacionais e internacionais e já entrevistou bastante gente interessante do Brasil e do mundo. Já realizou reportagens musicais na Record TV para o Domingo Espetacular e Jornal da Record. Foi vencedor do Prêmio TopBlog em 2010 e membro do Grammy Latino.

A faixa gerou revolta entre a comunidade LGBTQ, e fãs do rap no geral

Uncle Murda ataca Lil Nas X e DaBaby em sua nova música

Orlando Bloom recebeu um beijo da virada pela cantora pop

Katy Perry estreia 2022 em grande estilo em festa psicodélica