Connect with us

O cantor e compositor Humberto Gessinger realizará três shows em São Paulo no SESC Pompéia. As apresentações acontecerão nos dias 1,2 e 3 de fevereiro.




“É um trio acústico que faremos no Sesc Pompeia”, define o artista. “É a primeira vez que faço um show todo só com trio acústico. Nele, toco piano, viola caipira, violão e harmônicas ao lado de Paulinho Goulart, no acordeon, e Nando Peters, no contrabaixo”, revela.

Apesar de se considerar, principalmente, um compositor, Humberto é músico autodidata, e, nas várias fases de sua carreira, tocou diversos instrumentos como baixo, guitarra, viola caipira, violão, teclados, bandolim, harmônicas e acordeon.

Após a pausa por tempo indeterminando nas atividades do grupo Engenheiros do Hawaii em 2008, Humberto seguiu com o projeto Pouca Vogal (de 2008 a 2012), em parceria com Duca Leindecker e depois passou a se dedicar a carreira solo.

Em seu trabalho, Gessinger conta que sempre houve o convívio natural do som pesado e o acústico, “Canções como Terra de Gigantes e Somos Quem Podemos Ser fizeram muito sucesso, apesar de causarem certa estranheza à época. Não era exatamente o que se esperava que as bandas da minha geração fizessem. No meu recente trabalho, ‘DVD Ao Vivo Pra Caramba’ (2018), deixo mais explícitas as duas vertentes, colocando lado a lado canções gravadas por um power trio, num show com um público, e músicas gravadas por um trio acústico, num ambiente mais intimista, sem público”.

A apresentação no Sesc Pompeia é composta pelos 3 DVDs acústicos que lançou entre 2004 e 2012: Acústico MTV, Novos Horizontes e Pouca Vogal, e no repertório, Gessinger taz alguns clássicos, como Eu Que Não Amo Você, Pra Ser Sincero e 3×4, ao lado de músicas que não são muito frequentes nos shows, como Olhos Iguais Aos Seus, Sem Problema e Vertical.

Humberto Gessinger
Dias 1, 2 e 3 de fevereiro de 2019, sexta e sábado, às 21h30. Domingo, às 18h30
Comedoria

*A capacidade do espaço é de 800 pessoas. Assentos limitados. A compra do ingresso não garante a reserva de assentos. Abertura da casa com 90 minutos de antecedência ao início do show.
Ingressos: R$ 15 (credencial plena/trabalhador no comércio e serviços matriculado no Sesc e dependentes), R$ 25 (pessoas com +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) e R$ 50 (inteira).

Venda online a partir de 22 de janeiro, terça-feira, às 12h.
Venda presencial nas unidades do Sesc SP a partir de 23 de janeiro, quarta-feira, às 17h30.
Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 18 anos.
Sesc Pompeia – Rua Clélia, 93.
Não temos estacionamento. Para informações sobre outras programações, acesse o portal sescsp.org.br/pompeia

É jornalista e pesquisador musical. Cobre shows nacionais e internacionais e já entrevistou bastante gente interessante do Brasil e do mundo. Foi vencedor do Prêmio TopBlog Brasil em 2010 na categoria "Música"e foi membro do Grammy Latino.

ROCK

João Rock mantém mesmo lineup para a edição de setembro

Festival anuncia apenas uma mudança no Palco João Rock e inclui mais uma atração no palco Fortalecendo a Cena

Published

on

João Rock mantém mesmo lineup para a edição de setembro
Divulgação

O Festival João Rock, transferido para o dia 12 de setembro em Ribeirão Preto (SP), confirmou o lineup dos seus três palcos. No Palco João Rock, dos artistas anunciados, apenas Nando Reis não estará por conta de incompatibilidade de agenda.

Uma nova atração confirmada é o cantor e compositor Arnaldo Antunes, que pela primeira vez se apresenta no festival. O palco ainda recebe Nação Zumbi, CPM22 e convidados (Pitty, Paulo Miklos e Koala), Djonga, Humberto Gessinger, Natiruts, Titãs, Baiana System e Criolo, que formará um trio com Emicida e a cantora Céu.

João Rock mantém mesmo lineup para a edição de setembro

A homenagem ao Rio de Janeiro também está mantida e é tema do Palco Brasil com a presença de Gabriel, o Pensador, Cidade Negra, Marcelo Falcão, Barão Vermelho, Planet Hemp e Erasmo Carlos.

Já o Palco Fortalecendo a Cena ganhou mais uma atração: o rapper Coruja BC1. O espaço ainda traz o casal rapper Cynthia Luz e Froid, Poesia Acústica, Lagum, Matuê e MC Rashid, recebendo Drik Barbosa e Lellê.

Ingressos

As vendas continuam através do site joaorock.com.br para os setores Pista, Pista Premium, Camarote Colorado e Camarote João Rock.

Pista

R$ 130,00 estudante
R$ 140,00 Solidário*
R$ 260,00 inteira

Camarote JR

R$ 280,00 estudante
R$ 310,00 Solidário*
R$ 560,00 inteira

Pista Premium

R$ 320,00 estudante
R$ 340,00 Solidário*
R$ 640,00 inteira

Camarote Colorado

R$ 590,00 (preço único)

*ingresso solidário válido para doação de 1 kg de alimento não perecível – entregue no evento.

Os ingressos já vendidos para o Festival serão válidos para a nova data. No entanto, quem não puder comparecer no dia 22 de setembro e preferir o ressarcimento, a organização garantirá a devolução de 100% do valor do ingresso. A política de devolução será anunciada em breve pelos canais oficiais do evento.

Continue Reading

ROCK

Coronavírus: Elton John doa US$ 1 milhão para fundo emergencial de pacientes com AIDS

Published

on

Coronavírus: Elton John doa US$ 1 milhão para fundo emergencial de pacientes com AIDS
Divulgação

O cantor e compositor britânico Elton John doou US$ 1 milhão a um fundo emergencial do coronavírus para proteger pacientes com AIDS. O lendário músico de 73 anos disse que o valor sairia da Elton John AIDS Foundation (EJAF) e será disponibilizado para os necessitados nos próximos meses.

Coronavírus: Elton John doa US$ 1 milhão para fundo emergencial de pacientes com AIDS

Elton John explicou sobre a doação durante uma live com a cantora Miley Cyrus no programa Bright Minded: “Vou manter minhas armas com a (Elton John) AIDS Foundation e me certificar por causa dessa pandemia global que está acontecendo e pelas pessoas que sofrem de outra pandemia global, não serão esquecidos”, disse o cantor, se referindo à AIDS.

O hitmaker de Your Song aproveitou para falar sobre sua fundação: “Foi o que a minha fundação tentou fazer – ajudar os marginalizados, ajudar os pobres, ajudar as pessoas que não devem ser deixadas para trás. Esse é o meu foco principal nos próximos três meses – para garantir que essas pessoas, portadoras do HIV, tenham as condições de vida que demos a elas, não serão esquecidas”, concluiu.

Elton John também participou do iHeart Living Room Concert for America, que arrecadou mais de US$ 8 milhões para as instituições de caridade Feeding America e First Responders Children’s Foundation, para apoiar as causas relativas ao coronavírus.

Continue Reading

ROCK

Christopher Cross está com coronavírus

Premiado cantor e compositor, dono de sucessos como “Sailing”, Arthur’s Theme e Ride Like The Wind

Published

on

Christopher Cross está com coronavírus
Divulgação

O cantor e compositor norte-americano Christopher Cross, dono de clássicos como Sailing e Ride Like The Wind, foi diagnosticado com coronavírus. O músico de 68 anos e vencedor do Grammy Awards comunicou o fato aos seus fãs em seu página oficial no Facebook na última sexta-feira (3).

Christopher Cross está com coronavírus

“Caros amigos, lamento informar que estou entre o número crescente de americanos que testaram positivo para o COVID-19”, iniciou Christopher Cross na rede social. “Não tenho o hábito de discutir questões médicas nas mídias sociais, mas espero que isso ajude outras pessoas a entenderem o quão grave e contagiosa essa doença é. Embora eu tenha a sorte de ser cuidado em casa, esta é possivelmente a pior doença que já tive. Para aqueles que ainda não acreditam que o vírus COVID-19 seja real, ou pensam que é uma “farsa” ou parte de alguma conspiração, meu conselho é que você entenda agora que esta é uma doença mortal que se espalha como um incêndio por todos o país e pelo mundo”, escreveu o cantor.

E encerrou a mensagem: “Por último, mas não menos importante; onde quer que vocês estejam no mundo, sejam todos gentis uns com os outros. Somente se trabalharmos juntos, podemos derrotar o COVID-19”, concluiu.

Christopher Cross surgiu no mercado musical em 1979, quando seu álbum de estreia Christopher Cross, destacou os singles Ride Like the Wind, Never Be the Same e Sailing, que se tornaram clássicos e, com este disco, ele seria agraciado com cinco prêmios Grammy nas categorias Melhor Artista Revelação, Canção do Ano e Gravação do Ano, além de conseguir derrotar o Pink Floyd com The Wall na categoria Álbum do Ano.

Ele esteve no Brasil em 2016, sua primeira turnê em 20 anos no país.

Continue Reading

As Mais Lidas