MERCADO

Investimentos em A&R atingem US$ 5,8 bilhões em 2017, reporta IFPI

By  | 

Um novo relatório da IFPI (Federação Internacional da Indústria Fonográfica) aponta que as gravadoras alcançaram um novo patamar nos investimentos em A&R (Artístico e Repertório) e marketing em todo o mundo.

De acordo com a Digital Music News, em 2017, as gravadoras investiram US$ 5,8 bilhões (cerca de R$ 23 bilhões) nesses setores, sendo US$ 4,1 bilhões (cerca de R$ 16 bilhões) em A&R e os restantes US$ 1,7 bilhão (cerca de R$ 6 bilhões) em marketing. Isso representa 33,6% da receita global de música gravada há dois anos.

Ainda de acordo com a publicação, a IFPI observa o montante gasto pelas gravadoras da seguinte forma:

Recursos e pessoas: para sustentar uma equipe crescente onde for necessário
Investimento: para realizar sua visão artística
Experiência: para se envolver com os mercados em todo o mundo
Relacionamentos: conectá-los a outros artistas e criadores talentosos
Suporte: com a criação e gravação de suas músicas
Coordenação global: ajudando a alcançar fãs em todo o mundo

O relatório da IFPI destaca insights de dados, catálogo, A&R, assuntos comerciais e jurídicos, serviços comerciais, marketing, sincronização/marca, produção de vídeo, serviços criativos, publicidade e promoção.

Para Francis Moore, diretora executiva da IFPI, a proporção de receita com gravadoras é “maior do que qualquer outra indústria”: “No dinâmico ecossistema global de música atual, o papel da gravadora como principal investidor em música e parceiro e colaborador com artistas nunca foi tão importante. Enquanto os artistas possuem uma infinidade de opções em como desenvolver sua carreira, uma gravadora oferecer suporte único e inigualável”, afirmou.

Este relatório da IFPI foi baseado em case de estudos de grandes artistas do pop mundial atual como J Balvin, Luis Fonsi e Camila Cabello.

É jornalista e pesquisador musical. Cobre shows nacionais e internacionais e já entrevistou bastante gente interessante do Brasil e do mundo. Foi vencedor do Prêmio TopBlog Brasil em 2010 na categoria "Música"e foi membro do Grammy Latino.