in

Katy Perry perde disputa judicial por plágio de “Dark House”

Katy Perry e Dr. Luke perderam uma disputa judicial por um caso de plágio contra o cantor Marcus Gray. Um júri federal de nove membros determinou que o sucesso de 2013 contém trechos fidedignos ao single Joyful Noise, que Gray co-escreveu e lançou como Flame.

Os membros do júri decidirão agora quanto os reclamantes deverão receber por violação de direitos autorais após o veredicto desta segunda-feira (29).

Os advogados de Gray argumentaram que quase metade de Dark Horse era substancialmente similar a Joyful Noise e a acusaram de “criar uma falsa associação entre a música de Joyful Noise e a feitiçaria anti-cristã, paganismo, magia negra e imagens iluminati evocadas pelos réus”. Também alegam que a música de Katy Perry destruiu a reputação de Flame no mundo da música cristã, porque sua faixa agora está associada à dela.

“Eles estão tentando construir blocos básicos demúsica, o alfabeto musical que deveria estar disponível para todos”, disse Christine Lepera, advogada de Katy Perry.

Dark Horse foi lançado como single em 17 de dezembro de 2013 como parte integrante do álbum Prism.

Matéria produzida por Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Duda Beat expressa seu amor pela música em série do TIDAL

Duda Beat expressa seu amor pela música em série do TIDAL

Lil Nas X: “Old Town Road” bate recorde nas paradas dos EUA