Lindsey Buckingham, ex-Fleetwood Mac, anuncia primeiro álbum em dez anos | The Music Journal Brazil
Connect with us
Lindsey Buckingham, ex-Fleetwood Mac, anuncia primeiro álbum em dez anos Lindsey Buckingham, ex-Fleetwood Mac, anuncia primeiro álbum em dez anos

ROCK

Lindsey Buckingham, ex-Fleetwood Mac, anuncia primeiro álbum em dez anos

Published

on

Lindsey Buckingham, um dos músicos icônicos do rock e que fez parte do Fleetwood Mac, anunciou nesta semana, o seu novo álbum que será lançado no dia 17 de setembro pela Warner Music, via Reprise Records. Este é o primeiro disco do veterano roqueiro de 71 anos em uma década.

Lindsey Buckingham, ex-Fleetwood Mac, anuncia primeiro álbum em dez anos

Foto: Reprodução | Instagram | @lindseybuckingham

A faixa que abre esta nova fase de Buckingham é I Don’t Mind, que apresentará aos fãs a sua marca registrada artística: a sua forma peculiar de dedilhar a guitarra, reafirmando seu status como um dos musicos mais criativos e brilhantes de sua geração.

O novo álbum foi composto, produzido e gravado por Lindsey Buckingham em seue estúdio caseiro em Los Angeles (EUA) e será disponibilizado em digital, vinil e CD. Além disso, uma versão exclusiva e limitada em vinil azul já está disponível para encomenda no site oficial do artista.

“‘I Don’t Mind ’, como muitas das canções no meu novo álbum, é sobre os desafios que os casais enfrentam em relacionamentos de longo prazo. Com o tempo, duas pessoas inevitavelmente descobrem a necessidade de aumentar sua dinâmica inicial com uma de flexibilidade, uma aceitação das falhas uma da outra e uma vontade de trabalhar continuamente nas questões; é a essência de um bom relacionamento de longo prazo. Esta música celebra esse espírito e disciplina”, explicou Buckingham sobre o novo single.

O último álbum de estúdio de Buckingham foi Seeds We Sow de 2011.

É jornalista e pesquisador musical. Cobre shows nacionais e internacionais e já entrevistou bastante gente interessante do Brasil e do mundo. Foi vencedor do Prêmio TopBlog Brasil em 2010 na categoria "Música"e foi membro do Grammy Latino.

As Mais Lidas