Connect with us
Lives geram até 400% mais pesquisas por nome de cantores, revela pesquisa Lives geram até 400% mais pesquisas por nome de cantores, revela pesquisa

MERCADO

Lives geram até 400% mais pesquisas por nome de cantores, revela pesquisa

Reprodução | Instagram

Published

on

Com a atual quarentena, a indústria musical teve que reinventar para promover seus artistas e os produtos que são lançados semanalmente.

As lives, uma extensão audiovisual já utilizada antes da pandemia mas de forma moderada, virou um modelo de negócio, observado pelas grandes gravadoras, produtoras e seus artistas. Empresas se aliaram a este modelo como base de patrocínio. A música tem que estar onde o povo está e o imperativo da audiência se curva ainda mais a este princípio.

Lives geram até 400% mais pesquisas por nome de cantores, revela pesquisa

O cantor Gusttavo Lima em uma de suas lives | Foto: Reprodução | Instagram

Um levantamento divulgado nesta terça-feira (8) pela empresa de marketing digital SEMrush, identificou, por exemplo, que o nome do Gusttavo Lima cresceu 172% entre março e abril, momento em que a OMS anunciou a pandemia do coronavírus.

Foram muitas lives de Gusttavo Lima ao longo da quarentena, mas para o bem da verdade, um fato se tornou icônico nesse período: no dia 11 de abril, o cantor sertanejo bebeu um pouco a mais, gerando uma repercussão negativa. O resultado: notificação do Conar para não repetir a dose – literalmente, sem trocadilho.

Naquele momento, o nome de Gusttavo Lima foi pesquisado 2,24 milhões de vezes, de acordo com a SEMRush.

Outro artista que também cresceu nas pesquisas foi o DJ Alok. Depois que ele realizou uma sofisticada live na janela do apartamento onde reside, com direito a um aparato de som e luz com alta qualidade e com transmissão pelo canal a cabo Multishow, o nome do artista chegou a 1 milhão de pesquisasum aumento de 400% de abril para maio.

Só o termo apartamento alok chegou a 33 mil buscas.

Nesse ranking no crescimento nas buscas na internet, nomes como Jorge e Mateus, Bruno e Marrone, Henrique e Juliano, Anitta, Ivete Sangalo e Maiara e Maraísa tiveram um crescimento exponencial sem precedentes.

E sem esquecer do cantor Roberto Carlos, que foi procurado por 550 mil vezes na internet, um crescimento de 123% em relação a março.

Sem previsão de acabar, a onda das lives passou a ser modelo imprescindível de negócio e entretenimento no mundo da música.

É jornalista e pesquisador musical. Cobre shows nacionais e internacionais e já entrevistou bastante gente interessante do Brasil e do mundo. Foi vencedor do Prêmio TopBlog Brasil em 2010 na categoria "Música"e foi membro do Grammy Latino.

As Mais Lidas