Connect with us
Lollapalooza Brasil 2020: começa a pré-venda para o festival Lollapalooza Brasil 2020: começa a pré-venda para o festival

ROCK

Lollapalooza Brasil 2020: começa a pré-venda para o festival

Divulgação

Published

on

De acordo com a produtora Time For Fun, a partir desta quarta-feira (18) começa a pré-venda para o festival Lollapalooza 2020.

As entradas do primeiro lote do Lolla Pass, que dá acesso aos três dias de festival, estarão disponíveis para os Clientes dos Cartões Bradesco, Bradescard e next a partir das 10h do próximo desta quarta (18), pela internet, e a partir das 12h na bilheteria e ponto de venda exclusivo. As entradas do Lolla Lounge Pass, para os três dias de festival, com acesso à área mais exclusiva do Lollapalooza serão divulgadas em breve.

O público em geral poderá comprar suas entradas a partir das 10h01 do dia 23 de setembro pela internet e a partir das 12h na bilheteria e ponto de venda exclusivo.

As entradas para o Lollapalooza Brasil 2020 ainda poderão ser adquiridas pelo site www.lollapaloozabr.com, bilheteria oficial (sem taxa de conveniência – Credicard Hall, em São Paulo) e no ponto de venda exclusivo: Armazém Entretenimento (Top Center Shopping – Av Paulista, 854)

O 1° lote do Lolla Pass (válido para os três dias de festival), custará a partir de R$ 637,50 para os clientes dos Cartões Bradesco, Bradescard e next, que contam com 15% de desconto, e ainda podem parcelar suas compras em até 5 vezes sem juros no cartão de crédito. O desconto também é válido para pagamento em Cartões de Débito Bradesco e next (exceto internet). A compra é limitada a 4 ingressos por CPF. Não é válido para cartões corporativos.

Produzido pela Perry Farrell, William Morris Endeavor Entertainment (WME), Time For Fun e C3 Presents, o Lollapalooza Brasil chega a sua nona edição.

ROCK

João Rock mantém mesmo lineup para a edição de setembro

Festival anuncia apenas uma mudança no Palco João Rock e inclui mais uma atração no palco Fortalecendo a Cena

Published

on

João Rock mantém mesmo lineup para a edição de setembro
Divulgação

O Festival João Rock, transferido para o dia 12 de setembro em Ribeirão Preto (SP), confirmou o lineup dos seus três palcos. No Palco João Rock, dos artistas anunciados, apenas Nando Reis não estará por conta de incompatibilidade de agenda.

Uma nova atração confirmada é o cantor e compositor Arnaldo Antunes, que pela primeira vez se apresenta no festival. O palco ainda recebe Nação Zumbi, CPM22 e convidados (Pitty, Paulo Miklos e Koala), Djonga, Humberto Gessinger, Natiruts, Titãs, Baiana System e Criolo, que formará um trio com Emicida e a cantora Céu.

João Rock mantém mesmo lineup para a edição de setembro

A homenagem ao Rio de Janeiro também está mantida e é tema do Palco Brasil com a presença de Gabriel, o Pensador, Cidade Negra, Marcelo Falcão, Barão Vermelho, Planet Hemp e Erasmo Carlos.

Já o Palco Fortalecendo a Cena ganhou mais uma atração: o rapper Coruja BC1. O espaço ainda traz o casal rapper Cynthia Luz e Froid, Poesia Acústica, Lagum, Matuê e MC Rashid, recebendo Drik Barbosa e Lellê.

Ingressos

As vendas continuam através do site joaorock.com.br para os setores Pista, Pista Premium, Camarote Colorado e Camarote João Rock.

Pista

R$ 130,00 estudante
R$ 140,00 Solidário*
R$ 260,00 inteira

Camarote JR

R$ 280,00 estudante
R$ 310,00 Solidário*
R$ 560,00 inteira

Pista Premium

R$ 320,00 estudante
R$ 340,00 Solidário*
R$ 640,00 inteira

Camarote Colorado

R$ 590,00 (preço único)

*ingresso solidário válido para doação de 1 kg de alimento não perecível – entregue no evento.

Os ingressos já vendidos para o Festival serão válidos para a nova data. No entanto, quem não puder comparecer no dia 22 de setembro e preferir o ressarcimento, a organização garantirá a devolução de 100% do valor do ingresso. A política de devolução será anunciada em breve pelos canais oficiais do evento.

Continue Reading

ROCK

Coronavírus: Elton John doa US$ 1 milhão para fundo emergencial de pacientes com AIDS

Published

on

Coronavírus: Elton John doa US$ 1 milhão para fundo emergencial de pacientes com AIDS
Divulgação

O cantor e compositor britânico Elton John doou US$ 1 milhão a um fundo emergencial do coronavírus para proteger pacientes com AIDS. O lendário músico de 73 anos disse que o valor sairia da Elton John AIDS Foundation (EJAF) e será disponibilizado para os necessitados nos próximos meses.

Coronavírus: Elton John doa US$ 1 milhão para fundo emergencial de pacientes com AIDS

Elton John explicou sobre a doação durante uma live com a cantora Miley Cyrus no programa Bright Minded: “Vou manter minhas armas com a (Elton John) AIDS Foundation e me certificar por causa dessa pandemia global que está acontecendo e pelas pessoas que sofrem de outra pandemia global, não serão esquecidos”, disse o cantor, se referindo à AIDS.

O hitmaker de Your Song aproveitou para falar sobre sua fundação: “Foi o que a minha fundação tentou fazer – ajudar os marginalizados, ajudar os pobres, ajudar as pessoas que não devem ser deixadas para trás. Esse é o meu foco principal nos próximos três meses – para garantir que essas pessoas, portadoras do HIV, tenham as condições de vida que demos a elas, não serão esquecidas”, concluiu.

Elton John também participou do iHeart Living Room Concert for America, que arrecadou mais de US$ 8 milhões para as instituições de caridade Feeding America e First Responders Children’s Foundation, para apoiar as causas relativas ao coronavírus.

Continue Reading

ROCK

Christopher Cross está com coronavírus

Premiado cantor e compositor, dono de sucessos como “Sailing”, Arthur’s Theme e Ride Like The Wind

Published

on

Christopher Cross está com coronavírus
Divulgação

O cantor e compositor norte-americano Christopher Cross, dono de clássicos como Sailing e Ride Like The Wind, foi diagnosticado com coronavírus. O músico de 68 anos e vencedor do Grammy Awards comunicou o fato aos seus fãs em seu página oficial no Facebook na última sexta-feira (3).

Christopher Cross está com coronavírus

“Caros amigos, lamento informar que estou entre o número crescente de americanos que testaram positivo para o COVID-19”, iniciou Christopher Cross na rede social. “Não tenho o hábito de discutir questões médicas nas mídias sociais, mas espero que isso ajude outras pessoas a entenderem o quão grave e contagiosa essa doença é. Embora eu tenha a sorte de ser cuidado em casa, esta é possivelmente a pior doença que já tive. Para aqueles que ainda não acreditam que o vírus COVID-19 seja real, ou pensam que é uma “farsa” ou parte de alguma conspiração, meu conselho é que você entenda agora que esta é uma doença mortal que se espalha como um incêndio por todos o país e pelo mundo”, escreveu o cantor.

E encerrou a mensagem: “Por último, mas não menos importante; onde quer que vocês estejam no mundo, sejam todos gentis uns com os outros. Somente se trabalharmos juntos, podemos derrotar o COVID-19”, concluiu.

Christopher Cross surgiu no mercado musical em 1979, quando seu álbum de estreia Christopher Cross, destacou os singles Ride Like the Wind, Never Be the Same e Sailing, que se tornaram clássicos e, com este disco, ele seria agraciado com cinco prêmios Grammy nas categorias Melhor Artista Revelação, Canção do Ano e Gravação do Ano, além de conseguir derrotar o Pink Floyd com The Wall na categoria Álbum do Ano.

Ele esteve no Brasil em 2016, sua primeira turnê em 20 anos no país.

Continue Reading

As Mais Lidas