Connect with us
Revelação do jazz, Lucienne Renaudin-Vary lança dois singles de seu novo álbum Revelação do jazz, Lucienne Renaudin-Vary lança dois singles de seu novo álbum

JAZZ SOUL R&B

Revelação do jazz, Lucienne Renaudin-Vary lança dois singles de seu novo álbum

Divulgação

Published

on

A trompetista francesa Lucienne Renaudin-Vary, revelação do jazz, faz uma travessia musical transatlântica no segundo álbum da carreira, Mademoiselle in New York, com lançamento previsto pela Warner Classics para o dia 4 de outubro em todas as plataformas digitais, via Parlophone Records. O projeto é antecipado nesta sexta-feira (23) por duas faixas: Se Tu Vois Ma Mère e Pavane Pour une Infante Défunte de Ravel.

Revelação do jazz, Lucienne Renaudin-Vary lança dois singles de seu novo álbum

Bernstein, Gershwin, Maurice Ravel e Charles Aznavour no repertório

Embora traga mais compositores norte-americanos, liderados por Bernstein e Gershwin, Mademoiselle in New York também chegará com faixas dos franceses Maurice Ravel e Charles Aznavour. No setlist, foram incluídos ainda um número do alemão Kurt Weill e até uma melodia de Dvořak, tcheco responsável pela composição da sinfonia New World e que, posteriormente, se tornou diretor do Conservatório Nacional de Música em Nova York.

O intercâmbio cultural do projeto fica claro em Si Tu Vois Ma Mère. Coração do álbum, a faixa original é de Sidney Bechet. Nascido em 1987, em Nova Orleans (Estados Unidos), o artista passou vários anos em Paris, tendo morrido lá, em 1959, e para sua obra, transpôs todos esses anos na cidade luz. Woody Allen, o arquetípico nova-iorquino, incluiu a faixa no conhecido longa Meia-Noite em Paris, sucesso de 2011.

Si Tu Vois Ma Mère é a sétima faixa do álbum e, juntamente com Pavane Pour une Infante Défunte, podem ser degustadas agora, em todas as plataformas digitais, aquecendo a estreia completa do projeto.

“O trompete é a minha voz”, diz Lucienne Renaudin-Vary, de apenas 20 anos. Ganhadora do prêmio Revelação de 2016 oferecido pela prestigiosa premiação Victoires de La Musique Classique, a artista fez história ao se tornar a primeira trompetista a conquistar vagas simultâneas como estudante de música clássica e jazz no prestigiado Conservatório Nacional de Paris. “Eu me sinto mais em casa quando estou tocando do que se eu tivesse que cantar – ou até mesmo falar. Os trompetistas e os cantores respiram da mesma maneira. Eu passo muito tempo ouvindo os cantores: sou fascinada por sua espontaneidade, expressividade, fraseado e a relação entre música e palavras. E essas coisas realmente inspiram o meu modo de tocar”.

Sobre o álbum de estreia com a Warner Classics, The Voice of the Trumpet, lançado em 2017, a Gramophone disse: “seu tom amanteigado é maravilhoso, aplicando um filtro esfumaçado para alguns dos números mais jazzísticos”.

Confira os singles:

https://open.spotify.com/album/0AlhwVyJXfOZvl243C3Xya

https://open.spotify.com/album/4f0k8fiMoaY9Fwt2ZbR7CN

É jornalista e pesquisador musical. Cobre shows nacionais e internacionais e já entrevistou bastante gente interessante do Brasil e do mundo. Foi vencedor do Prêmio TopBlog Brasil em 2010 na categoria "Música"e foi membro do Grammy Latino.

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

JAZZ SOUL R&B

Durante a quarentena, Mariah Carey trabalha em novas músicas e escreve livro

Published

on

Durante a quarentena, Mariah Carey trabalha em novas músicas e escreve livro
Reprodução | YouTube

Mariah Carey segue muito ocupada durante a atual quarentena do coronavírus, concentrada em escrever novas músicas e terminando o seu próximo livro de memórias.

Durante a quarentena, Mariah Carey trabalha em novas músicas e escreve livro

Foto: Reprodução | YouTube

Trancada em Nova York (EUA), Mariah Carey deu uma entrevista à Vogue nesta semana, que será publicada em agosto, e explicou como está sendo o seu processo criativo para tanto trabalho.

“Passamos os dias fazendo pequenos concertos ao vivo “em casa” para ajudar os necessitados e também estive ocupada escrevendo músicas, trabalhando em material novo, terminando minhas memórias e ouvindo o Club Quarantine depois do anoitecer”, disse Mariah Carey.

A hitmaker de Hero e que já vendeu mais de 200 milhões de discos em todo o mundo, foi questionada como estava lidando com o auto-isolamento, afirmando que o desafio era “manter meu ânimo e garantir que meus filhos sejam felizes e prósperos”. Carey também refletiu que o momento é “importante para se dedicar um tempo para dizer as pessoas que você ama quanto você se importa com elas, porquê amanhã não é prometido”.

O último álbum de estúdio de Mariah Carey é Caution, lançado em 16 de novembro de 2018 pela Sony Music Entertainment, via Epic Records.

Continue Reading

JAZZ SOUL R&B

Morre aos 73 anos, o cantor Benny Mardones, do sucesso “Into the Night”

Published

on

Morre aos 73 anos, o cantor Benny Mardones, do sucesso "Into the Night"
Divulgação | Site oficial

O cantor norte-americano Benny Mardones, que ficou famoso pelo sucesso Into the Night de 1980, morreu nesta segunda-feira (29) de complicações do Mal de Parkinson aos 73 anos. A confirmação da morte do artista se deu através de um amigo de Mardones, que comunicou à Billboard.

Morre aos 73 anos, o cantor Benny Mardones, do sucesso "Into the Night"

Foto: Divulgação | site oficial

Into The Night é parte integrante do álbum Never Run, Never Hide e seu sucesso permitiu que a canção entrasse no TOP 20 da Billboard Hot 100 por duas vezes: em seu lançamento original em 1980 e através de um remake de 1989. A música foi escrita por Benny Mardones juntamente com o seu amigo Robert Tepper e revela um romance com uma garota de 16 anos.

Benny Mardones foi diagnosticado com Mal de Parkinson em 2000. Mesmo assim, ele continuou se apresentando até 2017, quando ele anunciou seu último show no Turning Stone Resort and Casino em Nova York (EUA).

Ele deixa a esposa Jane e o filho Michael.

Continue Reading

JAZZ SOUL R&B

Assista o trailer de “Respect” com Jennifer Hudson representando Aretha Franklin

Published

on

Assista o trailer de "Respect" com Jennifer Hudson representando Aretha Franklin
Reprodução | YouTube | Universal Pictures

A atriz Jennifer Hudson representou e personificou a diva da soul music Aretha Franklin (1942-2018), no trailer da superprodução biográfica Respect, que deve estrear nos cinemas em dezembro.

Assista o trailer de "Respect" com Jennifer Hudson representando Aretha Franklin

Foto: Reprodução | YouTube | Universal Pictures

O trailer oficial de Respect estreou durante a cerimônia do BET Awards na noite deste domingo (28), com cenas de Aretha Franklin se apresentando e se firmando em sua carreira e sua vida na indústria musical.

Respect foi dirigido por Liesl Tommy e conta com Marlon Wayans, Audra McDonald, Forest Whitaker, Queen Latifah, Mary J. Blige e Marc Maron.

Aretha Franklin, um dos maiores nomes da história da música, morreu em sua casa no dia 16 de agosto de 2018 aos 76 anos.

Assista ao trailer de Respect:

Continue Reading

As Mais Lidas