Connect with us

A Medellin Records, que administra a carreira de novos e promissores nomes do rap como o duo Cacife Clandestino e o produtor WC no Beat acaba de assinar um contrato com a Sony Music.




Com o novo contrato, a Medellin entra com a proposta de reinventar, aprimorar e revolucionar a cena do rap brasileiro. No segmento digital, o selo musical conta com mais de 1 milhão de inscritos em seu canal oficial no YouTube e 309 milhões de visualizações, além de ter uma excelente performance nas plataformas de streaming.

WC no Beat

Conhecido por inovar a cena rap nacional com produções que misturam a levada americanizada do trap com a batida do funk, WC no Beat é o codinome do produtor capixaba Weslley Costa.  Só em 2018, o produtor lançou seu primeiro álbum, intitulado [18K], com participação de nomes do funk e do rap. O trabalho já conta com mais de 200 milhões de streams e o artista atualmente figura na lista com as 200 músicas mais tocadas no Spotify, além de acumular mais de 900 mil ouvintes mensais no serviço. WC também já trabalhou com nomes como Marcelo D2 e MC TH.

Cacife Clandestino

Com oito anos de carreira, Cacife Clandestino ficou conhecido com Beija Flor, primeiro hit que ganhou destaque no cenário nacional com a mixtape Sonho de Rua, lançada em 2013. Desde então, o compositor catarinense Felp 22 e o beatmaker e produtor musical Terror dos Beats conquistaram notoriedade no cenário do rap. No final de novembro, o duo lançou seu primeiro trabalho pela Sony Music, o single e clipe Olha Só, gravado em Miami.

 

O primeiro lançamento pela gravadora fortalece o trabalho do duo, que hoje possui uma base de 1 milhão de ouvintes mensais no Spotify. Neste ano, Cacife estreou o álbum Ouro Latino, ultrapassando os 50 milhões de streams nas plataformas digitais, além de já possuir mais três discos com participações de peso e inúmeros videoclipes. Com uma média de 30 shows por mês, Cacife Clandestino e WC no Beat são duas grandes apostas da Sony Music para o ano de 2019 e já preparam novos trabalhos para o próximo ano.

É jornalista e pesquisador musical. Cobre shows nacionais e internacionais e já entrevistou bastante gente interessante do Brasil e do mundo. Foi vencedor do Prêmio TopBlog Brasil em 2010 na categoria "Música"e foi membro do Grammy Latino.

Negócios

Live Nation lucrou US$ 10 bilhões com entretenimento em 2018

Published

on

Live Nation lucrou US$ 10 bilhões com entretenimento em 2018

A Live Nation divulgou o seu relatório financeiro no dia 28 de fevereiro, revelando uma receita recorde de US$ 10 bilhões (cerca de R$ 38,2 bilhões). As informações são da Billboard.




O resultado financeiro da gigante dos shows ao vivo se deve ao seu maior crescimento ano-após-ano com a sua divisão Ticketmaster: o GTV (acrônimo para “valor bruto de transação”) apresentou um aumento de 14% em relação a 2017. No ano seguinte, a empresa obteve seu GTV mais lucrativo, totalizando US$ 5 bilhões.

“Continuamos a ver o tremendo poder dos eventos ao vivo, com uma forte demanda do consumidor e uma oferta robusta de artistas novos e estabelecidos, indo de clubes a estádios”, disse Michael Rapino, CEO da Live Nation. “Live é verdadeiramente uma forma de entretenimento única. Não pode ser duplicado e cria memórias de vida que os fãs desejam mais do que nunca nesta economia de experiência”.

Outro fator importante é a boa performance da Ticketmaster: a empresa gerenciou mais de 400 mil eventos, vendendo quase 500 milhões de ingressos em 28 países, com 10 milhões de novos ingressos adicionados em 2019.

Para Rapino, o mercado latino-americano está no mapa do entretenimento para a Live Nation: “Em 2018 promovemos nossa expansão internacional, estabelecendo operações de venda de ingressos na Itália, aumentando nossas operações na Alemanha e estabelecendo as bases para a expansão na América Latina”, concluiu.

Continue Reading

MERCADO

Banda Muranno assina com a Sony Music

Published

on

Banda Muranno assina com a Sony Music
Divulgação

O quinteto pop sertanejo Muranno agora é o mais novo contratado da Sony Music Entertainment Brasil. O grupo esteve no Rio de Janeiro no mês passado selar o novo acordo.




Formado por Diego Torres, Tiago Kosta, Tom Solano, Viny Cavalcante e Lucas Moraes, o Muranno passa a fazer parte do casting da multinacional que possui em seu cast estrelas nacionais como Roberto Carlos e Jota Quest e astros internacionais como Maluma, John Mayer e Justin Timberlake.

Esta é a primeira oportunidade do grupo com uma grande gravadora e a nova parceria vai fortalecer o trabalho que a banda vem realizando há cerca de um ano e meio.

“Estamos muito felizes, pois vamos ter o suporte de uma gigante da música mundial e com isso conseguir levar nosso som para muito mais gente e de um jeito muito mais abrangente”, afirma o vocalista Diego Torres.

Única banda sertaneja jovem em atividade no sertanejo, a Muranno ficou conhecida por misturar sertanejo com o pop e o tempero latino do reggaeton, dando uma pegada jovem e moderna ao gênero. A característica sertaneja do grupo se dá principalmente pela presença de um sanfoneiro na formação, o catarinense Lucas Moraes. 

Atualmente o quinteto trabalha a música Tá de Zueira, que se aproxima de meio milhão de visualizações no clipe oficial.

Continue Reading

Alejandro Sanz

Alejandro Sanz renova contrato com a Universal Music

Published

on

Alejandro Sanz renova contrato com a Universal Music
Divulgação

O cantor espanhol Alejandro Sanz, que esteve recentemente no Brasil, renovou seu contrato com a gravadora Universal Music nesta semana. As informações são da Billboard.




Sanz assinou pela primeira vez com a Universal em 2011 lançando dois álbuns de estúdio: La Musica No Se Toca e Sirope. Mais adiante, o cantor lançou três discos ao vivo: La Música No Se Toca En Vivo, Sirope Vivo y +ES+ El Concierto, além de um documentário intitulado Lo Que Fui Es Lo Que Soy.

Foto: Universal Music Latina

“Prolongar o acordo com a Universal me permite continuar a crescer como artista”, disse Alejandro Sanz em comunicado oficial. “Ele me permite criar e inovar dentro de um ambiente confiável. Ele me fortalece como um música para ficar na mesma rota que tenho avançado há anos”, disse.

Jesus Lopez, presidente e CEO da Universal Music Group Latin America and Iberian Peninsula comemorou a nova fase de Sanz com a gravadora: “Trabalhar com Alejandro, o mais bem sucedido artista espanhol das últimas três décadas e renovar este compromisso, nos dá a oportunidade e continuar reinventando juntos o novo modelo de criação, comunicação, consumo e comercialização de música em todas as suas facetas”.

Continue Reading

As Mais Lidas