Connect with us

A lendária banda Metallica, comandada por James Hetfield, anunciou em seu site oficial que o show comemorativo para marcar os 20 anos do álbum S&M (Symphony & Metallica) será gravado e transmitido em cinemas mundo afora. As informações são da gravadora Universal Music.

 

Intitulado S&M², o registro da apresentação terá exibição em data única, no dia 9 de outubro, e será transmitido em mais de três mil salas de cinema, de diferentes cidades e países. A venda de ingressos para o filme começa no dia 7 de agosto.

Em abril de 1999, o Metallica e a Orquestra Sinfônica de São Francisco fizeram um show histórico no Berkeley Community Theatre, na Califórnia, que deu origem a um CD ao vivo e um DVD com registros da apresentação, que ganhou o nome de S&M.

Nos dias 6 e 8 de setembro de 2019, o grupo sobe ao palco da Chase Center Arena, em São Francisco, nos Estados Unidos, para um concerto especial com a Orquestra Sinfônica da cidade, no qual serão apresentadas várias faixas do show de 1999, bem como versões sinfônicas de novas músicas lançadas pela banda desde então.

O anúncio do show comemorativo dos 20 anos de S&M foi feito em março, nas redes sociais do Metallica, e as duas datas estão com os ingressos esgotados.

O álbum ao vivo, que foi lançado depois da apresentação de 1999, ganhou diversos certificados de Ouro e Platina em diferentes lugares do mundo, incluindo no Brasil. Este disco apresenta duas faixas inéditas, Minus Human e No Leaf Clover, além de inúmeros hits do Metallica. Em 2001, a interpretação de The Call Of Ktulu ganhou um Grammy Award na categoria Melhor Performance de Rock Instrumental.

O Metallica está agora em turnê por alguns países da Europa, como Romênia, Áustria, República Tcheca, Polônia, entre outros. Em outubro, a banda segue para apresentar sete shows na Austrália e um na Nova Zelândia.

ROCK

Ave Sangria, pioneira do underground no Recife, lança novo single “Janeiro”

Published

on

Ave Sangria, pioneira do underground no Recife, lança novo single "Janeiro"
Divulgação

De volta à ativa depois de mais de 40 anos, a cultuada banda de psicodelia pernambucana Ave Sangria retorna à cena fazendo música de forma inventiva e visceral, como sempre foi sua marca registrada. Depois do álbum Vendavais (2019), lançam agora o e lyric video de Janeiro. O single chegará em todas as plataformas digitais nesta quinta-feira (30).

Ave Sangria, pioneira do underground no Recife, lança novo single "Janeiro"

Composta pelo vocalista Marco Polo, a faixa possui ritmo envolvente com constantes variações de andamento que dão muita dinâmica à canção num mix de rock e baião. Os solos de guitarra, carregados de drive e wah-wah, trazem a típica harmonia do blues e ajudam embalar os versos que falam principalmente sobre a esperança que se renova a cada janeiro. A capa do single ficou a cargo do ilustrador Kin Noise.

Contando atualmente com os membros originais Marco Polo (vocal), Paulo Rafael (guitarra solo e viola) e Almir de Oliveira (guitarra base, violão e vocal), além de Juliano Holanda (baixo e backing vocal), Gilu Amaral (percussão) e Júnior do Jarro (bateria e backing vocal), a Ave Sangria foi formada em Recife nos anos 1970.

Gravou o primeiro LP em 1974, porém o disco foi proibido pela censura federal da ditadura militar, sendo recolhido das lojas e das rádios, sob a alegação de que a faixa Seu Waldir ia contra a moral e os bons costumes da sociedade pernambucana. Ainda assim, a banda permaneceu no imaginário popular como a criadora de um dos clássicos do movimento underground recifense.

Ave Sangria, pioneira do underground no Recife, lança novo single "Janeiro"

Depois de um longo período afastada dos palcos, a Ave Sangria começou a ser redescoberta pela juventude em 2008, graças à internet, e voltou com tudo em 2014, num show apoteótico (cujos ingressos se esgotaram no mesmo dia em que foram oferecidos ao público), no Teatro de Santa Isabel. Daí em diante a carreira foi retomada com participações aclamadas por platéias cantando junto todas as letras das músicas, em apresentações memoráveis no Sesc Belenzinho e na Virada Cultural de São Paulo, no Centro Cultural Dragão do Mar, no Ceará, ou no Festival Psicodália em Santa Catarina.

O show de lançamento de Janeiro acontecerá dia 8 de fevereiro, no Estelita, no Recife.

Confira o lyric video de Janeiro:

Continue Reading

ROCK

Guto Goffi, do Barão Vermelho, lança novo álbum C.A.O.S.

Projeto é o terceiro trabalho solo do baterista, cantor e compositor carioca

Published

on

Guto Goff, do Barão Vermelho, lança novo álbum C.A.O.S.
Divulgação

Guto Goffi, baterista, cantor, compositor carioca e fundador do Barão Vermelho, acaba de lançar o seu novo álbum C.A.O.S., o seu terceiro trabalho solo que já está disponível em todas as plataformas digitais pela Warner Chappell Brasil.

Guto Goff, do Barão Vermelho, lança novo álbum C.A.O.S.

C.A.O.S. começou a ser pensado a partir de material fotográfico feito pelo artista há aproximadamente 15 anos. Com ilustrações coloridas, e que distorcem o cotidiano e o real em outros pensamentos. Daí vieram as músicas e letras do novo álbum.

Com suas confusões artísticas e obras sonoras encaminhadas faltava ir pro estúdio materializar as canções, gravando-as na parceria do grupo de músicos que o acompanha desde 2016, O Bando do Bem. Dessa vez com o apoio luxuoso do guitarrista carioca Nani Dias, na produção do álbum. Com sua modernidade e grande experiência em estúdio de gravação, ele atualizou a sonoridade da banda e juntos criaram, um “rock” diferente do que se vê por aqui.

O Kaos, na mitologia grega, é o momento que precede a criação. A rapaziada entendeu bem o recado e com os manuais rasgados, partiu para o inusitado da arte e suas impossíveis abstrações. O C.A.O.S. é um banquete tropicalista de sons, versos, solos, batidas e outros sensores de energia musical.

Guto Goff, do Barão Vermelho, lança novo álbum C.A.O.S.

Alguns parceiros estão presentes no álbum como os três Barões Vermelhos, Maurício Barros, Fernando Magalhães e Rodrigo Suricato, nas músicas, Cérebros e Cabeças – “Pra comer um prato vivo, só com mãos de general, sobre o imperfeito tanto me decido, para ter um Deus melhor, mais que o infinito”A Travessia, “Vamos começar de novo, o bom e o ruim, porque a verdade está no meio” – e Na Hora de Rezar “Homens também são anjos, quando querem se ajudar”, todos os Barões compondo separadamente com Guto Goffi, que assina sozinho três músicas do álbum, Mais feliz, Mil nadas, Mais perfeito.

Edu Krieger também é parceiro em Samba do Adeus, e Claudio Bedran do Blues Etílicos em Decassílablues, um blues com letra, com o formato decassílabo – “Todos os imortais estão mortos, rei não será fácil para ninguém”, além dessa turma ainda temos duas parcerias importantes: uma com o guitarrista e compositor carioca, Claudio Gurgel, A Queda – “Castelos foram erguidos, imperiosos portais” – e Búfalos e Leões com o poeta Xambu que reside em Curitiba e assina a única letra que não é de Guto Goffi neste álbum.

Após lançar Alimentar em 2011 e Bem em 2016, o artista vem cumprindo a promessa de gravar um disco para cada letra do alfabeto brasileiro.

Com o C.A.O.S. finalizado, a intenção é cair na estrada para provar disso tudo ao vivo. Os shows de lançamento nas capitais terão a participação de um artista plástico local, expondo as suas telas, penduradas, atrás do palco. Fazendo com que os shows tenham cenários diferentes em cada cidade.

C.A.O.S. também participa de um projeto de financiamento coletivo na plataforma Kickante, e pede a colaboração dos fãs para fabricar o CD, editar um livro de poemas e um box, com os três CD’s do artista.

Ouça o álbum C.A.O.S.:

Continue Reading

ROCK

Eric Clapton: “Cream’s Goodbye Tour Live 1968” será lançado em fevereiro

Série de shows de despedida da célebre banda de um dos maiores guitarristas de todos os tempos, apresenta uma versão inédita para a música “Crossroads”

Published

on

Eric Clapton: "Cream's Goodbye Tour Live 1968" será lançado em fevereiro
Divulgação

O álbum Goodbye Tour Live 1968 do Cream, antiga banda do guitarrista Eric Clapton, será lançado para o mercado internacional no dia 7 de fevereiro pela Universal Music, via Polydor, em um box com 4 CD´s que apresentam 36 faixas – sendo 29 nunca lançadas neste formato – onde se destacam 10 registros gravados em um show no The Royal Abert Hall em Londres.

Eric Clapton: "Cream's Goodbye Tour Live 1968" será lançado em fevereiro

Cream’s Goodbye Tour Live 1968 antecipou uma versão ao vivo do single Crossroads gravado no International Sports Arena em San Diego (EUA) no mesmo ano.

“Cream era um circo trêmulo de diversas personalidades que, por acaso, encontraram esse catalisador juntos”, disse Eric Clapton em uma entrevista à Rolling Stone. “Qualquer um de nós poderia ter tocado desacompanhados por um bom período de tempo. Então você coloca os três juntos na frente de uma platéia disposta a cavar sem limites, poderíamos ter durado para sempre … e fizemos … apenas indo para a lua toda vez que tocamos”, disse.

Eric Clapton: "Cream's Goodbye Tour Live 1968" será lançado em fevereiro

Eric Clapton homenageará Ginger Baker, que foi baterista do Cream, em um concerto no Hammersmith Apollo, em Londres, no dia 17 de fevereiro.

Confira o conteúdo completo de Cream’s Goodbye Tour Live 1968:

Disco 1 – 4 de outubro de 1968 – Oakland Coliseum, Oakland (todas as faixas inéditas, exceto *)

White Room
Politician*
Crossroads
Sunshine Of Your Love
Spoonful
Deserted Cities Of The Heart*
Passing The Time
I’m So Glad

Disco 2 – 19 de outubro de 1968 – Los Angeles Forum, L.A. (todas as faixas inéditas, exceto *)

Introduction by Buddy Miles
White Room
Politician*
I’m So Glad*
Sitting On Top Of The World*
Crossroads
Sunshine Of Your Love
Traintime
Toad
Spoonful*

Disco 3 – 20 de outubro de 1968 – San Diego Sports Arena, San Diego (todas as faixas inéditas)

White Room
Politician
I’m So Glad
Sitting On Top Of The World
Sunshine Of Your Love
Crossroads
Traintime
Toad
Spoonful

Os concertos no Oakland Coliseum, Los Angeles Forum e San Diego Sports Arena foram remasterizados a partir das fitas analógicas originais de 1968 de Kevin Reeves na Universal Mastering, Nashville (EUA).

Disco 4 – 26 de novembro de 1968 – Cream Farewell Concert, The Royal Albert Hall, London (Todas as faixas lançadas pela primeira vez em CD)

White Room
Politician
I’m So Glad
Sitting On Top Of The World
Crossroads
Toad
Spoonful
Sunshine Of Your Love
Steppin’Out

O concerto no The Royal Albert Hall em Londres foi masterizado a partir das fitas analógicas originais de 1968 por Jason NeSmith no Chase Park Transduction em Athens (EUA).

Continue Reading

As Mais Lidas