Morre Luiz Schiavon, fundador do RPM, aos 64 anos

Morre Luiz Schiavon, fundador do RPM, aos 64 anos
Foto: Leo Acevedo / Divulgação

Morreu na madrugada desta quinta-feira (15) o fundador e tecladista do RPM, o músico Luiz Schiavon. Ele estava tratando de uma doença autoimune4 anos e, durante uma cirurgia, ele não resistiu e faleceu aos 64 anos.

Schiavon estava internado no Hospital São Luiz, em Osasco, na Grande São Paulo.

Morre Luiz Schiavon, fundador do RPM, aos 64 anos
Foto: Leo Acevedo / Divulgação

Um comunicado oficial emitido pela família informou que a cerimônia de despedida do músico será reservada apenas para pessoas próximas do artista e familiares.

“Luiz era, na sua figura pública, maestro, compositor, fundador e tecladista do RPM, mas acima de tudo isso, um bom filho, sobrinho marido, pai e amigo”, diz a mensagem.

Luiz Schiavon chegou a passar 18 meses internado, antes de retornar ao hospital em 2023.

“Esperamos que lembrem-se dele com a maestria e energia da sua música, um legado que ele nos deixou de presente e que continuará vivo em nossos corações”, continua o comunicado. “Despeçam-se, ouvindo seus acordes, fazendo homenagens nas redes sociais, revistas e jornais, ou simplesmente lembrando dele com carinho, o mesmo carinho que ele sempre teve com todos aqueles que conviveram com ele”.

Luiz Schiavon iniciou na música ainda jovem, aos 7 anos, quando começou a aprender a tocar piano, chegando a se formar no Conservatório Mário de Andrade, em São Paulo, aos 19 anos.

No inicio dos anos 1980, conheceu o cantor Paulo Ricardo e formaram a banda Aura. Três anos mais tarde, eles fundaram o RPM que se tornou uma das grandes bandas de rock da história da música brasileira.

Ao lado de Paulo Ricardo, Schiavon compôs os sucessos Olhar 43, A Cruz e a Espada e Revoluções Por Minuto. Em 1984, assinaram um contrato com a CBS (atual Sony Music) e lançaram o primeiro compacto, com Louras Geladas e Revoluções Por Minuto.

Com seu talento único, Schiavon imprimiu o synthpop nas canções da banda, tornando o trabalho do RPM inovador.

O auge veio em 1986 com o álbum Radio Pirata Ao Vivo, produzido com tecnologia sonora da Mitsubish, que vendeu 3,5 milhões de cópias, colocando o RPM como o ato número 1 do Brasil.

Após se separarem em 1987, voltaram ao estúdio um ano depois para gravarem o álbum Quatro Coiotes, o segundo de estúdio do RPM.

Já em 2002, eles gravaram o especial MTV RPM 2022, que se transformou em um DVD com os grandes sucessos do grupo.

Schiavon também teve seu trabalho musical assinalado na teledramaturgia, compondo temas de novelas como Rei do Gado, Terra Nostra e Esperança. Ele também chegou a trabalhar no Domingão do Faustão como tecladista e diretor musical.

Matéria produzida por The Music Journal Brazil

Olivia Rodrigo anuncia o inédito single 'Vampire'

Olivia Rodrigo anuncia o inédito single ‘Vampire’

Selena Gomez dá pistas sobre novo álbum: "Tá chegando"

Selena Gomez dá pistas sobre novo álbum: “Tá chegando”