Connect with us
Neil Peart, lendário baterista do Rush, morre aos 67 anos nos EUA Neil Peart, lendário baterista do Rush, morre aos 67 anos nos EUA

ROCK

Neil Peart, lendário baterista do Rush, morre aos 67 anos nos EUA

Um dos maiores bateristas de todos os tempos, faleceu em decorrência de um câncer no cérebro

Divulgação

Published

on

Neil Peart, lendário baterista do trio canadense de rock progressivo Rush, faleceu aos 67 anos na cidade de Santa Monica, nos EUA. A informação foi dada um porta-voz da família do músico nesta sexta-feira (10), explicando que a morte do músico foi na última terça-feira (7), depois de lutar por anos com um câncer no cérebro.

Neil Peart, lendário baterista do Rush, morre aos 67 anos nos EUA

O Rush divulgou a morte de Peart em sua conta oficial no Twitter: “É com coração quebrado e uma tristeza profunda que devemos anunciar a terrível notícia de que nosso amigo, nosso irmão de alma e de banda por 45 anos, Neil, perdeu sua incrível batalha de três anos e meio contra um câncer cerebral (glioblastoma). Pedimos que nossos amigos, fãs e mídia entendam e respeitem que a família [de Peart] precisa de privacidade e paz neste momento extremamente doloroso e difícil. Aqueles que querem prestar suas condolências possam escolher um grupo de pesquisa de câncer ou caridade para fazer uma doação em nome de Neil. Descanse em paz, irmão….”.

Neil Peart se juntou ao vocalista e baixista Geddy Lee e ao guitarrista Alex Lifeson no Rush em 1974. A banda se tornou uma das grandes expoentes do rock progressivo, além de dialogar com o rock clássico e hard. Ele nasceu em Ontário no Canadá no ano de 1952, sendo influenciado durante sua carreira por outros grandes nomes da bateria como Keith Moon, Bill Bruford e John Boham.

A última vez que Neil Peart esteve no Brasil com o Rush foi em 2010 na turnê Time Machine. Os shows aconteceram em São Paulo e no Rio. A banda encerrou suas atividades em 2015.

É jornalista e pesquisador musical. Cobre shows nacionais e internacionais e já entrevistou bastante gente interessante do Brasil e do mundo. Foi vencedor do Prêmio TopBlog Brasil em 2010 na categoria "Música"e foi membro do Grammy Latino.

ROCK

Eric Clapton: “Cream’s Goodbye Tour Live 1968” será lançado em fevereiro

Série de shows de despedida da célebre banda de um dos maiores guitarristas de todos os tempos, apresenta uma versão inédita para a música “Crossroads”

Published

on

Eric Clapton: "Cream's Goodbye Tour Live 1968" será lançado em fevereiro
Divulgação

O álbum Goodbye Tour Live 1968 do Cream, antiga banda do guitarrista Eric Clapton, será lançado para o mercado internacional no dia 7 de fevereiro pela Universal Music, via Polydor, em um box com 4 CD´s que apresentam 36 faixas – sendo 29 nunca lançadas neste formato – onde se destacam 10 registros gravados em um show no The Royal Abert Hall em Londres.

Eric Clapton: "Cream's Goodbye Tour Live 1968" será lançado em fevereiro

Cream’s Goodbye Tour Live 1968 antecipou uma versão ao vivo do single Crossroads gravado no International Sports Arena em San Diego (EUA) no mesmo ano.

“Cream era um circo trêmulo de diversas personalidades que, por acaso, encontraram esse catalisador juntos”, disse Eric Clapton em uma entrevista à Rolling Stone. “Qualquer um de nós poderia ter tocado desacompanhados por um bom período de tempo. Então você coloca os três juntos na frente de uma platéia disposta a cavar sem limites, poderíamos ter durado para sempre … e fizemos … apenas indo para a lua toda vez que tocamos”, disse.

Eric Clapton: "Cream's Goodbye Tour Live 1968" será lançado em fevereiro

Eric Clapton homenageará Ginger Baker, que foi baterista do Cream, em um concerto no Hammersmith Apollo, em Londres, no dia 17 de fevereiro.

Confira o conteúdo completo de Cream’s Goodbye Tour Live 1968:

Disco 1 – 4 de outubro de 1968 – Oakland Coliseum, Oakland (todas as faixas inéditas, exceto *)

White Room
Politician*
Crossroads
Sunshine Of Your Love
Spoonful
Deserted Cities Of The Heart*
Passing The Time
I’m So Glad

Disco 2 – 19 de outubro de 1968 – Los Angeles Forum, L.A. (todas as faixas inéditas, exceto *)

Introduction by Buddy Miles
White Room
Politician*
I’m So Glad*
Sitting On Top Of The World*
Crossroads
Sunshine Of Your Love
Traintime
Toad
Spoonful*

Disco 3 – 20 de outubro de 1968 – San Diego Sports Arena, San Diego (todas as faixas inéditas)

White Room
Politician
I’m So Glad
Sitting On Top Of The World
Sunshine Of Your Love
Crossroads
Traintime
Toad
Spoonful

Os concertos no Oakland Coliseum, Los Angeles Forum e San Diego Sports Arena foram remasterizados a partir das fitas analógicas originais de 1968 de Kevin Reeves na Universal Mastering, Nashville (EUA).

Disco 4 – 26 de novembro de 1968 – Cream Farewell Concert, The Royal Albert Hall, London (Todas as faixas lançadas pela primeira vez em CD)

White Room
Politician
I’m So Glad
Sitting On Top Of The World
Crossroads
Toad
Spoonful
Sunshine Of Your Love
Steppin’Out

O concerto no The Royal Albert Hall em Londres foi masterizado a partir das fitas analógicas originais de 1968 por Jason NeSmith no Chase Park Transduction em Athens (EUA).

Continue Reading

ROCK

Kiss anuncia documentário definitivo para 2020

Ainda sobre o título provisório de “KISSTORY”, o novo longa-metragem contará com material inédito fornecido pelos fãs da banda

Published

on

Kiss anuncia documentário definitivo para 2020
Divulgação

O Kiss lançará um novo documentário para 2020, que já tem um título provisório: KISSTORY. O novo longa-metragem contará com gravações em vídeo raríssimas fornecidas pelos fãs da banda.

Os produtores do documentário estão realizando uma busca em todo o mundo por mídias raras e atraentes relacionadas ao Kiss, incluindo imagens raras produzidas durante a década de 1970, fotos e vídeos nunca antes vistos, entrevistas em rádio e TV, além de reportagens nas décadas de 1970, 1980 e 1990.

Kiss anuncia documentário definitivo para 2020

“Queremos ajudar o mundo ver a banda através de seus olhos”, dizem os produtores.

O Kiss se encontra em sua turnê de despedida End Of The Road e seu último show será realizado no dia 17 de julho de 2021 em Nova York. Mas antes disso, Paul Stanley, Gene Simmons, Eric Singer e Tommy Thayer se apresentarão no Brasil em maio com shows em Porto Alegre, Curitiba, São Paulo e Ribeirão Preto.

Continue Reading

ROCK

Elton John: concerto histórico “Live From Moscow” chega ao Brasil em formato digital

Concerto realizado em 1979 na então União Soviética, conta com o percursionista Ray Cooper

Published

on

Elton John: concerto histórico "Live From Moscow" chega ao Brasil em formato digital
Divulgação

Quarenta anos depois de Elton John se tornar a primeira grande estrela pop ocidental a se aventurar atrás da “Cortina de Ferro” e tocar na URSS, sua performance acompanhada do extraordinário percussionista Ray Cooper em Live From Moscow está disponível no Brasil apenas em formato digital, em todas as plataformas pela Universal Music via Virgin EMI Records.

Elton John: concerto histórico "Live From Moscow" chega ao Brasil em formato digital

O concerto final da turnê A Single Man, aconteceu no Rossiya Hall em Moscou, marcando um degelo significativo nas relações da Guerra Fria Leste-Oeste e resultando nas autoridades soviéticas permitindo que a gravadora estatal Melodiya comercializasse A Single Man, tornando-o o primeiro álbum pop a ser lançado oficialmente na URSS.

Falando sobre o show, Elton explica: “Posso dizer honestamente que essa foi uma das melhores experiências da minha vida. Foi uma das turnês mais memoráveis e felizes que já participei. O último show foi provavelmente um dos melhores que já fiz na minha vida. Trabalhar com Ray, com apenas nós dois no palco, foi ao mesmo tempo emocionante e desafiador”.

Elton John: concerto histórico "Live From Moscow" chega ao Brasil em formato digital

A bordo de um piano de cauda e do lendário Yamaha CP-80, Elton John imprime no palco soviético alguns de seus clássicos como Candle In The Wind, Bennie And The Jets e Skyline Pigeon.

Ouça:

Continue Reading

As Mais Lidas