Connect with us

O baterista Nick Mason revelou que fez um convite para que Roger Waters participasse em um de seus próximos shows com a sua nova banda Saucerful of Secrets. Mason confirmou que realizará uma tour na América do Norte de 12 de março a 22 de abril de 2019.




Em uma recente entrevista para a revista Rolling Stone, Nick Mason consultou Roger Waters e David Gilmour, seus antigos colegas do Pink Floyd, antes de iniciar este novo projeto: “Eu pensei que seria uma boa maneira. Não achei que fosse uma questão de obter permissão ou algo assim, mas o que foi ótimo é que eles me encorajaram”, disse.

Quanto ao convite que fez a Waters, o lendário baterista ainda está reticente: “Disse que ele poderia vir e convidar para uma música ou duas, mas eu não estou prendendo a respiração sobre isso. Podemos nos preocupar com estrelas convidadas quando estivermos um pouco mais avançados”, explicou.

Mason tocou em alguns pontos importantes para esta sua nova fase: a ideia de se apresentar na América do Sul (crescendo as chances de uma apresentação no Brasil) e sobre a reedição de um álbum clássico de sua antiga banda, o Animals de 1977: “Enquanto alguém achar que poderíamos vender alguns ingressos nós iremos para lá. Para ir a lugares que nunca tocamos como Pink Floyd, em especial na America do Sul – existe uma base de fãs e eu realmente gostaria de ir lá e fazer alguns shows. De todos os nossos álbuns que foram relançados, esse é o que mais se beneficiaria de uma espécie de relançamento. Acho que acabará acontecendo”, disse.

É jornalista e pesquisador musical. Cobre shows nacionais e internacionais e já entrevistou bastante gente interessante do Brasil e do mundo. Foi vencedor do Prêmio TopBlog Brasil em 2010 na categoria "Música"e foi membro do Grammy Latino.

Continue Reading

ELETRÔNICA

Alok: “Another Brick in The Wall” ganha remix autorizado por Roger Waters

Published

on

Alok: "Another Brick in The Wall" ganha remix autorizado por Roger Waters
Divulgação

Marcando o nono lançamento do ano, Alok, o artista brasileiro mais ouvido no mundo, está lançando The Wall em parceria com Sevenn. Fazendo um remake do icônico verso We don’t need no education! do clássico Another Brick In The Wall da banda Pink Floyd, a música já está disponível em todas as plataformas digitais pela Controversia.

Vale destacar que esta é a segunda vez que Alok colabora com um artista desta estatura, depois de remixar Gotta Get A Grip de Mick Jagger em 2017.

A track também marca um importante passo na carreira do artista como visionário e um dos responsáveis pela popularização da cena eletrônica com o lançamento do selo Controversia, que dará oportunidade para artistas do segmento.

“Lançar ‘The Wall’ como a primeira música da minha label Controvérsia, é uma das melhores escolhas que eu poderia ter feito. Estou constantemente buscando e fazendo músicas para que façam parte da vida das pessoas e ‘Another Brick In The Wall’ é uma música memorável para muitas gerações. Estou muito feliz com a oportunidade e tenho certeza que tem muito mais por vir. Sobre a label, o objetivo é fortalecer os artistas que eu acredito”, comenta Alok, que recebeu a aprovação do próprio Roger Waters, um dos fundadores da lendária banda britânica.

Além das plataformas digitais, The Wall também estará no YouTube com um vídeo desenvolvido por Steve Cutts, ilustrador e animador de Londres; e satiriza os excessos da sociedade moderna atual. Inspirado nas caricaturas dos anos 1930 e 1940, ele já trabalhou em projetos digitais para empresas como, Coca-Cola, Google, Sony e Toyota.

Na estrada há 15 anos, Alok está alçando novos voos e grande audiência internacional pelos quatro cantos do mundo. Eleito o 13º melhor DJ global pela publicação DJ Mag e indicado como Melhor DJ na premiação latina MTV Millennial Awards, o artista já soma nos últimos meses lançamentos com grandes artistas internacionais, como: Party Never Ends com Quintino, Do It Again com Steve Aoki; All The Lies com The Vamps e Felix Jaehn; Metaphor com Timmy Trumpet; Pray com Conor Maynard; Favela com Iva Wroldsen, entre outros.

Já o Sevenn, inicialmente formado pelos irmãos Kevin e Sean Brauer, iniciou a carreira em 2017 com Boom, colaboração com Tiesto e que já soma mais de 60 milhões de streams do Spotify.

Atualmente apenas com Kevin, o projeto lançou recentemente músicas com as gravadoras Armada, Universal Music e SOURCE.

Confira:

Continue Reading

LANÇAMENTOS

Pink Floyd: álbum ao vivo “Pulse” é relançado em vinil

Published

on

Pink Floyd: álbum ao vivo "Pulse" é relançado em vinil
Divulgação

A Sony Music Entertainment lançou nesta sexta-feira (18) a reedição em vinil de Pulse, um dos grandes álbuns ao vivo do Pink Floyd originalmente lançado no dia 29 de maio de 1995 pela Columbia Records.




A nova edição disponibiliza 4 discos de vinil de 180 gramas remasterizados, tornando-se a primeira reedição neste formato desde o seu lançamento original. O trabalho de remasterização das faixas foi assinado por James Guthrie, Joel Plante e Bernie Grundman. O box está disponível na Amazon UK pelo valor de £ 93,06 (cerca de R$ 408).

A exemplo do lançamento original de Pulse no formato de fita cassete, esta edição contará com o clássico One Of These Days que não foi lançado em CD. Um livro de capa dura com 52 páginas, bem como obras de arte recriadas por Aubrey Powell e Peter Curzon da Hipgnosis também está incluído no box.

Pulse conta em seu repertório com as músicas do então recém-lançado The Division Bell de 1994. Os registros das apresentações fizeram parte do braço europeu da turnê deste disco.

David Gilmour, Nick Mason e Richard Wright (1943-2008) também incluíram, na íntegra, todas as músicas do clássico The Dark Side Of The Moon, além de Astronomy Domine, composta por Syd Barrett (1946-2006) e que o grupo não tocava em apresentações desde o inicio dos anos 1970.

Outro fato, é que, Take It Back estava planejada para entrar no álbum, mas a canção, gravada no dia 25 de setembro de 1994 no Stade Olympique de La Pontaise, em Lausanne (França) foi retirada do tracklisting. No DVD, a canção foi incluída com a apresentação do Pink Floyd no Earl Court em Londres no dia 20 de outubro de 1994.

Confira o repertório na nova edição do álbum ao vivo Pulse:

Lado 1

Shine On You Crazy Diamond, Parts I-V, VII
Astronomy Domine
What Do You Want From Me

Lado 2

Learning to Fly
Keep Talking
Coming Back to Life

Lado 3

Hey You
A Great Day for Freedom
Sorrow

Lado 4

High Hopes
Another Brick in the Wall, Part II
One of These Days (gravado ao vivo no Earl Court em Londres, 21 de outubro de 1994)

Lado 5

Speak to Me
Breathe (In the Air)
On the Run
Time

Lado 6

The Great Gig in the Sky
Money

Lado 7

Us and Them
Any Colour You Like
Brain Damage
Eclipse

Lado 8

Wish You Were Here
Comfortably Numb
Run Like Hell

Continue Reading

Pink Floyd

Pink Floyd: uma nova reunião?

Published

on

Pink Floyd: uma nova reunião?
Divulgação

Engajado na causa palestina, o músico Roger Waters anunciou em seu perfil no Twitter o apoio do Pink Floyd à campanha Mulheres Rumo a Gaza e que, de acordo com a agência de notícias portuguesa RTP poderia sinalizar um possível retorno da banda.

Além de Waters, outros artistas se recusam a fazer shows em Israel como Elvis Costello, Sinead O’Connor e Lauryn Hill, que sustentam suas posições políticas frente as condições de vida dos palestinos.

A publicação ainda reporta que em 2015, Roger Waters acusou os artistas brasileiros Gilberto Gil e Caetano Veloso de “estarem mais preocupados com a conta bancária do que com as condições de vida dos palestinos”. Naquela época Gil e Caetano se apresentaram em Tel-Aviv.

O site de notícias IBTimes diz que um concerto do Pink Floyd poderia acontecer na Palestina.

Continue Reading

As Mais Lidas