Connect with us
O mundo perde Kenny Rogers, que aproximou o country da música pop O mundo perde Kenny Rogers, que aproximou o country da música pop

POP

O mundo perde Kenny Rogers, que aproximou o country da música pop

Cantor morreu nesta sexta-feira (20) aos 81 anos

Divulgação

Published

on

A música perdeu na noite desta sexta-feira (20), o cantor norte-americano Kenny Rogers.

Ele faleceu em sua residência em Sandy Springs, no estado da Georgia aos 81 anos de causas naturais.

O mundo perde Kenny Rogers, que aproximou o country da música pop

Kenny Rogers nasceu em uma família pobre, na capital texana de Houston e, com muito esforço, foi o primeiro dos oito irmãos a concluir os estudos. Ainda jovem, descobriu que sua vocação era cantar.

E o fez até onde pôde, quando encerrou sua bem sucedida carreira de 60 anos em 2017.

Iniciou-se, então, a especulação de que ele teria uma doença grave, até um câncer.

Negou com veemência: “Vou ficar muito tempo por aqui ainda!”.

Como grande intérprete, várias canções se tornaram clássicas através de sua voz: Lucile, Lady, Islands in the Stream e com a luxuosa colaboração dos Bee Gees, ele eternizou You and I em 1983.

Não seria justo esquecer The Gambler, faixa-título de um filme de 1980 – acabou se tornando o apelido do cantor, O Jogador – e sua participação no sucesso What About Me? com o também saudoso James Ingram e a cantora Kim Carnes.

Rogers conseguiu criar uma conexão da música country tradicional com o pop. Foi algo inovador. Essa audácia, que ele realizava com grande naturalidade, tornou-se uma referência profissional para outros grandes artistas do gênero, nas décadas de 1980 e 1990.

Transmitia ao seu público, que a música poderia ter a nobreza de revelar o sentimento de amor de um homem pela mulher, da mulher pelo homem – conquistou milhares de fãs ao redor do mundo com esse apelo.

Entrou para o Hall da Fama da Música Country em 2013. Trabalhou com vários outros artistas em mais de 120 sucessos. Conquistou importantes prêmios como o Grammy, o Country Music Television, o American Music Awards e vendeu mais de 100 milhões de discos em todo o mundo.

Realizou duetos inesquecíveis com outras grandes estrelas, como Dolly Parton, Sheena Easton e Lionel Richie.

O country perdeu uma de suas maiores forças.

Quando você assistir o lendário vídeo do We Are The World, vai lembrar que mais uma grande voz se foi …

Esteja em paz, Kenny!

É jornalista e pesquisador musical. Cobre shows nacionais e internacionais e já entrevistou bastante gente interessante do Brasil e do mundo. Foi vencedor do Prêmio TopBlog Brasil em 2010 na categoria "Música"e foi membro do Grammy Latino.

Continue Reading
Advertisement

As Mais Lidas