Connect with us

Paul McCartney ainda se esforça para lembrar dos clássicos que compôs durante os anos dourados dos Beatles. Em uma entrevista ao britânico Daily Mirror, o lendário cantor e compositor de 77 anos falou sobre o seu extenso catálogo que abrange uma brilhante carreira de seis décadas.

“Eu tenho que reaprender tudo”, afirma McCartney. “Escrevi muito, você não pode reter tudo. Nós entramos no ensaio e eu estou (tipo) “Ah sim, é assim que acontece”.

McCartney foi questionado pela publicação britânica se ele acredita que suas músicas são “muito boas”. O dono de clássicos como Hey Jude e Let It Be foi enfático: “Eu acredito, eu realmente acredito. Em algumas das velhas canções você pode dizer: “Oh, isso é inteligente, eu não teria feito isso”.

Recordando de sua época nos Beatles, ele reflete: “É emocionante pensar que isso ainda funciona. Nós éramos um pequeno grupo de rock and roll de Liverpool, apenas seguimos adiante”.

No encerramento de sua atual turnê Freshen Up no Dodger Stadium, Paul McCartney convidou o seu amigo de longa data, Ringo Starr.

Os Beatles são considerados a maior banda de todos os tempos e a mais influente na evolução da música pop. O grupo foi formado em Liverpool no ano de 1960. Estima-se que 800 milhões de cópias de seus álbuns já foram vendidas em todo o mundo, além de serem os artistas que mais venderam discos nos EUA com 178 milhões de unidades.

Além de receberem 7 Grammys, 1 Oscar e 15 prêmios Ivor Novello, eles foram imortalizados pelo Hall da Fama do Rock em 1988.

É jornalista e pesquisador musical. Cobre shows nacionais e internacionais e já entrevistou bastante gente interessante do Brasil e do mundo. Foi vencedor do Prêmio TopBlog Brasil em 2010 na categoria "Música"e foi membro do Grammy Latino.

ROCK

Soundgarden: sem Chris Cornell, não há mais chance de turnê

Ben Shepher revelou que o consenso da banda é que não existe mais possibilidade do Soundgarden voltar aos palcos

Published

on

Soundgarden: sem Chris Cornell, não há mais chance de turnê
Divulgação

Kim Thayil, guitarrista do Soundgarden, afirmou em uma entrevista à SiriusXM, que não existe mais nenhuma possibilidade da banda se reunir sem o saudoso Chris Cornell.

Soundgarden: sem Chris Cornell, não há mais chance de turnê

“Razoavelmente, falta uma grande parte …”, disse Shepherd. “Não vejo, dados os compromissos que outros membros da banda têm, dados nossos sentimentos e amor por Chris, não nos vemos reconfigurando uma turnê ou qualquer coisa, como outras bandas fizeram no passado, sem ele”, afirmou.

“Isso tem sido difícil para muitas pessoas da família e da banda e acho que nossa conclusão foi essa”.

Para Thayil, a melhor forma de homenagear o falecido amigo é ouvir as futuras gravações com ele – que serão lançadas em breve: “Definitivamente, temos outro álbum em nós. Coisas que são escritas, coisas que são demonstradas e gravadas. Tudo o que você precisa é pegar os arquivos de áudio disponíveis. E acho que isso vai acontecer. Seria ridículo se não acontecesse. Mas essas coisas são difíceis – parcerias e propriedades”, explicou.

Continue Reading

ROCK

The Black Crowes anuncia retorno e turnê de 30 anos do álbum de estreia

Published

on

The Black Crowes anuncia retorno e turnê de 30 anos do álbum de estreia
Divulgação

A banda The Black Crowes está de volta e anunciou que entrará em turnê para comemorar os 30 anos de seu álbum de estreia Shake Your Money Maker. Os irmãos Chris e Rich Robinson prometem que os shows serão “puros”.

“Eu acho que isso é puro. Entramos em muitas coisas. Não há interferência”, disse Chris Robinson à Rolling Stone. “Não há coisas estranhas. Este é o Black Crowes, mais puro que as pessoas (ouviram) pela primeira vez… Espero que nos reconectemos a algumas pessoas que se perderam conosco por causa de todas as outras coisas que estávamos fazendo”, disse.

The Black Crowes anuncia retorno e turnê de 30 anos do álbum de estreia

O Black Crowes lançaram cinco álbuns antes de entrarem em hiato em 1999. Eles se reuniram para vários shows três anos depois e na sequência produziram o álbum Warpaint em 2008.

Eles começam uma série de 46 shows nos EUA no dia 17 de junho de 2020 em Austin até finalizar no dia 19 de setembro em Los Angeles.

Um dos grandes momentos da carreira da banda foi o megahit Remedy de 1992.

Continue Reading

ROCK

U2 homenageia amigo durante show da “The Joshua Tree Tour” na Nova Zelândia

A lendária banda irlandesa relembrou Greg Carroll com a canção “One Tree Hill”, feita em sua homenagem para o álbum de 1987

Published

on

U2 homenageia amigo durante show da "The Joshua Tree Tour" na Nova Zelândia
Divulgação

Com o seu primeiro show da The Joshua Tree Tour de 2019 no Mount Smart Stadium em Auckland na Nova Zelândia na última sexta-feira (8), o U2 fez uma grande homenagem ao amigo Greg Carroll durante a execução do single One Tree Hill. Esta foi a primeira apresentação de Bono, The Edge, Adam Clayton e Larry Mullen Jr. desde a sequência de shows em comemoração aos 30 anos do clássico álbum de 1987 que finalizaram em outubro de 2017.

U2 homenageia amigo durante show da "The Joshua Tree Tour" na Nova Zelândia

Bono conheceu o jovem Greg Carroll durante um show do U2 em 1984 e ele acabou por ser integrado á equipe da banda. No Live Aid, Carroll estava supervisionando os cabos do microfone de Bono para que eles não enrolassem enquanto o líder da banda irlandesa se envolvia com os fãs na plateia.

“Nós meio que o adotamos, ou talvez fosse o contrário”, disse Bono durante a apresentação em Auckland na última sexta-feira (8). “Mas ficamos muito gratos por sua companhia nesses momentos preciosos juntos. Ele foi tirado de nós muito cedo, mas de certa forma, ele ainda está muito presente. Então, isso é para Greg Carroll”.

O show, que contou com clássicos como Sunday Bloody Sunday, New Year´s Day, Bad e Pride, apresentou a homenagem da banda à Carroll em One Tree Hill.

Greg Carroll faleceu em 3 de junho de 1986 em decorrência de um acidente de moto.

Confira:

Continue Reading

As Mais Lidas