MERCADO

Pesquisa inédita revela perfil do público de festivais de música no Brasil

By  | 

O Brazil Music Conference (BRMC), maior conferência da América Latina sobre música eletrônica e entretenimento, obteve, em primeira mão, dados de uma análise do Social Wave para entender quem são os públicos dos festivais de música do Brasil.

Destaque para o fato de que 40% dos entrevistados, em média, frequentaram entre três e seis festivais em 2018, “Um indicador de fidelização a este tipo de evento, um fenômeno relativamente recente se comparado com as culturas muito consolidadas dos EUA e Europa”, esclarece Cláudio da Rocha Miranda Filho, co-fundador do BRMC.

Apesar de 77% dos entrevistados avaliarem os preços dos ingressos como regulares ou bons, muitos criticam o que é cobrado por alimentação e bebidas, com 71% que ainda acham o preço um pouco ou muito alto. Cláudio aponta também para o fato de que 50% das pessoas vão em grupos com mais de seis pessoas. “Isso mostra que não se trata apenas de um comportamento majoritariamente de grupos, mas de grupos grandes que se formam de acordo com interesses semelhantes, o que sinaliza que o ambiente é propício para reforço de amizades”, conclui. 70% dos entrevistados revelaram também que preferem os festivais que comportam entre mil e 10 mil pessoas, enquanto somente 6% preferem os festivais com mais de 20 mil pessoas. “Este pode ser um bom indicativo do motivo dos grandes eventos terem uma trajetória complicada no país”, analisa.

A pesquisa traz ainda informações interessantes para quem trabalha com comunicação deste tipo de eventos: 14% do público afirma que compra os ingressos na pré-venda e 23,5%, quando o evento é lançado, enquanto apenas 2,7% diz adquirir os tickets quando impactado por anúncios.

O recorte com os dados faz parte da primeira edição do BRMC Report, compilação em formato digital que reúne dados, análises e tendências. O material será lançado no dia 3 de abril, durante o evento BRMC Diálogos, e terá periodicidade bimestral.

Apostando nos “beats transversais” como conceito para diversificar seu público e sua atuação, o Brazil Music Conference promoverá debates itinerantes por diversas cidades do Brasil, com a grande conferência deste ano acontecendo de 30 de outubro a 2 de novembro, em São Paulo. O evento tem como objetivo mostrar o potencial da música para diversas indústrias, como a das artes, da moda, do wellness, da tecnologia, do varejo e dos games, entre outros.

É jornalista e pesquisador musical. Cobre shows nacionais e internacionais e já entrevistou bastante gente interessante do Brasil e do mundo. Foi vencedor do Prêmio TopBlog Brasil em 2010 na categoria "Música"e foi membro do Grammy Latino.