Connect with us
Phil Collins faz show histórico para 40 mil pessoas em São Paulo Phil Collins faz show histórico para 40 mil pessoas em São Paulo

Coberturas

Phil Collins faz show histórico para 40 mil pessoas em São Paulo

Carla Carniel

Published

on

Atualizado às 17:20

40 anos depois de se apresentar no Ginásio do Ibirapuera como membro do Genesis, o lendário cantor e compositor britânico Phil Collins  retornou a São Paulo e subiu ao palco do Allianz Parque na noite deste sábado (24) para realizar um show histórico para 40 mil pessoas como parte da Not Dead Yet Tour.




Um dos maiores hitmakers do século XX entrou lentamente portando uma bengala pontualmente as 21h para ser prontamente aclamado pela platéia presente que gritava ininterruptamente seu nome. Suas limitações físicas, resultado de sérios problemas na coluna que enfrenta a quase 20 anos e que impediram até mesmo que ele continuasse a tocar bateria com a sua notável virtuosidade, obrigaram a exercer o seu trabalho de uma cadeira. Aos 67 anos, com quase cinco décadas dedicadas à música, Collins dá a lição de que o show sempre deve continuar.

Impactante como deveria ser, o show começa com um de seus grandes clássicos, Against All Odds (Take A Look At Me Now), faixa-título do filme de 1984 e que se tornou o seu primeiro grande sucesso de Phil Collins nos EUA como artista solo. Ao primeiro acorde da canção, a reação da platéia foi ensurdecedora: gritos e aplausos eram misturados como sinal de uma grande recepção para o artista, o que pavimentou, em seguida, o caminho para o megahit Another Day In Paradise de 1989, do multiplatinado …But Seriously e o coro na arena palmeirense tornou-se uníssono.

A partir desse ponto, Phil Collins revisitou o inicio de sua carreira solo com I Missed Again (1981) e prosseguiu viagem com Hang In Long Enough (1990) e Wake Up Call (2003) com o trabalho de grandes músicos e colaboradores de longa data como o tecladista Brad Cole, o baixista Leland Sklar e o guitarrista Daryl Stuermer.

Phil Collins relembrou grandes momentos de sua eterna colaboração com o Genesis com as canções Throwing It All Away (1986) e Follow You Follow Me (1978) enquanto que fotos da lendária banda eram apresentadas no telão central do palco. Mas antes de empolgar os fãs presentes novamente com Invisible Touch (1986), ainda havia espaço para um dueto com a backing vocal Bridgette Briyant em Separate Lives (da trilha sonora de White Nights originalmente lançada em 1985), a empolgante Something Happened on the Way to Heaven (1990) e a introspectiva e envolvente In The Air Tonight (1981) que naturalmente deu grande destaque à excelente performance do baterista Nicholas, filho do cantor.

A inesquecível apresentação deste sábado será contada na história dos grandes concertos internacionais no Brasil que encerrou com os sucessos Easy Lover (1984) e Sussudio (1985) com uma arena repleta de efeitos visuais produzidos por sinalizadores em sua volta e fogos de artifício, mas a contextualidade da presença de Phil Collins nos palcos brasileiros deve ir muito além de registros.

Collins retornou a São Paulo testemunhando, através da celebração de sua platéia formada por jovens e veteranos, que seu apelo musical é atemporal e sua obra deve ser sempre revisitada, ao passo que ele mesmo ensina a todos que vivenciam a sua arte que não existem limitações para que a luz de um grande talento jamais cesse.

A música agradece!

Confira o repertório do show em São Paulo:

Against All Odds (Take a Look at Me Now)
Another Day in Paradise
I Missed Again
Hang in Long Enough
Wake Up Call
Throwing It All Away
Follow You Follow Me
Only You Know and I Know
Separate Lives
Something Happened on the Way to Heaven
In the Air Tonight
You Can’t Hurry Love
Dance Into the Light
Invisible Touch
Easy Lover

Encore:

Sussudio
Take Me Home

 

É jornalista e pesquisador musical. Cobre shows nacionais e internacionais e já entrevistou bastante gente interessante do Brasil e do mundo. Foi vencedor do Prêmio TopBlog Brasil em 2010 na categoria "Música"e foi membro do Grammy Latino.

Coberturas

Bryan Adams faz show impecável e empolga fãs em São Paulo

O célebre cantor canadense de 59 anos esbanjou vitalidade e cantou grandes sucessos de sua carreira

Published

on

Bryan Adams faz show impecável e empolga fãs em São Paulo
Stephan Solo

O tempo não passou para Bryan Adams. O célebre cantor e compositor canadense realizou um show impecável em São Paulo na noite desta sexta-feira (18) para um Allianz Parque Hall lotado, que vibrou a todo instante com os grandes sucessos do artista e as novas músicas que compõe o seu novo álbum Shine A Light e que batiza o nome de sua atual turnê.

Bryan Adams faz show impecável e empolga fãs em São Paulo

Adams, hoje com 59 anos, sendo quase 45 deles dedicado à música, subiu ao palco da arena palmeirense com a mesma energia de seus primeiros anos no mainstream com The Last Night On Earth, faixa de seu novo trabalho e que é apresentada pela primeira vez ao vivo. Mas o cantor não esperou muito para rever seus grandes sucessos e imprimiu uma série de hits com Somebody, Can´T Stop This Thing We Started e Run To You. A recepção calorosa do público brasileiro foi tão contagiante que era notável a satisfação de Bryan Adams no palco: “Estamos muito felizes de estarmos em São Paulo”.

Então vieram os primeiros acordes para o clássico Heaven do multi-platinado Reckless de 1985. O cantor abriu espaço para que a plateia presente iniciasse a canção – um espetáculo a parte – com os fãs coreografando movimentos com os braços de posse de seus celulares com as luzes acessas. Criou-se um cenário visual personificando uma constelação na arena, não bastasse o romantismo que a canção, por natureza, sugeria.

Bryan Adams colocou todo mundo para dançar em You Belong To Me, avisando a todos que haviam duas câmeras que iriam captar os fãs mais engajados com o ato. Logo, o enorme telão situado atrás da banda passou a mostrar algumas pessoas nas dependências da arena se divertindo. O cantor aprovou: “Parabéns aos bons dançarinos!”. Aplausos e risos em seguida.

Bryan Adams faz show impecável e empolga fãs em São Paulo

O show, que contou com 2 horas de duração, teve outros grandes sucessos como Back To You, 18 til I Die e Summer of ´69, além de outras pérolas românticas como (Everything I Do) I Do It For You (sucesso composto por Adams, Robert John “Mutt” Lange e o saudoso Michael Kamen em 1991) e Please Forgive Me.

Também teve espaço para I Fought The Law dos Crickets, mas o romantismo sempre foi uma tônica na carreira de Bryan Adams, que encerrou sua apresentação em São Paulo com Straight From The Heart e All For Love, deixando claro que a sua última frase da noite é uma afirmação de que ele não esquecerá dessa noite tão cedo: “Vocês são maravilhosos”.

Confira o setlist do show de Bryan Adams em São Paulo:

The Last Night on Earth (primeira vez ao vivo)
Somebody
Can’t Stop This Thing We Started
Run to You
Shine a Light
Heaven
Go Down Rockin’
It’s Only Love
Cloud #9
You Belong to Me
Have You Ever Really Loved a Woman?
Here I Am (acústico)
When You’re Gone (acústico)
(Everything I Do) I Do It for You
Back to You
The Only Thing That Looks Good on Me Is You
Cuts Like a Knife
18 til I Die
Please Forgive Me
Summer of ’69

Encore:

I Could Get Used to This
I Fought the Law (cover da banda The Crickets)
Straight From the Heart (acústico)
Shine a Light (acústico)
All for Love

previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

Continue Reading

Coberturas

Ludmilla realiza seu primeiro show nos EUA

Published

on

Ludmilla realiza seu primeiro show nos EUA
Renata Meirelles

Em sua segunda turnê pelos Estados Unidos, a cantora Ludmilla fez seu primeiro show nesta quinta-feira (10) no The Palace, na cidade de Orlando. No palco, a artista interpretou sucessos da carreira e os seus novos hits.

Ludmilla realiza seu primeiro show nos EUA

As próximas apresentações acontecem no 11, no Fort Lauderdale (Xtreme Action Park), no dia 12 em Newark (Estacionamento da Lit21) e no dia 13 na cidade de Boston (Ocean Side).

Recentemente, Ludmilla cantou, pela primeira vez, para uma multidão no Rock In Rio, um dos principais festival de música no mundo, ao lado da Orquestra Funk. O show terminou com a cantora sendo aclamada pelo público.

Confira as fotos da apresentação de Ludmilla nos EUA:

Ludmilla se apresenta nos EUA - Renata Meirelles
Ludmilla realiza seu primeiro show nos EUA - Renata Meirelles
Ludmilla realiza seu primeiro show nos EUA - Renata Meirelles
Ludmilla realiza seu primeiro show nos EUA - Renata Meirelles
previous arrownext arrow
Slider

Continue Reading

Coberturas

Erikka transforma palco em bar e dá show em gravação de DVD

Published

on

Erikka transforma palco em bar e dá show em gravação de DVD
Divulgação

Nessa terça-feira (1) a cantora e compositora Erikka gravou o primeiro DVD da carreira, Show Bar. Com uma grandiosa estrutura montada no Hangar Studios em São Paulo, a ruiva deu início a uma importante fase da carreira e marca sua retomada ao mercado musical após a explosão nacional do hit Cara de Rica.

Sob direção de Tiago Silva, da TS Music, a cantora apresentou um show dançante e com coreografias especiais. No cenário, os telões de LED reproduziram um bar todo iluminado e o centro do palco vazado permitia que a ruiva e seu balé transitassem de uma passarela a outra e dançassem no balcão, em que dois barmans preparavam drinques.

“Por eu ter feito musicais já, eu trouxe um pouco dessa experiência para o palco nesta gravação de DVD”, conta Erikka.

Erikka transforma palco em bar e dá show em gravação de DVD

Com cinco trocas de roupa, sob styling de Jessica Arnhold, a cantora esbanjou estilo em figurinos mais conceituais deixando em evidência o belo corpo em bodies e shorts curtos. Em um deles surgiu belíssima com um body branco com pedrarias, vestindo também uma capa e chapéu para cantar Engenheira, uma das músicas românticas que leva sua assinatura.

Sob os cuidados da Kay Entretenimento, dos empresários Violeta Kay e Alexandre Muniz, a cantora e compositora inaugura com uma fase bem mais sertaneja que vem já desde Cara de Rica, mas que, com a produção musical de Neto Schaefer, fica mais evidente.

No repertório, oito músicas com temáticas de relacionamento, seja românticos, casuais ou de término. São elas: Sentimento Cadê Você, Alma Gêmea de Cachaça, Referência, Engenheira, Não Presta, Não Presto, Zero Defeitos, Te Beijo Sem Dó e Iludida Diferente.

O lançamento de Show Bar está previsto ainda para este mês de outubro.

Continue Reading

As Mais Lidas