Connect with us
Pocah se une a Léo Santana no single e clipe de "Lei da Gravidade" com referências do cinema  Pocah se une a Léo Santana no single e clipe de "Lei da Gravidade" com referências do cinema 

POP

Pocah se une a Léo Santana no single e clipe de “Lei da Gravidade” com referências do cinema

Música é a aposta da cantora para o Carnaval 2020

Divulgação

Published

on

Pocah, uma das artistas de maior sucesso no funk feminino brasileiro, lançou na última sexta-feira (14) seu single e aposta para o Carnaval, ao lado de Léo Santana. A música, Lei da Gravidade, coroa o começo do ano, que promete ser promissor na carreira da artista.

Pocah se une a Léo Santana no single e clipe de "Lei da Gravidade" com referências do cinema 

Após emendar diversos sucessos no último ano, como Não Sou Obrigada (mais de 52 milhões de plays no Spotify e mais de 62 milhões de views no Youtube), Resenha Lá em Casa de Kevin O Chris (mais de 40 milhões de plays no Spotify e mais de 15 milhões de views no YouTube) e Pode Chorar (mais de 10 milhões de plays no Spotify e mais de 17 milhões de views no YouTube), Pocah evidencia nessa nova parceria ainda mais sua força e popularidade, trazendo à tona um ritmo diferente, misturando o funk com o axé, em um resultado único e surpreendente.

O clipe, gravado em Salvador, mostra uma brincadeira sobre a Teoria da Gravidade, de Isaac Newton, trazendo à tona maçãs para fazer essa associação. Além disto, também traz cenas onde os artistas simulam ocupação em uma nave espacial orbitando pelo espaço.

“Estou muito animada com esse lançamento, trabalhamos com uma equipe incrível. Léo é um artista que admiro, quando ouvi a música logo pensei nele. O resultado não poderia ser melhor, espero que todos gostem e dancem muito.”, diz Pocah.

“Estou muito grato por esse convite… feliz em estar com Pocah, uma artista que admiro muito o trabalho e tem um grande potencial. Tenho certeza que vocês vão curtir muito junto com a gente. Vai ser hit, hein?”, comenta Léo Santana.

A direção ficou por conta de Chico Kértesz, da produtora Macaco Gordo e foi produzido em diversos pontos turísticos de Salvador, como Baía de Todos os Santos e Centro Histórico, que é composto por ruas e monumentos arquitetônicos da época do Brasil Colônia e abrange áreas como: Pelourinho, Largo de São Francisco, entre outras.

Além de Isaac Newton, há outras inspirações exploradas no clipe, com teor cinematográfico: “Brincamos também com referências de dois clássicos do cinema, 2001 – Uma Odisséia no espaço (1968) e Beleza Americana (1999)”, comenta Kértesz.

Confira:

As Mais Lidas