András Schiff

Premiado pianista András Schiff vem ao Brasil em agosto

By  | 

Um dos mais celebrados pianistas da atualidade, o húngaro Sir András Schiff faz apresentação única no Brasil no dia 19 de agosto no Theatro Municipal do Rio às 16h.

Os ingressos, que custam entre R$ 50 e R$ 420 podem ser adquiridos através do site Ingresso Rápido.

Schiff ganhou notoriedade pelas suas grandes interpretações que abrangem obras de Schubert, Haydn, Schumann, Bach e Beethoven, além de ser agraciado com várias honrarias, entre elas, a nomeação da Rainha Elizabeth II como Cavaleiro do Império Britânico pelos serviços prestados á música.

András Schiff apresentará no Brasil um programa especial que incluirá as invenções a três vozes de Nº 1 a Nº 15 de Bach, as suítes op 14 e Sz 81 (ao ar livre) de Bartók, A Sonata 1º de outubro de 1905 em Mi bemol menor de Leos Janáček e Sonata Nº 1 em Fá sustenido menor, Op. 11, de Schurmann.

Confira o programa completo:

Johann Sebastian Bach

Sinfonias (Invenções) a três vozes

Sinfonia Nº 1 em Dó maior, BWV 787
Sinfonia Nº 2 em Dó menor, BWV 788
Sinfonia Nº 3 em Ré maior, BWV 789
Sinfonia Nº 4 em Ré menor, BWV 790
Sinfonia Nº 5 em Mi bemol maior, BWV 791

Béla Bartók

Suíte, op. 14

Allegretto
Scherzo
Allegro molto
Sostenuto

Johann Sebastian Bach

Sinfonias (Invenções) a três vozes

Sinfonia Nº 6 em Mi maior, BWV 792
Sinfonia Nº 7 em Mi menor, BWV 793
Sinfonia Nº 8 em Fá maior, BWV 794
Sinfonia Nº 9 em Fá menor, BWV 795
Sinfonia Nº 10 em Sol maior, BWV 796

Béla Bartók

Ao ar livre – suíte, Sz. 81 – Nos. 1-3

1. Com tambores e pífaros
2. Barcarolla
3. Musettes

Johann Sebastian Bach

Sinfonias (Invenções) a três vozes

Sinfonia Nº 11 em Sol menor, BWV 797
Sinfonia Nº 12 em Lá maior, BWV 798
Sinfonia Nº 13 em Lá menor, BWV 799
Sinfonia Nº 14 em Si bemol maior, BWV 800
Sinfonia Nº 15 em Si menor, BWV 801

Béla Bartók

Ao ar livre – suíte, Sz. 81 – Nos. 4 e 5

3. Músicas noturnas
4. A caçada

INTERVALO

Leoš Janáček

Sonata “1º de outubro de 1905” em Mi bemol menor

Con moto. “Pressentimento”
Adagio. “A Morte”

Robert Schumann

Sonata Nº 1 em Fá sustenido menor, op. 11

Introduzione: Un poco Adagio – Allegro vivace
Aria
Scherzo: Allegrissimo – Intermezzo: Lento
Finale: Allegro, un poco maestoso

É jornalista e pesquisador musical. Cobre shows nacionais e internacionais e já entrevistou bastante gente interessante do Brasil e do mundo. Foi vencedor do Prêmio TopBlog Brasil em 2010 na categoria "Música"e é membro do Grammy Latino.